Capítulo 1. A Criação

Linkar

Noturno

Sumário





Brihat Jataka
A Grande Obra de Varaha Mihira
Traduzido por Guilherme Bitencourt

Esta obra é um clássico essencial da astrologia védica escrita no século V, sendo um dos seus principais textos clássicos. A proposta desta tradução feita à partir de uma tradução em inglês é simplificar a linguagem para o leitor da língua portuguesa, procurando torná-la mais flúida e acessível ao público em geral.
Varaha Mihira, filho do brâmane Adityadasa, de quem recebeu sua educação, obteve a benção de Surya na vila de Kapittha, passou seus dias na corte de Ujjaini, na província de Avanti, e escreveu este trabalho sobre Astrologia Natal após um exame cuidadoso dos trabalhos dos antigos sábios sobre o assunto.



Sumário

1. Definições e Princípios Elementares do Zodíaco
2. Definições e Princípios Elementares dos Planetas
3. Sobre o uso da Astrologia em animais e vegetais
4. Niseka Kala ou o Momento da Concepção
5. Matérias Relacionadas com a Hora do Nascimento
6. Balarishta e Morte Precoce
7. Ayurdaya ou a determinação da expectativa de vida
8. Divisões Planetárias e Subdivisões da Vida conhecidos como Dashas e Antardashas
9. Ashtakavargas
10. Vocação
11. Raja Yoga ou o Nascimento dos Reis
12. Nabhasa Yogas
13. Yogas da Lua
14. Conjunções Planetárias
15. Yogas para Ascetismo
16. Os Nakshatras
17. A Lua nos vários signos do zodíaco
18. Planetas nos vários signos do zodíaco
19. Aspectos Planetários
20. Os planetas nas Casas
21. Os planetas nos vários Vargas
22. Yogas Diversos
23. Yogas Maléficos
24. O Mapa Natal das mulheres
25. Morte
26. Mapas Natais Desconhecidos
27. Os Drekanas
28. Conclusão








1. Definições e Princípios Elementares do Zodíaco

Capítulo 1, Shloka 1 – Que Surya, o deus solar, nos conceda a fala, que com sua luz ilumina a Lua, que é o caminho daqueles que não têm renascimento, que é a Alma daqueles que a conhecem, que é o Deva adorado em ritos de sacrifício, que é o Senhor dos Devas e das Luzes do Céu, que é o Autor da origem, do crescimento e aniquilação dos mundos, que é cantado nos Vedas de várias maneiras, que é possuidor de muitos raios e que forma a Lâmpada dos três mundos.

2 – Embora existam várias obras bem escritas sobre Astrologia, tratados estes escritos por homens também capazes, direcionados para a iluminação de estudantes inteligentes, eu começo a construir [este] pequeno barco de Shlokas [estrofes] em grande volume e de muito significado para [o benefício das] pessoas que estão empenhadas em atravessar o vasto oceano da Astrologia Natal.

3 – Segundo alguns, a palavra hora é uma corrupção da palavra Ahoratri, sendo a primeira e a última letra [sílabas] descartada. A ciência [da Astrologia Natal] trata dos efeitos das boas e más ações [karma] das pessoas em seus nascimentos anteriores.

4 – Os [doze] signos do zodíaco, começando com o primeiro ponto de Áries e Aswini [Nakshatra], e consistindo, cada um, em nove quadrantes de estrelas e formando um círculo, são respectivamente a cabeça, rosto, peito, coração, barriga, umbigo, abdômen, órgão genital, duas coxas, dois joelhos, dois tornozelos e os dois pés do Kalapurusha. [Os termos] Rasi, Kshetra, Graha, Riksha, Bhain, Bhavana, são termos sinônimos.

Nota: Os nomes dos doze signos são Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.
Os nomes dos 27 nakshatras são Ashwini, Bharani, Krittika, Rohini, Mrigasira, Ardra, Punarvasu, Pushya, Aslesha, Magha, Purvaphalguni, Uttaraphalguni, Hasta, Chitra, Swati, Vishaka, Anuradha, Jyeshtha, Mula, Purvashadha, Uttarashada, Shravana, Dhanishtha, Satabhisha, Purva bhadrapada, Uttara bhadrapada e Revati.


5 – O Signo de Peixes é da forma de dois peixes; o signo de Aquário é da forma de um homem com um pote de água; o signo de Gêmeos é da forma de um homem e de uma mulher, o homem com um bastão e a mulher com uma lira, ambos sentados em um assento; o signo de Sagitário é da forma de um homem com a parte inferior com o corpo de um cavalo; o signo de Capricórnio é da forma de um crocodilo com a face de um cervo; o signo de Libra é da forma de uma pessoa com uma balança em sua mão; o signo de Virgem é da forma de uma virgem em um bote com grãos em uma mão e luz em outra mão. Os outros signos se assemelham [em forma] às diferentes criaturas indicadas por seus nomes. Os locais de morada dos diferentes signos são os habitats dos diferentes animais.

6 – Marte, Vênus, Mercúrio, Lua, Sol, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, Saturno e Júpiter são, respectivamente, os regentes dos signos [de Áries a Peixes] e suas divisões começam a partir de Áries. O Navamsha dos respectivos signos começa de Áries, Capricórnio, Libra e Câncer; o Dwadasamsha começa a partir do próprio signo.

Nota: São mencionados seis modos de divisão da eclíptica para fins astrológicos conhecidos como Shadvarga. Estes são Rashi (D1), em que a eclíptica é dividida em 12 partes iguais de 30º cada; Hora (D2), na qual cada signo é dividido em duas partes iguais de 15º cada; Drekana (D3), na qual um signo é dividido em três partes iguais de 10º cada; Navamsha (D9), em que um signo é dividido em nove partes iguais de 3º20' cada; Dwadasamsha (D12), na qual um signo é dividido em doze partes iguais de 2º30' cada; e Trimsamsha (D30), na qual um signo é dividido em 5 partes desiguais.

7 – Marte, Saturno, Júpiter, Mercúrio e Vênus governam o quinto, oitavo, sétimo e quinto Bhagas (graus) respectivamente nos Trimsamshas dos signos ímpares, enquanto a ordem é invertida nos signos pares. A última parte [do Navamsha] de Câncer, Escorpião e Peixes são conhecidas como rikshasandhis [Gandanta].

Nota: essa estrofe define os Trimsamshas e seus regentes. Como já observado, Trimsamsha é o varga que divide o signo em cinco partes desiguais. Os signos ímpares são Áries, Gêmeos, Leão, Libra, Sagitário e Aquário. Os signos pares são Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes.

Nos signos ímpares, os cinco primeiros graus pertencem ao Trimsamshas de Marte; os cinco graus seguintes a Saturno; os oito seguintes são as de Júpiter; os próximos sete são os de Mercúrio; e os últimos cinco são os de Vênus. Nos signos pares, os cinco primeiros são os de Vênus; os próximos sete são os de Mercúrio; os próximos oito são os de Júpiter; os próximos cinco são os de Saturno; e os últimos cinco são os de Marte. O Trimsamsha é usado pelo autor em seu capítulo referente à Astrologia Natal aplicada às mulheres.


8 – Os termos Kriya, Tavuri, Jituma, Kulira, Leya, Pathona, Juka, Kourpya, Toukshika, akakero, Hrdroga e Antyabha são os outros nomes para os signos do zodíaco.

Nota: Todos os nomes acima, com exceção de Kulira e Antyabha, são evidentemente termos gregos uma circunstância que indica claramente que a relação entre os homens instruídos da Índia e da Grécia era mais do que superficial.

9 – Cada divisão do zodíaco em Hora [D2], Drekkaṇa [D3], Navamsha [D9], Trimsamsha [D30], Dwadasamsha [D12] e Kshetra [D1] são chamados pelo nome de um planeta. [Ou seja, se o signo de Áries cai em um Dwadasamsha, ele será chamado de Dwadasamsha de Marte].

10 – Os signos de Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Sagitário e Capricórnio são conhecidos como signos da noite [noturnos] e, com exceção de Gêmeos, eles se elevam com seus pés. Os outros signos surgem com a cabeça e são fortes de dia. Os dois peixes se elevam tanto com a cabeça quanto com os pés.

11 – Os signos [a partir Áries] são [alternadamente] maléficos e benéficos, masculinos e femininos [a] e móveis, fixos e duais [móveis e fixos] [b]. Os signos de Áries, Touro, Gêmeos e Câncer, com seus signos triangulares, denotam, respectivamente, o leste, o sul, o oeste e o norte [c]. Às duas horas dos signos ímpares são respectivamente as horas Solar e Lunar, e as de signos pares são respectivamente as horas Lunar e Solar. Os regentes dos Drekanas, são respectivamente os regentes do signo, do quinto e o nono signo a partir dele [d].

Notas: [a] em outras palavras, os signos ímpares são todos maléficos e masculinos, e os pares são todos benéficos e femininos.
[b] Áries, Câncer, Libra e Capricórnio são signos móveis. Touro, Leão, Escorpião e Aquário são signos fixos. Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes são duais [móveis e fixo] e também são conhecidos como signos comuns.
[c] Os signos Áries, Leão e Sagitário são conhecidos como signos orientais; Touro, Virgem e Capricórnio como signos do sul. Gêmeos, Libra e Aquário como signos ocidentais. Câncer, Escorpião e Peixes como signos do norte.
[d] Por exemplo: Os regentes dos três Drekanas de Leão são, respectivamente, o Sol [regente de Leão], Júpiter, regente de Sagitário, e Marte [regente de Áries, o nono signo].


12 – Alguns escritores de astrologia dizem que a primeira hora é governada pelo regente daquele signo, enquanto a segunda hora é regida pelo regente do décimo primeiro signo a partir dele. Dizem ainda que os regentes dos Drekanas são: (1) o regente do próprio signo, (2) o regente do 12º signo a partir dele (3) o regente do décimo primeiro signo a partir dele, respectivamente.

13 – Os signos de Áries, Touro, Capricórnio, Virgem, Câncer, Peixes e Libra são, respectivamente, signos uccha [exaltação] do Sol e dos outros planetas. O 10º, 3º, 28º, 15º, 5º, 27º e 20º são os graus da exaltação profunda dos planetas. O 7º signo, ou os signos opostos, é o nicha [debilidade], e os graus de debilidade são os mesmos como citados anteriormente.
Nota: Um planeta em seu signo de exaltação é considerado como extremamente forte e um em seu signo de debilitação é extremamente fraco. Segue uma tabela de exemplificação:


14 – Nos signos móveis, fixos e duais o primeiro, o do meio e o último Navamsha são conhecidos como posições Vargottama. Planetas em tais posições produzirão bons efeitos. Os signos Leão, Touro, Áries, Virgem, Sagitário, Libra e Aquário são conhecidos como Mulatrikona dos planetas, respectivamente.

15 – Às significações das 12 casas do signo Ascendente são, respectivamente, corpo, família, irmãos, relações, filhos, inimigos, esposa, morte, semente da virtude, vocação, ganhos e perdas. A 3ª, 6ª, 10ª e 11ª casa do Ascendente são conhecidas como Upachaya [benefícios, aumento], mas não é amplamente aceito por alguns. O restante das casas é chamado Apachaya [1ª, 4ª, 5ª, 7ª, 8ª, 9ª e 12ª].

16 – Os doze signos do zodíaco, iniciando a partir do Ascendente, são conhecidos como os signos de Kalpa [poder], Sva [riqueza], Vikrama [proeza], Gṛha [local de habitação], Pratibha [inteligência], Kshata [ferimento], Manmatha/Citro [desejo], Randhra [buraco], Guru [preceptor], Maana [respeitabilidade], Bhava [aquisição], Vyaya [perda]. A 4ª e 8ª casas são conhecidas como casas Caturashara. A 7ª casa é conhecida como Dyana, e a 10ª casa é conhecida como Ajña [comando].

17 – As casas 1, 4, 7 e 10 são conhecidas como casas Kantaka, Kendra ou Chatushtaya [quadrantes ou ângulos]. Se essas quatro casas forem [ocupadas por signos] bípedes, aquáticos, centopeias pu quadrúpedes, respectivamente, elas possuem força.

18 – As casas seguintes às angulares são conhecidas como casas Panapharas [2ª, 5ª, 8ª e 11ª], e às seguintes à Panapharas, são conhecidas como casas Apoklimas [3ª, 6ª, 9ª e 12ª]. A 4ª é conhecida como Hibuka, Ambu, Sukha e Veśma. A 7ª casa é conhecida como Jamitra. A 5ª casa é conhecida como Trikona. A 10ª casa é conhecida como Meshurana e Karma.

19 – Se o regente do Ascendente ou Júpiter ou Mercúrio, ocupar ou aspectar o Ascendente, então ele [o Ascendente] se torna forte, e não [torna-se, caso ocupado] por outros planetas. Os signos ocupando Kendras são naturalmente fortes. Os signos bípedes são fortes durante o dia, os quadrúpedes são fortes de noite, e o signo centopeia é forte no nascer e no pôr do sol. O Mana [medida] dos primeiros seis signos a contar de Áries é de 20, 24, 28, 32, 36 e 40, respectivamente; e aqueles seis signos seguintes são 40, 36, 32, 28, 24 e 20, respectivamente. A 3ª casa é Dyushicakya, e a 9ª casa é Tapas e Trikona.

20 – Os doze signos começando de Áries são, respectivamente, vermelho, branco, da cor do papagaio, da cor da flor Patali, preto e branco, cor variada, preto, cor dourada, cor da casca do paddy, branco e vermelho, da cor do Mongoose, da cor do peixe. Os signos são conhecidos como Plava [debilitado; plava é oco ou cova] na direção dos seus regentes. A 2ª casa a partir daquela ocupada pelo Sol é conhecida como Vesi.

2. Definições e Princípios Elementares dos Planetas

Capítulo 2, Shloka 1 - Para o Kalapurusha [zodíaco], o Sol é a alma, a Lua é a mente, Marte é a força, Mercúrio é a fala, Júpiter é o conhecimento e a riqueza, Vênus é o desejo e Saturno é a tristeza. Dos planetas, o Sol e a Lua são reis, Marte é general, Mercúrio é o primeiro príncipe, Júpiter e Vênus são conselheiros e Saturno é servo.

2 - Heli é o sol; Sitarasmi é a lua; Hemna, Vit, Gna, Bodhana e Induputra [Filho da Lua] são os nomes de Mercúrio; Ara, Vakra, Kruradrik, Avaneya [filho da terra] são os nomes de Marte; Kona, Manda, Suryaputra [filho do Sol] e Asita [o planeta negro] são os nomes de Saturno.

3 - Jeeva, Angirasa, Suraguru [o preceptor dos Devas], Vachasampati, Ijya são os nomes de Júpiter; Sukra, Bhrigu, Bhrigusuta, Sita [o planeta branco], Asphujit são os nomes de Vênus; Tama [escuridão], Agu e Asura são os nomes de Rahu; Sikbi é o nome de Ketu. Termos sinônimos com o acima devem também ser aceitos [como os nomes dos diversos planetas].

4 - O Sol é de cor vermelha e marrom-escura; a lua é branca; Marte não é uma figura alta e é vermelho e branco; Mercúrio é verde como a cor da grama curvada; Júpiter é amarelo como ouro fundido; Vênus é nem muito branco nem muito negro, e Saturno é negro.

5 - O Sol preside a cor do cobre; a lua sobre a cor branca; Marte sobre a cor vermelha; Mercúrio sobre a cor verde; Júpiter sobre a cor amarela; Vênus sobre uma mistura de várias cores; e Saturno sobre a cor preta. O Sol é Agni; a lua é Varuna; Marte é Subrahmanya; Mercúrio é Vishnu; Júpiter é Indra; Vênus é Indrani [esposa de Indra] e Saturno é Brahma. O Sol preside a leste; Vênus, sudeste; Marte, sul; Rahu, a sudoeste; Saturno, oeste; a lua, a noroeste; Mercúrio, norte; Júpiter, nordeste. A Lua minguante, o Sol, Marte, Saturno e Mercúrio, quando em conjunto com qualquer um destes, são planetas maléficos.

6 - Mercúrio e Saturno são planetas hemafroditas, a Lua e Vênus são planetas femininos e o restante são planetas masculinos. Marte é fogo; Mercúrio é terra; Júpiter é akasha [éter]; Vênus é água e Saturno é ar.

7 - Vênus e Júpiter são a classe sacerdotal (brâmanes); Marte e o Sol são forças militares (xátrias); a Lua é classe comercial (vaixás); Mercúrio é da casta dos servos (sudra) e Saturno é a classe dos intocáveis (chandala).
A Lua, o Sol e Júpiter são de Sattva Guna [bom humor]; Mercúrio e Vênus são de Rajas Guna [temperamento apaixonado]; Marte e Saturno são de Tamas Guna [temperamento sombrio].

8 - O Sol tem olhos um pouco amarelos, é da altura do comprimento dos dois braços estendidos, de natureza biliosa e com muito pouco cabelo na cabeça.
A Lua tem um corpo fino e redondo, é de uma natureza excessivamente ventosa e fleumática, é instruída e tem uma voz suave e olhos lindos.

9 - Marte tem olhos afiados e cruéis e um corpo jovem, é generoso, de natureza biliosa, de mente instável, e tem uma cintura estreita.
Mercúrio tem um impedimento em seu discurso, gosta de brincar e tem uma natureza biliosa, ventosa e fleumática.

10 - Júpiter tem um corpo grande, cabelos e olhos amarelos, grandes poderes intelectuais e uma natureza fleumática.
Vênus leva uma vida confortável, tem um corpo bonito, olhos claros, uma natureza ventosa e fleumática e cabelos pretos ondulados.

11 - Saturno é preguiçoso, tem olhos de cor dourada, um corpo magro e alto, com o cabelo largo e firme, e é de natureza ventosa.
Saturno é forte nos músculos, o Sol nos ossos, a Lua no sangue, Mercúrio na pele, Vênus no sêmen, Júpiter na carne [ou gordura] e Marte na medula dos ossos.

12 - O Sol preside sobre locais de culto; a lua sobre poços; Marte sobre as lareiras; Mercúrio sobre áreas de recreação; Júpiter sobre o armazém; Vênus sobre o quarto e sobre camas e Saturno sobre onde ficam os materiais de limpeza.
A roupa do Sol é de fios grossos; a da lua é nova; a de Marte é parcialmente queimada; o de Mercúrio está molhada; a de Júpiter é um pouco usada; a de Vênus é forte; e a de Saturno está rasgada.
O Sol preside o cobre; a Lua sobre gemas; Marte sobre ouro; Mercúrio sobre latão; Júpiter sobre prata; Vênus sobre pérolas; e Saturno sobre ferro.
Quando Saturno está em ascensão ou quando seu Drekana está subindo, a estação indicada é Sisira.
Saturno rege Sisira, Vênus Vasanta [primavera]; Marte Grishma [verão]; Lua Varsha, Mercúrio Sarat [outono]; Júpiter Hemanta [inverno] e o Sol Grishma. Essas estações também podem ser indicadas pelo regente do Ascendente Drekana no momento da pergunta em uma consulta de Astrologia horária [prashna].

13 - Todos os planetas aspectam a 3ª e a 10ª casas com um quarto de olhar; as casas cinco e nove com meio olhar, as casas 4 e 8 com três quartos de olhar, e a casa 7 com um olhar completo; mas Saturno aspecta a 3ª e a 10ª casas com um olhar completo; Júpiter aspecta a 5ª e a 9ª casas com um olhar completo, e Marte aspecta as 4ª e 8ª casas com um olhar completo.

14 - O Sol indica seis meses; a Lua dois Ghatikas ou quarenta e oito minutos; Marte é indicado por um dia; Mercúrio dois meses; Júpiter por um mês; Vênus quinze dias; e Saturno por um ano.
O Sol preside sabor pungente; a lua o sabor do sal; Marte amargo; Mercúrio com sabor misto; Júpiter sobre doçura: Vênus sobre azedume; e Saturno com amargura.

15 - Segundo alguns, Júpiter é o amigo do Sol; Júpiter e Mercúrio são os amigos da lua; Vênus e Mercúrio são os amigos de Marte. A Lua, Marte, Júpiter, Vênus e Saturno são os amigos de Mercúrio. O sol, a Lua, Mercúrio, Vênus e Saturno, são os amigos de Júpiter. Marte, Mercúrio, Júpiter e Saturno são os amigos de Vênus. Mercúrio, Júpiter e Vênus são os amigos de Saturno mas, de acordo com Satyacharya, os amigos de um planeta são os regentes das casas 2ª, 12ª, 5ª, 9ª e 4ª de seu signo Moolatrikona, bem como do regente do signo de exaltação de tal planeta, desde que não entrem em conflito com os regentes das casas restantes.

16 - Saturno e Vênus são os inimigos do Sol, Mercúrio é seu neutro e o resto são seus amigos. O Sol e Mercúrio são os amigos da Lua e o resto são seus neutros, O Sol, a Lua e Júpiter são os amigos de Marte; Mercúrio é seu inimigo e Vênus e Saturno são seus neutros. O Sol e Vênus são os amigos de Mercúrio; a Lua é sua inimiga e o resto são seus neutros.

17 - Mercúrio e Vênus são os inimigos de Júpiter; Saturno é seu neutro e o resto são seus amigos. Mercúrio e Saturno são os amigos de Vênus; Marte e Júpiter são seus neutros, e o resto são seus inimigos. Vênus e Mercúrio são os amigos de Saturno; Júpiter é seu neutro e o resto são seus inimigos. Assim, declarei de novo longamente os pontos de vista ou Satyacharya sobre a amizade natural ou permanente, a inimizade e a neutralidade entre os planetas.

18 - Os planetas que ocupam a 2ª, 12ª, 11ª, 3ª e 10ª casas de um planeta em particular são os amigos daquele planeta e o resto são seus inimigos temporários. Segundo alguns, os planetas que ocupam o signo de exaltação de um determinado planeta são também os amigos desse planeta. Combinando as três relações naturais com as duas relações temporais, dadas agora, podemos determinar as cinco relações seguintes existentes entre planetas: Atimitra [grande amigo], Mitra [amigo]. Sama [neutro], Satru [inimigo] e Atisatru [grande inimigo].

19 – Se o regente do Ascendente ou Júpiter ou Mercúrio, ocupar ou aspectar o Ascendente, então ele [o Ascendente] se torna forte, e não [torna-se, caso ocupado] por outros planetas. Os signos ocupando Kendras são naturalmente fortes. Os signos bípedes são fortes durante o dia, os quadrúpedes são fortes de noite, e o signo centopeia é forte no nascer e no pôr do sol. O Mana [medida] dos primeiros seis signos a contar de Áries é de 20, 24, 28, 32, 36 e 40, respectivamente; e aqueles seis signos seguintes são 40, 36, 32, 28, 24 e 20, respectivamente. A 3ª casa é Dyushicakya, e a 9ª casa é Tapas e Trikona.

20 - O Sol e a Lua possuem Cheshta bala [força motriz] quando em qualquer um dos seis signos a partir de3. Sobre o uso da Astrologia em animais e vegetais Makara. Os outros planetas o possuem quando em seu movimento retrógrado ou quando em conjunção com a Lua [Samagama] ou quando em seu maior brilho ou quando são os planetas vencedores em guerras planetárias [Graha Yuddah].


3. Sobre o uso da Astrologia em animais e vegetais

Capítulo 3, Shloka 1 - Se, no momento do nascimento, os planetas maléficos forem fortes, os planetas benéficos fracos, e um dos planetas hermafroditas estando em um dos kendras [ângulos] ou aspectando o Ascendente; a criatura nascida será aquela indicada pelo Dwadasamsha particular que a lua pôde então ocupar.

2 - Se os planetas maléficos ocupam seus Navamshas e forem fortes, se os planetas benéficos não estiverem em seu próprio Navamshas e forem fracos e se [ao mesmo tempo] o Ascendente for à exceção do ser humano, o nascimento será de um animal mais baixo como antes. 3 - No caso de quadrúpedes, Áries é a cabeça; Touro, o rosto e pescoço; Gêmeos, as patas dianteiras e ombros; Câncer, a parte de trás; Leão, o peito; Virgem, os lados; Libra, a barriga; Escorpião, o ânus; Sagitário, as patas traseiras; Capricórnio, o pênis ou testículo; Aquário, as nádegas e peixes, a cauda.

4 - Se houver algum planeta no signo ascendente, a cor da criatura será a do próprio planeta; se não, a cor será aquela do planeta em aspecto com o Ascendente; e se não haver nenhum aspecto dos planetas para o Ascendente a cor será aquela do Navamsha do Ascendente. O número e variedade de cores será a dos planetas que ocupam ou estão em aspecto com o signo ascendente. O número de listras na parte de trás da criatura será de acordo com os planetas ocupando a sétima casa.

5 - Se um Pakshidrekana, um CharaNavamsha ou um Navamsha de Mercúrio fossem ocupados por planetas fortes, a criatura nascida seria um pássaro terrestre, se o Ascendente Drekana ou Navamsha forem ocupados ou aspectados por Saturno; e uma ave aquática se for ocupada ou aspectada pela Lua.

6 - Se o signo ascendente, a lua, Júpiter e o Sol estiverem fracos, eles indicam o nascimento de uma árvore; tal árvore será uma árvore terrestre ou uma árvore de água de acordo com o elemento do Ascendente Navamsha. O número de árvores será o número de signos pelos quais o regente do ascendente Navamsha recuou do signo ascendente.

7 - Se o regente do ascendente Navamsha for o Sol, a árvore será forte por dentro, se Saturno a árvore será feia; se a Lua será uma árvore leitosa, se Marte, uma árvore espinhosa; se Júpiter, uma árvore frutífera; se Mercúrio, uma árvore infrutífera; se Vênus, uma árvore de flores; se a Lua novamente, uma árvore oleosa; e se Marte, uma árvore de gosto amargo.

8 - Se o regente do ascendente Navamsha fosse um planeta benéfico ocupando um signo maléfico, a árvore será uma espécie superior que cresce em um terreno ruim; caso contrário, o reverso será o caso; o número de árvores também é o número de Navamshas pelo qual o regente do ascendente Navamsha recuou de seu Navamsha.


4. Niseka Kala ou o Momento da Concepção

Capítulo 4, Shloka 1 - A menstruação que aparece mensalmente, por causa de Marte e a Lua (a), trás a concepção quando a Lua está em uma das casas Anupachaya (b). Se a Lua estiver em signo ímpar (c) e for aspectada por um planeta masculino benéfico, haverá união sexual entre uma mulher e seu marido (d).

Notas: (a) A menstruação aparece nas mulheres sempre que a Lua aspectada Marte, especialmente quando a Lua ocupa a 4ª, 7ª ou 8ª casa de Marte. Em relação a esse assunto, o autor da Saravali diz: “A Lua é água; Marte é fogo; uma mistura de água e fogo é bílis; quando a bile se mistura com o sangue, ocorre corrimento menstrual”.
(b) Se, ao aspectada Marte, a Lua ocupar um dos signos Anupachaya no Mapa horário ou no natal da mulher, no momento do aparecimento da menstruação, a concepção acontecerá.
(c) É a partir do momento em que a mulher toma banho no quarto dia, quando a Lua chega a uma das casas de Upachaya no horóscopo ou na natividade do marido.
(d) Haverá união sexual entre marido e mulher se a Lua aspectar Júpiter quando estiver forte. O Comentador acrescenta o seguinte: "Se a Lua estiver aspectada pelo Sol, a mulher terá união sexual com um oficial do rei; se aspectada por Marte, depois com um voluptuário; se aspectada por Mercúrio, então com uma pessoa com a mente inconstante; se aspectada por Vênus, então com uma pessoa bonita; se aspectada por Saturno, então com um servo; e se aspectada por vários planetas maléficos, a mulher se tornará uma prostituta.”.


2 - A união sexual será da natureza da união das criaturas representadas pelo signo do ascendente. Novamente, se no momento da união sexual, a sétima casa for ocupada ou aspectada por planetas maléficos, tal união será feita com raiva, e se por planetas benéficos, ela será feita com brincadeiras e risos.

3 - Se, no momento da união sexual, o Sol, a Lua, Vênus e Marte estiverem em seus Navamshas, ou se Júpiter ocupar o signo ascendente ou o quinto ou a 9º casa, tal união produzirá uma criança. Para pessoas desprovidas de virilidade, o Yoga acima [posições planetárias] será tão inútil quanto os raios da Lua para os cegos.

4 - Se, no momento da concepção, Marte ou Saturno ocupassem a sétima casa do Sol ou da Lua, o homem e sua esposa adoeceriam, respectivamente; mas se um dos dois planetas, Marte e Júpiter, estiverem ocupando o décimo segundo e o outro a segunda casa do Sol e da Lua, ou se um dos planetas estiver em conjunção com o Sol ou a Lua e o outro estiver aspectando ou o sol ou a lua, o homem e sua esposa irão encontrar-se com a morte.

5 - No caso da concepção diurna, o Sol e Vênus representam respectivamente o pai e a mãe; e de noite, Saturno e a Lua representam respectivamente o pai e a mãe. No primeiro caso, Saturno e a Lua representam respectivamente o tio paterno e a tia materna; e no último caso, o Sol e Vênus representam respectivamente o tio paterno e a tia materna. Se os planetas representando o pai e o tio paterno, estiverem ocupando os signos ímpares, ou se os planetas que representam a mãe e tia estiverem ocupando os signos pares, então o pai e tio paterno ou a mãe e a tia serão felizes.

6 - Se no limiar da concepção planetas maléficos ocupam a décima segunda casa, e se o signo ascendente não é aspectado por planetas benéficos, ou se Saturno ocupa o signo ascendente e é aspectado pela lua minguante e Marte [em ambos os casos] a mulher grávida irá morrer.

7 - Se [no momento da concepção] o signo ascendente ou a Lua ou ambos estiverem entre planetas maléficos e ao mesmo tempo não aspectados pelos planetas benéficos, a gestante morrerá.

8 - Se [no momento da concepção] os planetas maléficos ocupam a quarta casa e Marte a oitava casa do ascendente ou do Lua, ou novamente se Marte ocupar a quarta casa e o Sol, a décima segunda casa do ascendente e se for Lua minguante na época, as mulheres grávidas irão morrer.

9 - Se [no momento da concepção] Marte ocupar o Ascendente e o Sol ocupar a sétima casa, a gestante irá sofrer a morte através de armas. Se o regente de qualquer mês [Para os regentes dos vários meses de gravidez], a gravidez irá fracassar nesse mês.

10 - Se os planetas benéficos estiverem com a Lua ou no ascendente, ou se ocuparem o segundo, quarto, quinta, sétima, nono e décima casas da lua ou o ascendente, haverá nascimento seguro, desde que planetas maléficos ocupam a terceira ou décima primeira casa de a Lua ou o ascendente e a Lua ou o ascendente, ao mesmo tempo, aspectados pelo Sol.

11 - Se o signo ascendente, o Sol, Júpiter e a Lua forem fortes e ocuparem os signos ímpares [masculinos] e os diferentes Navamshas, o nascimento será de um menino. E se eles ocupam os Signos pares [femininos] e o mesmo Navamshas, será uma criança do sexo feminino, se novamente, o Sol e Júpiter ocuparem os signos ímpares, será uma criança do sexo masculino, e se a Lua, Vênus e Marte ocuparem os signos pares, será uma criança do sexo feminino. Além disso, se o Sol e Júpiter ocuparem os dois signos masculinos no Navamshas e forem aspectados por Mercúrio, serão gêmeos machos, e se Vênus e Marte ocuparem os dois Navamshas femininos e eles forem aspectados por Mercúrio, será gêmeos femininos.

12 - Se [no momento da concepção] Saturno ocupar algum dos signos ímpar do signo ascendente, o nascimento será de um menino. O sexo da criança em todos os casos acima será determinado pela posição do planeta mais forte.

13 - Se [no momento da concepção], a Lua e o Sol, ocupando respectivamente qualquer um dos signos pares e ímpares, se destacam, ou, se Saturno e Mercúrio [ocupando, respectivamente, qualquer um dos signos pares e ímpares] se sobrepõem, ou se o aspecto de Marte [em um signo ímpar] o Sol em um signo par, ou se a Lua e Ascendente em signos ímpar forem aspectados por Marte [em um sinal par], ou se o aspecto de Marte a Lua e Mercúrio ocupando respectivamente sinais pares e ímpares, ou se Vênus, Ascendente e a Lua ocupam Navamshas masculinos, a criança será hermafrodita.

14 – Se a Lua e Vênus estiverem em signos pares, Mercúrio, Marte, Júpiter e Ascendente estiverem em signos ímpares, ou se um planeta masculino aspectar o Ascendente e a Lua estiver em um dos signos pares, ou se Mercúrio, Marte, Júpiter e Ascendente forem fortes e ocuparem os mesmos signos, haverá uma criança do sexo masculino, e uma criança do sexo feminino. Novamente, se Ascendente e todos os planetas ocuparem o Ubhasa [comum] Navamshas e forem aspectados por Mercúrio em seu Navamsha, o nascimento será de três crianças: destas, duas serão crianças do sexo masculino se o Navamsha ocupado por Mercúrio for o de Gêmeos, e dois serão crianças do sexo feminino se tal Navamsha for o de Virgem. Novamente, se, quando Mercúrio ocupa o Navamsha de Gêmeos, os outros planetas e Ascendente ocuparem os Navamshas de Gêmeos e Sagitário, todos os três serão meninos; e se, quando Mercúrio ocupa o Navamsha de Virgem, os outros planetas e Ascendente ocupam os Navamshas de Virgem e Peixes, todos os três serão crianças do sexo feminino.

15 - Se o último Navamsha do signo de Sagitário começar a ascender, se todos os planetas ocuparem o Navamsha de Sagitário e forem fortes, e se o signo ascendente for aspectado por Mercúrio e Saturno fortes, o nascimento será mais do que de três filhos.

16 - No primeiro mês de gravidez, o embrião é formado; no segundo, torna-se carne; no terceiro, os membros são formados; no quarto, os ossos são formados; no quinto, a pele é formada; no sexto, o cabelo começa a crescer; no sétimo, a inteligência é infundida na criança.
Os regentes dos vários meses do primeiro ao sétimo são Vênus, Marte, Júpiter, o Sol, a Lua, Saturno e Mercúrio, respectivamente.

17 - Se Mercúrio ocupar a quinta ou a nona casa a partir do signo ascendente, e se ao mesmo tempo os outros planetas forem impotentes, o rosto, as pernas e as mãos da criança serão dobrados. Se a Lua ocupar o signo de Touro e se os planetas maléficos ocuparem o Riksha Sandhis, o nascimento será de uma criança muda; mas se a Lua for aspectada por um planeta benéfico, haverá fala depois de muito tempo.

18 - Se Saturno e Marte ocupam os signos ou os Navamshas de Mercúrio, o nascimento será de uma criança nascida com dentes. Se Câncer for o signo ascendente e se a Lua o ocupar um signo de saturno e for aspectada por Saturno e Marte, a criança será corcunda; se Peixes for o signo ascendente e se for aspectado por Saturno, Lua e Marte, a criança será manca. Se um planeta maléfico e a Lua estiverem em algum dos últimos Navamshas de Câncer, Escorpião e Peixes, a criança nascerá surda. Em todos os Yogas acima, os efeitos descritos ocorrerão somente se os vários planetas não são aspectados por planetas benéficos.

19 - Se o último Navamsha de Makara começar a ascender e se estiver aspectado por Saturno, Lua e o Sol, o nascimento será de um dwaf. Se Marte ocupar o crescente Drekana do Ascendente ou o correspondente Drekana da quinta casa ou da nona casa, o nascimento será de uma criança ou sem cabeça ou sem braços ou sem pernas, respectivamente, se Marte for aspectado pelo Sol, Lua e Saturno.

20 - Se Leão é o signo ascendente e se for ocupado pelo Sol e pela Lua e aspectado por Marte e Saturno, o nascimento será de uma criança cega; se no caso acima, os planetas benéficos aspectarem o signo ascendente, a criança nascerá com uma partícula em seus olhos. Se a Lua ou o Sol ocuparem a décima segunda casa a partir do signo ascendente, a criança nascerá cega, respectivamente, do olho esquerdo ou direito.
As várias Yogas mencionadas acima não acontecerão totalmente se os planetas de cada Yoga forem aspectados por planetas benéficos.

21 - Descubra o número do Dwadasamsha particular ocupado pela Lua. Observe o signo zodiacal cujo nome o Dwadasamsha possui. Conte a partir do próximo signo quantos signos são os números de Dwadasamshas pelos quais a Lua pode ter avançado em qualquer signo em particular. Quando a Lua chega a esse último signo, o nascimento da criança ocorrerá.

Novamente, o nascimento ocorrerá de dia ou de noite, de acordo com o que o Navamsha ascendente na ocasião sendo um Navamsha diurno ou noturno. A hora do nascimento do nascer do sol ou do pôr-do-sol pode ser calculada a partir da porção do ascendente Navamsha que pode ter subido acima do horizonte.

22 - Se, no momento da concepção, o Navamsha de Saturno começar a subir e se Saturno ocupar a sétima casa a partir do signo ascendente, haverá libertação depois de três anos; e em caso semelhante da Lua haverá libertação depois de doze anos.
Cada um dos vários Yogas descritos neste Capítulo é aplicável ao momento do nascimento também, deve ser determinado sobre a natureza de tais Yogas.

5. Matérias Relacionadas com a Hora do Nascimento

Capítulo 5, Shloka 1 - Se, no momento do nascimento de uma criança, o signo ascendente não for aspectado pela Lua, o pai não estará próximo quando a criança nascer e, se em tal caso, o Sol ocupar a 9ª ou a 8ª casa, o pai estaria em um país estrangeiro se a casa fosse ocupada um signo móvel; em seu próprio país, se a casa for ocupada por um signo fixo; estaria retornando.

2 - Se, no momento do nascimento, Saturno estiver no signo ascendente ou Marte no sétimo signo, ou a Lua entre Mercúrio e Vênus, o pai não estará próximo.

3 - Se, no momento do nascimento, a Lua estiver no Drekana de Marte e se os planetas benéficos estiverem nas casas 2 e 11 do signo ascendente, o nascimento será de uma serpente. Se o signo de um planeta maléfico for o signo ascendente, e se o Drekana de Marte estiver ascendendo, e se planetas benéficos ocuparem a 2ª e a 11ª casas, o nascimento será de uma criança nascida com uma serpente [cordão umbilical] enrolada em torno de seu corpo.

4 - Se, no momento do nascimento, o Sol estiver em um signo quadrúpede e os outros planetas forem todos fortes e nos signos duais, o nascimento será de gêmeos.

5 - Se, no momento do nascimento, Áries, Leão ou Touro for o signo ascendente, e se Saturno ou Marte estiverem em tal signo, será uma criança nascida com o cordão umbilical enrolado na parte do corpo indicada pelo Ascendente Navamsha.

6 - Se Júpiter, no momento do nascimento, falhar em aspectar tanto o signo ascendente quanto a Lua ou a Lua quando em conjunção com o Sol, ou se a Lua estiver em conjunção com o Sol quando ele é acompanhado por um planeta maléfico, o nascimento será de um filho ilegítimo [adultério].

7 - Se, no momento do nascimento, dois planetas maléficos ocuparem um dos signos maléficos, se tal signo for a 5ª, 7ª ou 9ª casa do Sol, o pai da criança ficará em custódia na ocasião. Se o Sol ocupar um signo móvel, o pai estará em terras estrangeiras; se ele ocupar um signo fixo, o pai ficará sob custódia em seu próprio país; e se ele ocupar um signo comum, o pai estará a caminho de seu país natal.

8 - Se a Lua estiver cheia e em Câncer, se Mercúrio estiver no signo ascendente e Júpiter na 4ª casa, o nascimento ocorrerá em um barco. Novamente, se os signos aquáticos começarem a subir e se a Lua estiver na 7ª casa, então, também, o nascimento ocorrerá em um barco.

9 - Se um signo aguado começar a subir, o nascimento certamente ocorrerá nas margens das águas, se [1], a Lua também estiver em um signo aquoso, ou [2], se a Lua estiver cheia e aspectar o signo ascendente, ou [3], se a Lua estiver na 10ª ou 4ª casa ou no Ascendente.

10 - Se a Lua ocupar o signo ascendente e se Saturno ocupar a 12ª casa e for aspectada por um planeta maléfico, o nascimento ocorrerá em uma prisão. Novamente, se Escorpião ou Câncer começarem a se elevar e serem ocupados por Saturno e aspectados pela Lua, o nascimento ocorrerá em uma vala.

11 - Se um signo de água começar a ascender e se Saturno o ocupar e for aspectado por Mercúrio, o Sol ou a Lua, o nascimento ocorrerá respectivamente em uma casa de prazer [boate], um templo ou um terreno estéril.

12 - Se um signo bípede estiver Ascendendo, e se Saturno o ocupar e for aspectado por Marte, o nascimento será em solo de cremação; se aspectado por Vênus e pela Lua, o nascimento ocorrerá em algum lugar bonito e agradável; se aspectado por Júpiter, então no Agnihotra Sala; se aspectado pelo Sol, então no palácio do rei ou em um templo ou em um galpão de vacas; e se aspectado por Mercúrio, o nascimento ocorrerá na sala de trabalho de um artista.

13 - O nascimento ocorrerá em lugares representados pelo signo ascendente ou Navamsha, o que for forte. Se tal signo ou Navamsha for móvel, o nascimento ocorrerá nas estradas; se fixo, então dentro de um edifício. Se o Ascendente Navamsha for um Vargottama, o nascimento será na própria casa da mãe.

14 - Se, no momento do nascimento, Marte e Saturno ocuparem um único signo, e se o Sol ou a Lua ocuparem a quinta ou a nona casa deles, a criança será abandonada pela mãe; mas se o Sol ou a Lua forem aspectados por Júpiter, a criança, embora abandonada por sua mãe, viverá longa e confortavelmente.

15 - Se um maléfico aspecta a Lua no signo ascendente, Marte ocupando a 7ª casa, ou se Marte e Saturno ocuparem a 11ª casa da Lua quando o signo ascendente aspectado por um planeta maléfico a criança abandonada por sua mãe morrerá. Se a Lua também for aspectada por um forte planeta benéfico, a criança abandonada cairá nas mãos da classe de homens representada pelo planeta benéfico aspectante e viverá. Se o aspecto maléfico do planeta for forte, a criança abandonada cairá nas mãos de outros e perecerá.

16 - Se um planeta paterno for forte, o nascimento ocorrerá na casa do pai; se um planeta materno for forte, o nascimento ocorrerá na casa da mãe; se três planetas benéficos estiverem em seus signos de debilitação, o nascimento ocorrerá ao pé de paredes, árvores e similares; e se os três planetas que ocupam um único signo falharem em aspectar o Ascendente e a Lua que também ocupam um único signo, o nascimento ocorrerá em uma floresta.

17 - Se a Lua ocupar o Navamsha de Saturno ou a 4ª casa do Ascendente, ou se ela for aspectada por Saturno, ou se ela ocupar um Navamsha do elemento agua ou a mesma casa que Saturno, o nascimento ocorrerá em um ponto escuro. Se três ou mais planetas estiverem em seus signos de Neecha, o nascimento ocorrerá no solo nu. O nascimento seguirá a maneira pela qual o signo ascendente atinge o horizonte. Se os planetas maléficos ocupam a 4ª ou 7ª casa, a partir da Lua a mãe sofrerá muito com o trabalho de parto.

18 - O óleo será determinado a partir da Lua, o pavio do signo ascendente; a natureza fixa ou outra da lâmpada será determinada a partir do signo ocupado pelo sol. A entrada do quarto será na direção do planeta que ocupa um Kendra ou do planeta mais forte.

19 - Se Saturno for forte, o nascimento ocorrerá em uma casa que, tendo se tornada antiga foi reconstruída. Se Marte for forte, o nascimento ocorrerá em uma casa parcialmente queimada; se a Lua for poderosa, então, em uma casa recém-construída; se o Sol for forte, o nascimento ocorrerá em uma casa construída de madeira, mas fraca; se Mercúrio for forte, então em uma casa construída por vários construtores; se Vênus for forte, então em uma linda casa nova adornada com figuras; e se Júpiter for forte, o nascimento ocorrerá em uma casa forte e construída. As casas dos quatro lados devem ser descritas de forma semelhante pelos planetas do Rasi Chakra.

20 - Se o signo ascendente ou o ascendente Navamsha [o que for forte] for Áries, Câncer, Libra, Escorpião ou Aquário, a sala de parto estará na parte leste da casa; se é de Sagitário, Peixes, Gêmeos ou Virgem, então na parte norte da casa; se é o de Touro, então na porção ocidental; e se for de Capricórnio ou Leão, a sala de parto será na parte sul da casa.

21 - Se o signo ascendente for Áries ou Touro, o leito da mulher em trabalho de parto será na porção leste da sala; se o signo ascendente for Gêmeos, será na porção sudeste; se Câncer ou Leão, então na porção sul; e se Virgo, então na porção sudoeste; se Libra ou Escorpião, então na porção ocidental; e se Sagitário, então na porção noroeste; se Capricórnio ou Aquário forem o signo ascendente, a cama estará na porção norte da sala, e se Peixes for o signo ascendente, será na porção nordeste da sala, A mesma regra se aplica em relação ao lugar na cama ou berço, onde a mulher pode dormir. Quanto ao berço, mais uma vez, suas duas pernas dianteiras ocupam as direções atribuídos à 12ª e 3ª casas do ascendente e suas duas pernas traseiras ocupam as direções destinados às 6ª e 9ª casas.

22 - O número de parteiras será o número dos planetas entre o signo ascendente e a lua. Destes planetas, o número daqueles no hemisfério visível será o número de parteiras fora da sala, e o número de planetas no hemisfério invisível será o número de mulheres no interior.

23 - A estrutura e outras peculiaridades do corpo serão determinadas pelo regente do ascendente Navamsha ou do planeta mais forte; e a cor do corpo será determinada a partir do [regente do] Navamsha ocupado pela Lua; e o tamanho das várias partes do corpo seguirá os signos que os representam, começando pelo signo ascendente que representa a cabeça.

24 - As divisões triplas do corpo começando da cabeça, do pescoço e do abdômen inferior, de acordo com ascendente do Drekana, é o primeiro, o segundo ou o terceiro:


25 - Feridas ocorrerão naquelas partes do corpo representadas pelos signos que são ocupados ou aspectados por planetas maléficos; mas se tais signos forem ocupados ou aspectados por planetas benéficos, aparecerão manchas nessas partes; tais planetas maléficos ou benéficos estiverem em seus próprios signos ou Navamshas fixos. A ferida ou a mancha existirão desde o nascimento; caso contrário, eles aparecerão no futuro. No que diz respeito às feridas, se o planeta for Saturno, a ferida será causada por uma pedra ou pelo vento; se Marte, então por fogo ou arma ou por veneno; se Mercúrio [maléfico], será causado pela terra; se o Sol, então por madeira ou por quadrúpedes; se a lua [em declínio], por animais com chifres ou por animais aquáticos. Não haverá ferida naquelas partes do corpo que são representadas por signos ocupados pelos outros planetas [benéficos].

26 - Se três planetas, sejam eles maléficos ou benéficos juntamente com Mercúrio, ocuparem um único signo, uma ferida ou uma mancha aparecerão sem falhas nas partes do corpo representadas pelo signo. Novamente, na divisão do corpo em doze partes a partir da cabeça [que o Ascendente representa], se um planeta maléfico ocupar a sexta casa, uma ferida aparecerá [no quadril]; mas se o planeta maléfico for aspectado por um planeta benéfico, tanto uma mancha escura quanto uma branca aparecerão; mas se planetas benéficos ocupar a sexta casa, aparecerá apenas um crescimento de cabelo grosso.


6. Balarishta e Morte Precoce

Capítulo 6, Shloka 1 – Se o nascimento ocorrer no Sandhyakala [as horas crepusculares] quando a Hora lunar estiver ascendendo e quando os planetas maléficos ocupam os últimos Navamshas dos signos, a criança morreria logo após o nascimento. Novamente, se no momento do nascimento, a Lua e os três planetas maléficos ocupam os quatro Kendras [1, 4, 7, 10], um em cada um deles, também a criança morreria.

2 – Se Câncer ou Escorpião for o Ascendente no momento do nascimento e se planetas maléficos ocuparem a metade oriental do Zodíaco enquanto os planetas benéficos ocuparem a metade ocidental, a criança morreria imediatamente após o nascimento. Novamente, se os planetas maléficos ocuparem as casas 12 e 2 ou as casas 6 e 8 do signo ascendente, a criança morreria.

3 – Se o signo ascendente, o signo poente [7ª casa], e o signo ocupado pela Lua forem ocupados por um planeta maléfico e se a Lua não for aspectada por planetas benéficos, a criança morrerá imediatamente após o nascimento.

4 – Se a lua minguante ocupa a 12ª casa do ascendente, se os planetas maléficos ocupam o signo ascendente e a 8ª casa, e se os planetas benéficos não ocupam os Kendras, a criança morrerá imediatamente após o nascimento.

5 – Se a Lua aspectada por um planeta maléfico ocupar o signo ascendente ou a 7ª, a 8ª ou a 12ª casa, e se planetas benéficos não ocuparem os Kendras, e se eles não aspectarem a Lua, a criança morrerá logo após o nascimento.

6 – Se, quando a Lua ocupa a 6ª ou a 8ª casa do ascendente, e estiver recebendo aspecto de maléfico, a criança morrerá logo após o nascimento; se apenas os planetas benéficos a estiverem aspectando, a criança morrerá depois de 8 anos; e se receber tanto aspectos benéficos quanto maléficos, a criança vai morrer 4 anos após o nascimento; mas se um planeta benéfico [ocupando a 6ª ou a 8ª casa] for aspectado por planetas maléficos fortes, ou se o regente do signo ascendente ocupar a 7ª casa e for derrotado em luta planetária [conjunção] por um planeta maléfico, a criança morrerá um mês após o nascimento.

7 – Se a lua minguante ocupar o signo ascendente e os planetas maléficos ocuparem a oitava casa e os Kendras, ou se a Lua ocupar a quarta, a sétima ou a oitava casa e estiverem entre os planetas maléficos, a criança morrerá. Novamente, se a Lua ocupar o signo ascendente e estiver entre os planetas maléficos e se os planetas maléficos ocuparem a 7ª e a 8ª casas e os planetas benéficos não aspectarem a Lua, tanto a mãe quanto a criança morrerão.

8 – Se no momento do nascimento, a Lua ocupa o último Navamsha de um signo e não é aspectada por planetas benéficos, e se planetas maléficos ocupam as casas 5 e 9 ou se a Lua ocupa o signo ascendente e os planetas maléficos ocupam a 7ª casa , a criança vai morrer logo após o nascimento.

9 – Se no momento do nascimento, a Lua eclipsada ocupar o signo ascendente com um planeta maléfico enquanto Marte ocupa a 8ª casa, tanto a mãe quanto o bebê morrerão. Se em vez da Lua, o Sol estiver em uma posição similar, tal morte será causada por armas. Novamente, se o Sol ou a Lua ocupam o signo ascendente e se os planetas maléficos ocupam as 5ª, 8ª e 9ª casas, a criança morrerá, se o Sol ou a Lua não forem aspectados nem acompanhados por fortes planetas benéficos.

10 – Se, no momento do nascimento, Saturno, o Sol, a Lua e Marte ocuparem respectivamente a 12ª, 9ª, 1ª e 8ª casas, a criança morrerá logo após o nascimento, se os planetas não forem aspectados por Júpiter.

11 – Se, no momento do nascimento, a Lua estiver conjunta por um planeta maléfico ocupar a 5ª, 7ª, 9ª, 12ª, 1ª ou 8ª casas, e se ela não estiver conjunta nem aspectada por Vênus, Mercúrio ou Júpiter, a criança vai morrer logo após o nascimento.

12 – Se a Lua em trânsito se junta à casa do mais forte maléfico nas yogas acima ou se junta a Lua Natal, ou a Ascendente, quando ela é forte e tem fortes aspectos maléficos, ela causa a morte à criança dentro de um ano.

Notas: O comentador passa agora a descrever um número de yogas que neutralizam as várias yogas de Balarishta dadas no texto.
1: Se Júpiter, forte, ocupar o signo ascendente, não haverá morte prematura.
2: Se o regente do signo ascendente for forte e não for aspectado por planetas maléficos, mas for aspectado por planetas benéficos que ocupam os Kendras, a criança viverá por muito tempo.
3: Mesmo que a Lua ocupe a oitava casa, se ela estiver ao mesmo tempo, ocupando o Drekana de Júpiter, Mercúrio ou Vênus, não haverá morte prematura.
4: Se a Lua estiver cheia, se ela ocupar signos benéficos, estar entre os planetas benéficos e ser aspectada por Vênus, não haverá morte prematura.
5: Se Mercúrio, Vênus ou Júpiter forem fortes e ocuparem um Kendra, não haverá morte prematura, mesmo que ele seja acompanhado por um planeta maléfico.
6: Embora a Lua ocupe a 6ª casa, não haverá morte prematura se ela ocupar o Drekana de Júpiter, Vênus ou Mercúrio.
7: Se a Lua estiver cheia e entre planetas benéficos, não haverá morte prematura.
8: Se a Lua estiver cheia ou se o nascimento ocorrer durante o dia em que está a lua minguante, ou durante a noite em que está Lua Cheia, não haverá morte prematura mesmo que a Lua ocupe a 6ª ou a 8ª casa.
9: Se a Lua estiver cheia e for aspectada por Júpiter ocupando uma Kendra, não haverá morte prematura.
10: Se Júpiter, a Lua, Vênus e Mercúrio ocuparem as casas, os Navamshas ou os Drekanas, de planetas benéficos, não haverá morte prematura.
11: Se o regente da casa ocupada pelo Lua ou se um planeta benéfico ocupar uma Kendra, não haverá morte prematura.
12: Se os planetas maléficos ocuparem Vargas Saumyas [divisões benéficas], e forem aspectados por planetas benéficos, não haverá morte prematura.
13: Se Rahu ocupar a 3ª, 6ª ou 11ª casa e for aspectado por planetas benéficos, não haverá morte prematura.
14: Se todos os planetas ocuparem os signos de Sirodaya, não haverá morte prematura.
15: Se, no momento do nascimento, um planeta benéfico bem sucedido na luta planetária [conjunção] for aspectado por outro planeta benéfico, não haverá morte prematura.
16: Se a Lua cheia for aspectada por todos os planetas, não haverá morte prematura.



7. Ayurdaya ou a determinação da expectativa de vida

Capítulo 7, Shloka 1 - Segundo Maya, Yavanacharya, Manittha e Parashara, o número máximo de anos do Sol, da Lua e de outros planetas são, respectivamente, 19, 25, 15, 12, 15, 21 e 20 quando os planetas estão em seus níveis de exaltação.

2 - Se os planetas estiverem em seus graus de debilitação, seus anos serão metade dos declarados acima; se em qualquer outro lugar, os anos serão obtidos por proporção. O número de anos dado pelo Ascendente é o mesmo que o número de Navamshas do signo ascendente que podem ter subido acima do horizonte. Segundo alguns, o número de anos dados pelo Ascendente é o número de signos entre o primeiro ponto de Áries e o Ascendente. Novamente, se um planeta estiver em um signo inimigo, ele perde um terço de seu período; se ele for um planeta combusto, ele perde uma metade; mas nenhuma redução precisa ser feita no caso de Marte ocupando um signo inimigo, ou no caso de Saturno e Vênus serem planetas combustos.

3 - Se os planetas maléficos ocuparem a 12ª, 11ª, 10ª, 9ª, 8ª ou a 7ª casa a partir do signo ascendente, será feita uma redução na totalidade, metade, um terço, um quarto, um quinto e um sexto, respectivamente nos anos obtidos. Se os planetas que ocuparem as referidas casas forem benéficos, a redução será apenas metade do que foi declarado para cada um. Mas se vários planetas ocuparem um único signo, a redução será feita para o mais forte. Isso está de acordo com Satyacharya.

4 - Se um planeta maléfico ocupar o signo ascendente, então multiplique o número total de anos já obtidos pelo número de Navamshas entre o primeiro ponto de Áries e o Ascendente do Navamsha e divida o produto por 108. O quociente será o número de anos a serem subtraídos do total de anos já obtidos. Mas, se o planeta maléfico for aspectado por um benéfico, a quantidade de redução será apenas a metade do que foi dito acima.

5 - O comprimento máximo de vida do homem e do elefante é de 120 anos e 5 dias, o do cavalo é de 32 anos, o do asno e o do camelo é de 25 anos, o do búfalo e o boi é de 24 anos, o cachorro tem 12 anos, e o do bode e similares tem 16 anos.

6 - A duração da vida do nativo nascido quando o último Navamsha de Peixes está ascendendo, quando Mercúrio está a 25 minutos do signo de Touro e quando todos os outros planetas ocupam seus signos de exaltação, será de 120 anos e 5 dias.

7 - Este método de Pindayurdaya também foi tratado por Vishnugupta, Devaswami e Siddhasena. Rejeitando a idade de 8 anos, o período de Balarishta ou morte prematura, a principal falha neste Pindayurdaya é que, em nenhum caso, nos dá menos de 20 anos.

8 - Para a própria ioga à qual foi atribuída a duração máxima da vida, certos astrólogos atribuíram à vida de um rei. Há um erro evidente nisso. Outro erro é que as pessoas nascidas sob a ioga de um soberano são frequentemente encontradas vivendo longas e pobres vidas.

9 - Jeevasarma diz, por sua própria responsabilidade, que cada um dos planetas dá um sétimo do período da longevidade declarado acima. Satyacharya diz que cada planeta dá o tempo de vida que é indicado pelo Navamsha que ele ocupa. Isso parece ser aprovado por muitos especialistas em astrologia.

10 - De acordo com Satyacharya, converta o Sphuta ou a longitude do planeta em minutos; divida o número de minutos por 200; o quociente representará o número de Navamshas passados pelo planeta a partir do primeiro ponto de Áries. Dividir isso por 12 dará o número de Navamshas a partir do Navamsha de Áries e o número também é o número de anos e meses.

11 - Novamente, se algum planeta ocupa seu signo de exaltação ou é retrógrado em seu movimento, os anos designados a ele serão triplicados; e se o planeta estiver em seu Vargottama Navamsha ou Swakshetra ou Drekana, seus anos será duplicada. Isto é uma característica especial no Ayurdaya de Satyacharyar. Em outros aspectos, assemelham-se ao Pindayurdaya as várias reduções já referidas aplicam-se ao presente caso.

12 - De acordo com Satyacharya, os anos, meses, etc., para o Ascendente, o grau ascendente, são os mesmos que o número de Navamshas ascendidos [como no caso dos planetas]; mas se o signo ascendente for forte então, o número de signos ascendidos representa os anos, meses, etc. A redução conhecida como Krurodayaharana não se aplica ao método de Satyacharyar. No caso das outras reduções, os anos dados na primeira estrofe não deveriam ser empregados.

13 - No caso da Ayurdaya, o método de Satyacharya [conhecido como Amsayurdaya] é o melhor [dos três métodos de Ayurdaya]. Objeções são feitas a ele, de que os anos planetários têm que ser multiplicados várias vezes. Isto não é assim; quando qualquer período tiver que ser multiplicado por vários números, multiplique-a pela figura que apresenta os fatores mais fortes.

14 - A vida do nativo nascido quando o signo de Câncer está ascendendo, quando Júpiter e a Lua ocupam tal signo ascendente, quando Mercúrio e Vênus ocupam os Kendras e os outros planetas ocupam a 11ª, 6ª e 3ª casas não estão sujeitos a cálculos comuns, mas excede em muito o período máximo da existência humana normal.


8. Divisões Planetárias e Subdivisões da Vida conhecidos como Dashas e Antardashas

Capítulo 8, Shloka 1 – Determine primeiro qual dos três seguintes é mais forte o Signo Ascendente, o Sol ou a Lua. O período do mais forte vem em primeiro lugar. Em seguida, segue os períodos dos planetas que ocupam as casas Kendra, do signo ascendente, do Sol ou da Lua [do mais forte]. Então vêm os períodos dos planetas ocupando as casas Panaphara do mesmo; e finalmente vêm os períodos de planetas ocupando as casas de Apoklima. Se não houver planetas nas casas de Kendra, Panaphara ou Apoklima, então os períodos dos outros planetas vêm na ordem indicada.

2 – Os comprimentos dos vários períodos planetários conhecidos como Dashas são os mesmos dos planetas encontrados no último capítulo. Novamente, dos vários planetas que ocupam as casas de Kendra ou Panapbara ou Apoklima, o período Dasha do planeta mais forte vem primeiro e depois vem o do próximo planeta em poder e assim por diante; mas se os planetas forem de igual poder, o período Dasha do planeta cujo período é o mais longo vem primeiro; e se os planetas forem de igual poder e período, então, o período do planeta que ascender primeiro vem primeiro.

3 – O período do AntarDasha [subdivisão do período planetário] do planeta que ocupa a mesma casa que o Regente do Dasha, é a metade do período do AntarDasha de tal regente. Os períodos de AntarDasha dos planetas que ocupam as 5ª e 9ª casas do regente do Dasha são, cada um, um terço; os dos planetas que ocupam a 7ª casa do regente, cada um, um sétimo; e aqueles dos planetas, ocupando o quarto e, a oitava casas do regente, cada uma, um quarto do período do AntarDasha do Regente Dasha. Desta maneira Ascendente e planetas dão suas Dashas e AntarDashas.

4 – Todas as frações devem ter um denominador comum com numeradores diferentes. O período do Dasha deve ser dividido pela soma dos numeradores e o quociente, quando multiplicado pelos numeradores, dará os períodos das diversas AntarDashas.

5 – O período do Dasha do planeta mais forte que ocupa o grau de exaltação máxima de seu signo de exaltação, é conhecido como Sampurna. O período do dasha de um planeta fraco que ocupa o grau de debilitação máximo de seu signo de debilitação é conhecido como Rikta. O período dasha de um planeta que ocupa um Navamsha inimigo e também o grau de debilitação máximo de seu signo de debilitação é conhecido como Anishta.

6 – O dasha de um planeta que deixa o grau de exaltação e se move em direção ao signo de debilitação é conhecido como Avarohini enquanto está se movendo, se o planeta ocupa um Navamsha amigo ou de exaltação, seu dasha é conhecido como Madhyama. Novamente, o dasha de um planeta que deixa o grau de debilitação se move em direção ao seu signo de exaltação é conhecido como Arohini; enquanto estiver em movimento, se o planeta ocupar um Navamsha inimigo ou de debilitação, seu dasha é conhecido como Adhaina.

7 – O dasha de um planeta, que ocupa um Navamsha inimigo ou Navamsha de debilitação, quando em uma boa posição no Rasi é conhecido como Nisraphala. Os vários nomes das Dashas indicam sua natureza. Descreveremos [no decorrer deste capítulo] os efeitos das várias dashas planetárias.

8 – De acordo com o Drekana em ascensão é o primeiro, segundo ou terceiro, o Ascendente dasha é conhecido como Adhama, Madhyama ou Uttama se o signo ascendente for um signo comum; Uttama, Madhyama ou Adhama, se o signo ascendente for um signo móvel; e Adhama, Uttama ou Madhyama, se o signo ascendente for um sinal fixo.

9 – As dashas Naisargika [naturais] no caso de todas as criaturas são aquelas da Lua, Marte, Mercúrio, Vênus, Júpiter, o Sol e Saturno na ordem declarada, e seus períodos são respectivamente 1, 2, 9, 20, 18, 20 e 50 anos. Se o período de Nasargika Ascendente dasha e o período dasha planetário comum ocorrerem juntos, esse período será próspero. Segundo Yavaneswara, o ultimo período é o Naisargika Ascendente dasha e produz prosperidade. Isso é contestado por alguns.

10 – Se o regente do dasha ou um de seus planetas amigos ocupar o Ascendente, ou se o Ascendente cair em um Varga [divisão] do regente do dasha, ou se um planeta benéfico ocupar o Ascendente, ou se o regente do dasha ocupar a 3ª, 6ª, 10ª ou a 11ª casa do Ascendente, tal dasha será próspero.
Novamente, quando a Lua ocupa um signo amigo para o regente do dasha ou o signo de exaltação do regente do dasha ou o 3º, 6º, 10º, 11º, 5º, 9º ou 7º casa do signo ocupado pelo regente do dasha, ela trará prosperidade; caso contrário, ela produzirá miséria.

11 – Se, na época do início do Dasha de um planeta, a Lua ocupar o signo de Câncer, o nativo se tornará rico, viverá confortavelmente e será respeitado; se, na época, a Lua ocupar o signo de Áries ou Escorpião, sua esposa se tornará impura; se a Lua ocupar um signo de gêmeos ou Virgem, a pessoa se tornará sábia, conseguirá amigos e se tornará rica; se a Lua ocupar o signo de Leão, a pessoa trabalhará nas florestas, nas estradas e perto das casas; se a Lua ocupar o signo de Touro ou Libra, ele comerá refeições suntuosas; se ela ocupar o signo de Capricórnio ou Aquário, ele terá uma mulher má; e se a Lua ocupar o signo de Sagitário ou Peixes, a pessoa se tornará rica, feliz e respeitada.

12 – No dashado Sol, a pessoa adquirirá riqueza ao lidar com perfumes ou pregos, presas de elefantes e animais semelhantes, na pele de tigre e semelhantes, em ouro, por atos de crueldade, por meio de estradas pelo rei e pela batalha. Ele se tornará cruel, corajoso, perseverante, renomado e valoroso, terá problemas com sua esposa, filho, dinheiro, inimigo, armas, fogo ou o rei; e ele se tornará liberal em dons e viciado em atos pecaminosos; ele vai brigar com seus servos e vai ficar aflito com dor no peito e barriga e doenças semelhantes.

13 – No Dasha da Lua, a pessoa obterá benefícios ao lidar com ou por meio dos mantras, os brâmanes, as produções de cana-de-açúcar, leite, ghee e similares, tecidos, flores, brincadeiras, sementes de sésamo, e comida ; ele será de natureza paciente; ele respeitará os virtuosos Brahmins e os Devas; ele terá filhas e adquirirá um aumento de sabedoria, riqueza e renome.
A pessoa se entregará ao sono e à ociosidade, perderá sua sabedoria, riqueza e renome e brigará com homens fortes e com parentes. 14 – No Dasha de Marte, a pessoa vai adquirir riqueza, lutando com seus inimigos, através de seu irmão, o rei, terras, bens de lã e cabras. Ele odiará seus filhos, amigos, esposa e irmãos e não gostará de homens e pessoas instruídas de importância; ele sofrerá de doenças causadas por ou relacionadas com sede, sangue, febre, bile, perda de membros ou relações sexuais com outras mulheres. Ele irá se associar com os homens fazendo atos perversos; ele se tornará severo na fala e cruel.

15 – No Dasha de Mercúrio, a pessoa adquirirá riqueza fazendo de comunicações e através de amigos, preceptores e brâmanes. Seus louvores serão cantados por homens instruídos. Ele se tornará famoso e obterá metais e metais mistos, ouro, cavalos, terras, popularidade, conforto e facilidade. Ele será habilidoso na arte de ridicularizar os outros e servir sob outros homens. Ele obterá um aumento de sabedoria e realizará com sucesso as ações da virtude.
Ele sofrerá com palavras duras, sofrerá de pesar, aprisionamento, dor da mente e doenças decorrentes de uma afeição dos três dhatusvata [o ar], pitta [bile] e sleshma [fleuma].

16 – No Dasha de Júpiter, a pessoa adquirirá riqueza por atos de adoração, por seu aprendizado, engenho de bravura, aparência pessoal, fama militar, por atos de generosidade, mantras, diplomacia, o rei e os Vedas. Ele terá um aumento de ouro, cavalos, filhos, elefantes e panos, e adquirirá a amizade de bons reis.
Ele aprenderá coisas que requerem muita engenhosidade, sofrerá com os pés e dor no ouvido e brigará com homens perversos.

17 – No Dasha de Vênus, a pessoa apreciará a música doce, vários prazeres, perfumes, refeições suntuosas, álcool, panos finos, mulheres e pedras preciosas. Ele terá uma boa aparência, valor e gozará de toda substância que provoque paixão sexual. Erudito nos Shastras, obterá o objeto de seu desejo, adquirirá amigos, se tornará hábil no comércio e na agricultura e obterá tesouros e riqueza ocultos.
Ele vai brigar com multidões de pessoas, com o rei, caçadores e homens maus e ele sofrerá o sofrimento de seus próprios amigos.

18 – No Dasha de Saturno, a pessoa terá asnos, camelos, pássaros, búfalos e mulheres idosas, governará aldeias, aldeias ou vilas, e assim se tornará renomada e obterá grãos de qualidade inferior.
Ele sofrerá dificuldades de queixas fleumáticas e ventosas; do ciúme, raiva, distração da mente e hábitos sujos. Ele ficará ocioso, sofrerá de tristeza e ficará muito perturbado. Seus servos, filhos, filhas e esposa exercerão autoridade sobre ele e seus órgãos se tornarão defeituosos.

19 – Se o dasha for benéfico, os bons efeitos virão a acontecer; se for um maléfico, os maus efeitos vão acontecer. Se for de natureza mista, ambos os efeitos irão acontecer. Os efeitos para o Ascendente Dasha são os mesmos que os efeitos para o dasha do regente do signo ascendente.

NOTAS: Como já foi dito, o caráter, seja benéfico ou malefico de um dasha, deve ser determinado a partir dos nomes técnicos dados ao regente do período. Novamente, se, no momento do nascimento, qualquer um dos planetas ocupam as casas de Upachaya, sejam de discos brilhantes e de movimento retrógado ou estacionário, os efeitos serão bons em dasha. Mas, se os planetas ocupam as casas de Apachya, sofrem derrota em conjunção, são de aparência desagradável ou de pequenos discos, os efeitos serão ruins em seus dashas. Os planetas, que, na época do início de seus períodos de AntarDasha, estiverem sendo aspectados por planetas benéficos ou ocupar as divisões de Vargas [benéficos] ou Atimitra [muito amigáveis], são fortes e não causam a morte; se eles estiverem situados de outra forma, eles causarão a morte.

20 – Nos Dashas dos planetas benéficos, uma pessoa irá adquirir os vários metais atribuídos ao planeta, [vide Capítulo II] e nos Dashas dos planetas maléficos, ele irá perdê-los. Novamente, no Dasha de um planeta, a ocupação de uma pessoa será aquela mencionada para o planeta.
Os efeitos descritos para as 12 casas do ascendente, para os 12 signos, para os aspectos planetários e para todas as yogas, com exceção dos yogas de Nabhasa, ocorrerão no período do Dasha do planeta, que for mais forte entre os iogas.

21 – No Dasha de um planeta, a aparência da pessoa será aquela devida aos princípios elementares presididos pelo planeta e a cor será acompanhada por outras qualidades devido aos princípios elementares da terra, água, fogo e Akash e discerníveis por seus respectivos órgãos de sentido, isto é, o nariz, a língua, os olhos, o corpo e os ouvidos.

22 – Durante o dasha de um planeta auspicioso, a mente da pessoa será boa. Permite ao homem obter riqueza e assegurar a felicidade. O dasha também pode ser conhecido pela felicidade ou miséria a que o homem é submetido. Os resultados benéficos produzidos por planetas sem poder serão apreciados em sonhos e pensamentos.

23 – Se os efeitos de um planeta forem benéficos sob um yoga e maléfico em relação ao mesmo ponto sob outro yoga [a] nenhum dos efeitos ocorrerá; se duas ou mais yogas derem efeitos diferentes ao mesmo planeta, o primeiro terá efeito. Mas se, para dois planetas distintos, efeitos conflitantes tiverem sido atribuídos, ambos ocorrerão em seus respectivos dasha.

NOTAS: [a] Por exemplo, se sob um yoga, um planeta é declarado para trazer riqueza e sob outro para destruí-la.

NB: A divisão da vida em dashas, Como dada pelo autor, é dificilmente estudada pelos astrólogos indianos, evidentemente, pelas dificuldades que acompanham sua aplicação. Esses astrólogos, como classe, empregam uma divisão mais simples da vida em que é conhecido como Udu ou Nakshatra Dashas. De acordo com esse sistema, o período máximo da vida humana é dividido em 9 partes, presididas pelos sete planetas e por Rahu e Ketu, os dois nós da Lua. Eles regem na seguinte ordem e seus anos também são dados abaixo:

[1] O Sol, 6 anos.
[2] A Lua, 10 anos.
[3] Marte, 7 anos.
[4] Rahu, 18 anos.
[5] Júpiter, 16 anos.
[6] Saturno, 19 anos.
[7] Mercúrio, 17 anos.
[8] Ketu, 7 anos.
[9] Vênus, 20 anos.
O regente do dasha, no momento do nascimento, é determinado a partir do asterismo [Nakshatra] que a Lua ocupa no momento - os nove asterismos triangulares representam as nove dashas: se, portanto, no momento do nascimento, a Lua ocupa um dos asterismos triangulares de:
Krittika, U. Phalguni e U. Ashadha, o dasha será o do Sol.
Rohini, Hasta e Sravanao dasha será o da Lua.
Mrigasirsha, Chitra e Sravishtao dasha será o de Marte.
Ardra, Swati e Satabhishak o dasha será o de Rahu.
Punarvasu, Visakha e P. Bhadrapadao dasha será o de Júpiter.
Pushya, Anuradha e U. Bhadrapadao dasha será o deSaturno.
Aslesha, Jyeshta e Revatio dasha será o de Mercury.
Aswiui, Magha e Mulao dasha será o de Ketu.
Bharani, P. Phalguni e P. Ashadao dasha será o de Vênus.

Quanto do período de uma dasha em particular transcorreu e quanto permanece no momento do nascimento deve ser determinado a partir da porção do asterismo que a Lua passou e a porção restante na época. Isto pode ser aproximadamente calculado a partir do tempo que a Lua leva para ultrapassar a porção do asterismo - o tempo inteiro em que a Lua passa por um asterismo em particular [como dado no Calendário] representa o período completo de um dasha; por exemplo, suponha que a Lua leve 64 ghatikas e 42 vighatikas para passar pelo asterismo de Krittika, e suponha que no momento do nascimento, a Lua tenha passado por uma parte do asterismo coberto por 24 ghatikas e 16 vighatikas.
Obtido o número de anos restantes no momento do nascimento no período Dasha do Sol. Agora, o tempo em que a Lua irá passar pela parte restante do asterismo de Krittika = 64 gh. 42. vigh 24 gh. 16 vigh. = 40 gh. 26 vigh. Agora, 64 gh. e 42 vigh. Representam todo o período de 6 anos do Sol, portanto, o tempo requerido =(6 anos)/(64gh.42 vigh) x 40 gh .26gh =6/(64 x 60+42) x (40 x 60+26.)anos.
=6/3882 x 2426 anos= 7278/1941 anos=3 Savana anos,8 meses,29 dias,51 ghatikas,39 vighatikas=3 Soura anos,8 meses,14 dias,6 ghatikas,3 vighatikas.
Para isso deve ser adicionado na ordem indicada o dasha da Lua, Marte, Rahu, Etc., até chegarmos à idade atual da pessoa.
Mais uma vez, os nove. Períodos Dasha, cada dividido em 9 sub-divisões conhecidas como Antardashas - o regente do primeiro Antardasha sendo o regente do período Dasha, e aqueles dos Antardashas que seguem são os mesmos que os seu regentes dos Dashas que se seguem; de modo que, as Antardashas, do período Dasha de Júpiter, por exemplo, são os de Júpiter, Saturno e Mercúrio. Ketu. Vênus, o Sol, a Lua, Marte e Rahu. Os comprimentos dos períodos de Antardasha têm a mesma proporção entre si do que períodos dos períodos MahaDasha. Por exemplo, a duração do período Antardasha de Vênus no período Dasha de Júpiter. O período Dasha de Júpiter é de 16 anos, o de Vênus é de 20 anos, o de todos os planetas é de 120 anos; Portanto, o comprimento do período do antardasha requerido:
= (16 anos)/(120 anos) x 20 anos=8/3 de ano=2 Savana anos e 8 meses.= 2 Soura anos,7 meses,19 dias e 30 ghatikas.
Novamente, cada período antardasha é subdividido em 9 partes, na mesma proporção, conhecidas como períodos Sukshma.

9. Ashtakavargas

Capítulo 9, Shloka 1 – Os lugares benéficos do Sol são as casas 1, 2, 4, 7, 8, 9, 10 e 11 a partir de si mesmo; as mesmas casas a partir de Marte e Saturno; as casas 6, 7 e 12 de Vênus; 5ª, 6ª, 9ª e 11ª casas de Júpiter; as casas 3ª, 6ª, 10ª e 11ª da Lua; as casas 3ª, 5ª, 6ª, 9ª, 10ª, 11ª e 12ª de Mercúrio, e as casas 3ª, 4ª, 6ª, 10ª, 11ª e 12ª do Ascendente.

2 – Os lugares benéficos da Lua são as casas 3, 6, 10 e 11 do Ascendente; as casas 2ª, 3ª, 5ª, 6ª, 9ª, 10ª e 11ª de Marte; as casas 1, 3, 6, 7, 10 e 11 de si mesma [Lua]; as casas 3ª, 6ª, 7ª, 8ª, 10ª e 11ª do Sol; as casas 3ª, 5ª, 6ª e 11ª de Saturno; as casas 1, 3, 4, 5, 7, 8, 10 e 11 de Mercúrio; as casas 1, 4, 7, 8, 10, 11 e 12, de Júpiter, e as casas 3, 4, 5, 7, 9, 10 e 11 de Vênus.

3 – Os lugares benéficos de Marte são as casas 3ª, 5ª, 6ª, 10ª e 11ª do Sol; as casas 1, 3, 6, 10 e 11 de Ascendente; as casas 3ª, 6ª e 11ª da Lua; o primeiro, segundo, quarto, sétimo, oitavo, décimo e décimo primeiro casas de si mesmo [Marte]; as casas 1, 4, 7, 8, 9, 10 e 11 de Saturno; a 3ª, 5ª, 6ª e 1ª casas de Mercúrio; as casas 6, 8, 11 e 12 de Vênus; e as casas 6, 10, 11 e 12 de Júpiter.

4 – Os lugares benéficos de Mercúrio são as casas 1, 2, 3, 4, 5, 8, 9 e 11 de Vênus; as casas 1, 2, 4, 7, 8, 9, 10 e 11 de Saturno e Marte; as casas 6, 8, 11 e 12 de Júpiter; as casas 5, 6, 9, 11 e 12 do Sol; a 1ª, 3ª, 5ª, 6ª, 9ª, 10ª, 11ª e 12ª casas de si mesmo; as casas 2, 4, 6, 8, 10 e 11 da Lua; e as casas 1, 2, 4, 6, 8, 10 e 11 de Ascendente.

5 – Os lugares benéficos de Júpiter são as casas 1, 2, 4, 7, 8, 10 e 11 de Marte; as casas 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 7ª, 8ª, 10ª e 11ª de si mesmo; as casas 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª e 11ª do Sol; as casas 2, 5, 6, 9, 10 e 11 de Vênus; as casas 2, 5, 7, 9 e 11 da Lua; a 3ª, 5ª, 6ª e 12ª casas de Saturno; as casas 1, 2, 4, 5, 6, 9, 10 e 11 de Mercúrio; e as casas 1, 2, 4, 5, 6, 7, 9, 10 e 11 de Ascendente.

6 – O lugar benéfico de Vênus são as casas 1, 2, 3, 4, 5, 8, 9 e 11 do Ascendente; as casas 1, 2, 3, 4, 5, 8, 9, 11 e 12 da Lua; as casas 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 8ª, 9ª, 10ª e 11ª de si mesmo; as casas 3, 4, 5, 8, 9, 10 e 11 de Saturno; as casas 8, 11 e 12 do Sol; as casas 5, 8, 9, 10 e 11 de Júpiter; a 3ª, 5ª, 6ª, 9ª e 11ª casas de Mercúrio; e a 3ª, 5ª, 6ª, 9ª, 11ª e 12ª casas de Marte.

7 – Os lugares benéficos de Saturno são as casas 3ª, 5ª, 6ª e 11ª de si mesmo; a 3ª, 5ª, 6ª, 10ª, 11ª e 12ª casas de Marte; as casas 1, 2, 4, 7, 8, 10 e 11 do Sol; as casas 1, 3, 4, 6, 10 e 11 de Ascendente; as casas 6, 8, 9, 10, 11 e 12 de Mercúrio; as casas 3, 6 e 11 da Lua; as casas 6, 11 e 12 de Vênus; e as casas 5, 6, 11 e 12 de Júpiter.

8 – Assim foram descritos os lugares benéficos dos planetas; os outros lugares são maléficos [Por exemplo, as casas 3ª, 5ª, 6ª e 12ª de si são lugares maléficos para o sol. As casas 1, 2, 4, 5, 7, 8, 9 e 12 de Ascendente são lugares maléficos para a Lua e assim por diante]. Um lugar produzirá efeitos benéficos ou maléficos se for mais benéfico para o planeta do que maléfico ou vice-versa.
Esses são todos com referência aos lugares ocupados pelos planetas no momento do nascimento. Os planetas enquanto atravessam as casas upachaya ou suas próprias casas ou seus signos amigos ou de exaltação, produzem efeitos benéficos plenamente se tais casas ou signos forem mais benéficos para os planetas do que maléficos; e planetas que estiverem em casas Apachaya ou que forem seus signos inimigos ou de debilitação, produzem efeitos maléficos se tais casas ou signos forem mais maléficos para os planetas do que benéficos.

Notas: Na preparação de tabelas de Ashtakavarga, é comum marcar os lugares benéficos com pontos e os lugares maléficos com linhas. Colocaremos a tabela Ashtakavarga para Marte no seguinte Mapa:

Marque os lugares benéficos de Marte com pontos e os lugares maléficos com linhas. O resultado será encontrado da seguinte forma:

A tabela significa que, enquanto Marte se move, através do signo de Aries, por exemplo, os efeitos benéficos serão 3/8 e os efeitos maléficos serão 5/8. Em outras palavras, ele produz efeitos maléficos na extensão de 5/8 - 3/8 ou 2/8 de seu poder. Comentários semelhantes aplicam-se aos outros lugares.


10. Vocação

Capítulo 10, Shloka 1 – Uma pessoa obtém riqueza de seu pai, mãe, inimigo, amigo, irmão, esposa ou servo de acordo com o planeta que ocupa a 10ª casa do Ascendente ou da Lua; é o Sol, ou a Lua, ou Marte ou Mercúrio, ou Júpiter ou Vênus ou Saturno respectivamente [a]. A vocação de uma pessoa será aquela declarada para o planeta que for o regente do Navamsha ocupado pelo regente da 10ª casa do Ascendente, da Lua e do Sol [b].

NOTAS: [a] Ele obterá riqueza da maneira declarada no Texto no período do Dasha do planeta, de acordo com Garga. Se a 10ª casa do ascendente e a 10ª casa da Lua forem ambas ocupadas por planetas diferentes, a pessoa adquirirá riqueza de ambas as fontes; e se vários planetas ocuparem a 10ª casa haverá várias fontes de riqueza.
[b] Suponha que o signo de Câncer é o Ascendente; a 10ª casa de Câncer é Áries; o regente de Áries é Marte; suponha que Marte ocupe o Navamsha de Sagitário; o regente de Sagitário é Júpiter e a vocação declarada para Júpiter, será a ocupação de uma pessoa no Dasha de Júpiter, segundo Garga.


2 – Se o regente da Navamsha [do regente da 10ª do Ascendente, da Lua e do Sol] for o Sol, a pessoa obterá riqueza ao lidar com perfumes, ouro, tecido de lã, remédios e tratamento médico. Se o regente for a Lua, ele obterá riqueza cultivando terras, lidando com as produções de água [com pérolas, corais e conchas] e através de mulheres. Se ele for Marte, a pessoa obterá riqueza lidando com metais ou minerais, armas de fogo e também adquirindo riqueza por atos de ousadia; se ele for Mercúrio, a pessoa será um escritor, um contador e similares e também adquirirá riqueza por vários trabalhos manuais.

3 – Se o regente do Navamsha for Júpiter, a pessoa obterá riqueza através de Brahmins, Devas ou homens instruídos, através das minas [a palavra no texto é Akara, que inclui minas de ouro e prata, lugares onde o sal é produzido ou onde os elefantes são encontrados], similares e através de atos de virtude [Tais como ritos de sacrifício, presentes, atos de caridade, jejum, peregrinação, serviço sob Guru ou preceptor]; se ele for Vênus, a pessoa obterá riqueza ao lidar com gemas, prata e outros metais, em vacas e búfalos; e se o regente for Saturno, a pessoa obterá riqueza por meio de trabalho árduo por atos de tortura, carregando fardos e baixas ações inadequadas a seu posto. Assim, as pessoas adquirem riqueza por vocação declarada pelos regentes do Navamsha ocupado pelos regentes da 10ª casa [do Ascendente, da Lua e do Sol] durante os períodos de Antardasha de tais regentes.

4 – Se o planeta formador do ioga [regente da 10ª do Ascendente, da Lua e do Sol e regente dos Navamshas dos mesmos] ocupar um signo amigo, a pessoa adquirirá riqueza [no período do Antardasha de tal planeta] através de um amigo. Se o planeta formador do ioga ocupar um signo inimigo, a pessoa obterá riqueza através de seu inimigo; e se o planeta ocupar sua própria casa, a pessoa obterá riqueza por meio de imóveis ou de sua casa. Se, quando o Sol for o planeta formador yoga, ocupar seu signo de exaltação, a pessoa adquirirá riqueza por seus próprios poderes. Se [no momento do nascimento] planetas benéficos fortes ocupam a 11ª casa, do Ascendente ou a 2ª casa, a pessoa adquirirá riqueza de varias formas [em outras palavras, ele prosperará bem, seja qual for a vocação que ele escolha seguir].


11. Raja Yoga ou o Nascimento dos Reis

Capítulo 11, Shloka 1 – De acordo com os Yavanas, O nativo nascido quando três ou mais planetas maléficos estão em suas exaltações torna-se um rei tirânico [a]. De acordo com Jeevasanna, se tais planetas forem maléficos, uma pessoa nunca se tornará um rei [b].

NOTAS: [a] Se três ou mais planetas ocupando sua exaltação sejam benéficos, a pessoa se torna um bom rei; se tanto benéfico quanto maléfico, ele se tornará um rei bom e mau. Nessa visão, Manittha concorda.
[b] De acordo com Jeevasanna, tal pessoa se tornará rica, brava e afeiçoada a brigas, mas não a um rei. Varaha Mihira é da opinião dos Yavanas. Pois, ele diz em seu Swalpa Jataka que se 3 ou mais planetas ocupam seus signos de exaltação, uma pessoa se torna um rei se ele é nascido na família de um rei; e se 5 ou mais planetas ocuparem sua exaltação, ele se tornará um rei em qualquer família que ele possa ter nascido. A mesma observação se aplica aos planetas que ocupam os signos Trikona ou Moola Trikona.


2 – Se Marte, Saturno, Sol e Júpiter ou quaisquer três deles forem exaltados e um destes três ocupar o Ascendente, 16 raja yogas surgem. Se Lua estiver em sua própria casa, e quaisquer dois dos planetas acima estiverem em exaltação, com um deles no nascimento, ou se algum dos planetas acima mencionados estiver em exaltação ocupando o Ascendente, eles produzirão 16 raja yogas.

NOTAS: 32 Raja yogas são mencionados nesta estrofe. Uma pessoa nascido sob qualquer um deles se torna um rei: suponha, todos os 4 planetas Marte, Saturno, o Sol e Júpiter ocupam seus signos de exaltação ao mesmo tempo; se qualquer um desses signos for o ascendente, o número de Raja yogas obtido é 4. Novamente, dos mesmos 4 planetas, existem 4 grupos, cada um dos três planetas: assim [1] Marte, Saturno e o Sol, [2] Marte, Saturno e Júpiter; [3], Marte, o Sol e Júpiter; [4], Saturno, o Sol e Júpiter. No caso de cada grupo, se todos os três planetas ocupando seus signos de exaltação e se cada um desses signos sendo o signo ascendente, o número de Raja yogas obtido é 3; havendo 4 desses grupos, o número de Raja-yogas obtidos de todos eles é 4 x 3 ou 12. Somando isso aos 4 yogas já obtidos, obtemos os primeiros 16 yogas mencionados no texto.
Novamente, dos mesmos 4 planetas, existem 6 grupos, cada um dos 2 planetas, como segue: [1] Marte e Saturno, [2] Marte e o Sol, [3] Marte e Júpiter, [4] Saturno e o Sol, [ 5] Saturno e Júpiter e [6] o Sol e Júpiter. No caso de cada grupo, para ambos os planetas ocupando seus signos de exaltação e para cada um desses signos sendo o signo ascendente, o número de Raja-yogas obtidos é 2. Existem 6 desses grupos, o número de yogas obtidos de todos eles são 6x2 ou 12. Em cada um destes 12 casos, a Lua ocupa signo Câncer. Novamente, dos mesmos 4 planetas, por estarem em seus sinais de exaltação, enquanto tal signo é também o signo ascendente, o número de Raja-yogas obtido é 4. Em cada um destes 4 casos, a Lua ocupa signo de Câncer. Somando estes 4 yogas às 12 iogas já obtidas, obtemos as 16 primeiras iogas mencionadas no texto.


3 – Se o Ascendente ou lua ocupa vargottama e tem os aspectos de quatro ou mais planetas, exceto Lua, 22 raja yogas são geradas.

NOTAS: 44 Raja-yogas são descritas nesta estrofe.
Os seis planetas são o Sol, Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus e Saturno. Destes, existem 15 grupos cada um dos 4 planetas da seguinte forma:

[1] O Sol, Marte, Mercúrio, Júpiter.
[2] O Sol, Marte, Mercúrio, Vênus.
[3] O Sol, Marte, Mercúrio, Saturno.
[4] O Sol, Marte, Júpiter, Vênus.
[5] O Sol, Marte, Júpiter, Saturno.
[6] O Sol, Marte, Vênus, Saturno.
[7] O Sol, Mercúrio, Júpiter, Vênus.
[8] O Sol, Mercúrio, Júpiter, Saturno.
[9] O Sol, Mercúrio, Vênus, Saturno.
[10] O Sol, Júpiter, Vênus, Saturno.
[11] Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus.
[12] Marte, Mercúrio, Júpiter, Saturno.
[13] Marte, Mercúrio, Vênus, Saturno.
[14] Marte, Júpiter, Vênus, Saturno.
[15] Mercury, Júpiter, Vênus, Saturno.

Novamente, dos mesmos 6 planetas, existem seis grupos, cada um dos cinco planetas, como segue:

[1] O Sol, Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus.
[2] O Sol, Marte, Mercúrio, Júpiter, Saturno.
[3] O Sol, Marte, Mercúrio, Vênus, Saturno.
[4] O Sol, Marte, Júpiter, Vênus, Saturno.
[5] O Sol, Mercúrio, Júpiter, Vênus, Saturno.
[6] Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus, Saturno.

Todos os 6 planetas se formam novamente em um grupo.
Assim, existem 22 grupos. Para os planetas de cada grupo que aspectam o signo ascendente em sua posição Vargottama, o número de yogas obtidas é de 22; e por seu aspecto na Lua em sua posição Vargottama, o número de yogas obtidos é novamente 22. De acordo com andavya, para cada um dos 12 signos a partir de Áries sendo o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no caso de cada yoga, o número de yogas obtido é de 44 x 12 ou 528.


4 – Quando Saturno ocupa o signo de Aquário, o sol Áries, a Lua Touro, Mercúrio Gêmeos, Júpiter Leão e Marte Escorpião, a pessoa se torna rei quando o signo ascendente é Aquário ou quando é Áries ou quando é Touro.
Novamente, quando Saturno ocupa signo de Libra, a Lua Touro, o Sol e Mercúrio Virgem, Vênus Libra, Marte Áries e Júpiter Câncer, a pessoa nascida se torna um rei quando o signo ascendente é Libra ou quando é Touro.

5 – Quando Marte ocupa o signo de Capricórnio, o Sol e a Lua Sagitário, Saturno Capricórnio e quando o signo ascendente é também Capricórnio, a pessoa torna-se um rei.
Novamente, quando o signo ascendente é Capricórnio e quando Marte e a Lua o ocupam, e quando o Sol ocupa o signo de Sagitário, a pessoa torna-se um rei.
Mais uma vez, quando Áries é o signo ascendente e quando, o Sol ocupa-o, quando Saturno e a Lua ocupam o signo de Libra e Júpiter ocupa o signo de Sagitário, a pessoa torna-se um rei.

6 – Quando o signo ascendente é Touro e a Lua o ocupa, quando o Sol ocupa o signo de Leão, Júpiter Escorpião e Saturno Aquário, a pessoa torna-se um rei.
Novamente, quando o signo ascendente é Capricórnio, e quando Saturno o ocupa, e quando a Lua ocupa a 3ª casa, Marte a 6ª casa, Mercúrio a 9ª casa, e Júpiter a 12ª casa, a pessoa torna-se um rei virtuoso e famoso.

7 – Quando a Lua e Júpiter ocupam o signo de Sagitário, e quando Marte ocupa o signo de Capricórnio, a pessoa torna-se rei quando Peixes é o signo ascendente e Vênus o ocupa, ou quando Virgem está Ascendendo e Mercúrio o ocupa.
Novamente, quando o signo ascendente é Virgem e quando Mercúrio o ocupa, quando Marte e Saturno ocupam a 5ª casa, quando a Lua, Júpiter e Vênus ocupam a 4ª casa, a pessoa torna-se um rei.

8 – Quando Peixes é o signo ascendente e a Lua o ocupa, e quando Aquário, Capricórnio e Leão são respectivamente ocupados por Saturno, Marte e o Sol, a pessoa torna-se um rei.
Novamente, quando Marte ocupa o signo de Áries e Júpiter, Câncer, a pessoa torna-se um rei quando Áries é o signo ascendente, ou quando Câncer é o signo ascendente.

9 – Quando Câncer é o signo ascendente e Júpiter o ocupa, e quando a Lua, Vênus e Mercúrio ocupam o signo de Touro e o Sol Áries, a pessoa torna-se um rei forte.

10 – Quando Capricórnio é o signo ascendente e Saturno o ocupa, quando os signos de Áries, Câncer e Leão são ocupados por seus regentes e quando Gêmeos e Libra são ocupados respectivamente por Mercúrio e Vênus, a pessoa torna-se um rei famoso.

11 – Quando Virgem é o signo ascendente e Mercúrio o ocupa, quando Vênus ocupa Gêmeos, a Lua e Júpiter ocupam o signo de Peixes, e Marte e Saturno ocupam o signo de Capricórnio, a pessoa torna-se um rei.

12 – As pessoas nascidas sob os vários yogas descritos acima [foram descritos 96 Raja yogas no total], embora possam nascer em famílias baixas, se tornarão reis. Se essas pessoas nascem na família de um rei, elas sem dúvida se tornarão reis. Vamos agora descrever algumas iogas, de pessoas as quais se tornarão reis se pertencerem à família de um rei e se tornarem ricas, se nasceram de outra forma.

13 – Quando três ou mais planetas são fortes e ocupam seus signos de exaltação ou seus Moolatrikonas, a pessoa torna-se um rei se ele pertence à família de um rei.
Novamente, quando cinco ou mais planetas são fortes e ocupam seus signos de exaltação ou seus signos de Moolatrikona, O nativo nascidose torna um rei, mesmo que ele tenha nascido em família baixa. Se, em ambos os casos, o número de planetas fortes for menor que três "ou cinco", as pessoas descritas acima não se tornarão reis, mas se tornarão apenas ricas.

NOTAS: Se os 3 ou 5 planetas não forem todos fortes, a pessoa não se tornará um rei. Novamente, não é necessário que todos os planetas ocupem seus signos de exaltação ou Moolatrikona. Será suficiente se alguns estiverem nos signos de exaltação e alguns nos signos de Moolatrikona.

14 – Quando Áries é o signo ascendente e o Sol e a Lua o ocupam, quando Marte ocupa o signo de Capricórnio, Saturno Aquário e Júpiter Sagitário, a pessoa torna-se um rei se ele pertence à família de um rei [E se tornará apenas rico, se de outra forma].

15 – Quando Vênus ocupa a 4ª casa, e quando tal casa é sua, quando a Lua ocupa a 9ª casa, e quando os outros planetas ocupam a 3ª, a 1ª e a 11ª casas, a pessoa torna-se um rei se ele pertencer a família real.

NOTAS: E somente rico, caso contrário. Como se diz que Vênus está em sua Swakshetra, ele pode estar em signo de Touro ou em signo de Libra. O Ascendente deve, portanto, ser signo de Aquário ou significar Câncer, respectivamente. Como se diz que a Lua está na 9ª casa, ele ocupa o signo de Libra no primeiro caso e Peixes no segundo, e como os outros planetas ocupam as casas 3, 1 e 11 de Ascendente, estas casas são os signos de Áries. , Aquário e Sagitário no primeiro caso e Virgem, Câncer e Touro no outro. Assim, dois yogas são referidos nesta estrofe.

16 – Quando Mercúrio é forte e ocupa o signo ascendente [este pode ser qualquer um dos 12 signos], quando um forte planeta benéfico [isto é, Júpiter ou Vênus] ocupa a 9ª casa [a 4ª casa, de acordo com uma leitura diferente.] e quando os outros planetas ocupam a 9ª, 2ª, 3ª, 6ª e 10ª casas a pessoa torna-se um rei virtuoso se ela pertencerá a família de um rei.

17 – Quando Touro é o signo ascendente e a Lua o ocupa, quando Júpiter ocupa a 2ª casa, Saturno 6ª casa e os outros planetas a 11ª casa, a pessoa torna-se um rei se ele pertence à família de um rei [torna-se rico, se não pertencer] .
Novamente, quando Júpiter ocupa a 4ª casa, o Sol e a Lua ocupam a 10ª casa, quando Saturno ocupa o Ascendente [este pode ser qualquer um dos 12 signos de acordo ao comentarista] e quando os outros planetas ocupam a 11ª casa, a pessoa torna-se um rei se ele nascer em uma família real [torna-se rico, se não pertencer].

18 – Quando a Lua ocupa a 10ª casa, Saturno a 11ª casa, Júpiter o signo ascendente, Mercúrio e Marte a 2ª casa, e o Sol e Vênus ocupam a 4ª casa, a pessoa torna-se um rei se ele pertencer a família do rei [torna-se rico, se não pertencer].
Novamente, quando Marte e Saturno ocupam o signo ascendente, quando a Lua ocupa a 4ª casa, Júpiter a 7ª casa, Vênus a 9ª casa, o Sol a 10ª casa, e Mercúrio a 11ª casa, a pessoa torna-se um rei se ele pertencer a família do rei [torna-se rico, se não pertencer].

19 – Dos planetas que produzem um Raja yoga nos períodos de Dasha [ou Antardasha] daqueles que ocupam a 10ª casa ou o Ascendente [Se houver planetas tanto no Ascendente como na 10ª casa ou se houver vários planetas em ambos, então no período de Antardasha dos mais fortes deles.] ou no planeta mais forte [caso o ascendente e a 10ª estiverem sem ocupação] a pessoa obtém o reino e ele perde e corteja a amizade de outro rei nos períodos Dasha [ou Antardasha] dos planetas que ocupam signos inimigos ou de debilitação [Se tais planetas forem fortes, o rei perderá seu reino permanentemente, e se eles não forem fortes, ele os recuperará com a ajuda de seus aliados].

20 – Quando Júpiter, Vênus e Mercúrio ocupam o signo ascendente, [o ascendente deve ser Áries segundo o comentarista] quando Saturno ocupa a 7ª casa e o Sol a 10ª casa, a pessoa viverá em grande conforto e luxo [mesmo não tendo posses].
Novamente, quando os Quando fortes planetas benéficos ocupam os Kendras [1, 4, 7,10] e maléficos ocupam signos maléficos, a pessoa nascida se torna rica e chefe dos caçadores ou ladrões.

NOTAS: A interpretação dada a esta parte do texto é contestada por alguns no fato de que quando Vênus e Mercúrio [os planetas inferiores] ocupam o signo ascendente, o Sol não pode ocupar a 10ª casa em um lugar a mais de 60 graus afastado deles. Pois, os maiores alongamentos dos dois planetas do Sol são, respectivamente, 47 e 29 graus. Assim, a seguinte interpretação é proposta:
"Se o signo ascendente é a casa de Júpiter, Vênus ou Mercúrio."
Hhatta Utpala, o Comentador, embora confirme a validade da objeção, diz que a interpretação objetada tem o apoio de Garga, a quem ele cita. Uma observação semelhante aplica-se ao Vajra e a outros yogas descritos na Shloka 5 do próximo Capítulo e na estrofe 6 do Mesmo. Varaha Mihira, embora admitindo a impossibilidade do yoga, diz que sua tarefa é simplesmente declarar os pontos de vista dos escritores antigos e nada mais.


12. Nabhasa Yogas

Capítulo 12, Shloka 1 – Nove, dez e oito, multiplicados respectivamente por três, três e quatro, dão as somas dos números dos dois primeiros, dos três primeiros e de todos os quatro grupos de Nabhasa yogas [a]. Os Yavanas tratam extensivamente de mil e oitocentas dessas iogas [De acordo com Suchidhwaja, o número de yogas de Nabhasa é ilimitado, embora os Yavanas falem de 1.800 deles.]. Vamos resumir aqui [b].

NOTAS: [a] Curiosamente, o Autor adota um método bastante tortuoso de declarar os números dos vários grupos de Nabhasa yogas. Em outras palavras, o que o Autor quer dizer é resumidamente que os Nabhasa yogas consistem de 4 grupos como segue: Akogas yogas 20; Sankhya yogas 7; Asraya yogas 3; e Dala um yogas 2.
[b] O Autor diz que seus 20 yogas Akriti e sete sikahya yogas contêm os 1800 yogas dos Yavanas e que ele fala apenas de 32 yogas, porque seus efeitos são os mesmos que os efeitos dos 1800 yogas.


2 – De acordo com Satyachariyar, se todos os planetas ocupam os signos móveis, fixos ou duais, os yogas são respectivamente conhecidos como Rajju, Musala e Nala e estes três formam o grupo dos yogas de Asraya. Novamente, de acordo com Parasara, se os planetas benéficos ocupam os Kendras [1, 4, 7, 10], o yoga é conhecido como Srik ou Mala; e se planetas maléficos, ocupam os Kendras [1, 4, 7, 10], o yoga é conhecido como Sarpa. Estes dois formam o grupo de yogas de Dala.

3 – Outros astrólogos dizem que os yogas de Asraya são idênticos aos Yava, Abja, Vajra, Andaja, Gola e semelhantes yogas e que quando os efeitos dos planetas que ocupam os Kendras são descritos, os efeitos de Dala Yogas também são descritos e não produzem efeitos separados.

4 – Se todos os planetas ocuparem dois Kendras adjacentes, o yoga é conhecido como Gada . Se todos eles ocupam o ascendente e a 7ª casa, o yoga é conhecido como Sakata. Se todos os planetas ocupam a 4ª e a 10ª casas, o yoga é conhecido como Vihaga [Andaja] Se todos os planetas ocupam o ascendente, a 5ª e a 9ª casas, o yoga é conhecido como Sringataka e se todos os planetas ocupam outras casas triangulares, o yoga é kaown como Hala.

5 – Se os planetas benéficos ocupam o ascendente e a 7ª casa enquanto os planetas maléficos ocupam a 4ª e a 10ª casas, o Yoga é conhecido como Vajra; e se o inverso for o caso [a] o yoga é conhecido como o Yava. Novamente, se todos os planetas ocupam os quatro Kendras, o yoga é conhecido como Kamala [Abja] e se eles ocuparem as quatro casas Panaphara [b] ou as quatro Apoklima [c], o yoga é conhecido como Vapi.

6 – Eu descrevi o Vajra e outros [Ou seja, o yoga yava e as yogas mencionadas no início da estrofe 20, do capítulo sobre Raja-yoga.] yogas adotando a visão de escritores anteriores [Maya, Yavaiia, Garga e outros]. Como pode Mercúrio e Vênus ocupar o quarto signo [de ambos os lados: essa é a quarta ou décima casa do sol] do Sol .

NOTAS: De acordo com Brahma Sree Sundareswara Srauti de Tiruvadi, as Yogas Vajra e Yava se referem às posições dos planetas no Bhava Chakra e não às suas posições em seu Rasi Chakra, como supostamente Varaha Mihira. Ele é, portanto, de opinião que Garga e outros escritores não erraram ao tratar esses yogas como possíveis. Isso, vamos agora explicar:
Varaha Mihira diz "Como pode Mercúrio e Vênus ocupar o quarto sinal do Sol". A palavra usada no texto é Bhavana, que significa um signo do Zodíaco [vide Shloka 4, Capítulo I]. Se as yogas Vajra e Yava se referem às posições dos planetas no Rasi Chakra, então, Varaha Mihira está certo em declarar que os antigos escritores erraram; mas não é assim se as yogas se referem às posições dos planetas no Bhava Chakra. De fato, em todas as yogas onde as posições dos planetas são declaradas com referência a Bhavas particulares ou casas do ascendente, elas se referem à Bhava Chakra. Como é um pouco entediante construir essa tabela de Chakras, a maioria dos astrólogos a confunde com o outro Chakra e aplica erroneamente todas as yogas ao Rasi Chakra. Esta é uma das fontes frutíferas de erro nas previsões astrológicas.


7 – Se todos os planetas ocupam os quatro signos do ascendente [ou seja, a 1ª a 2º, 3º e 4º casas], o yoga é conhecido como Yupa; se eles ocuparem os quatro signos da quarta casa [ou seja, a 4ª, 5ª, 6ª e 7ª casas], o yoga é conhecido como Ishu ou Bana; se eles ocuparem os quatro signos da sétima casa [ou seja, a 7ª, 8ª, 9ª e 10ª casas], o yoga é conhecido como Sakti; e se eles ocuparem os quatro signos da décima casa [ou seja, a 10ª, 11ª e 12ª casas e o ascendente], o yoga é conhecido como Danda.

8 – Se, como antes, todos os planetas ocupam os sete signos do ascendente [ou seja, a 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª casas], o yoga é conhecido como Nau; se eles ocuparem os sete signos da quarta casa [Isto é, da 4ª à 10ª casa], o yoga é conhecido como Kuta; se eles ocuparem os sete signos da sétima casa [Isto é, da sétima à décima segunda casa e do ascendente], o yoga é conhecido como Chhatra; e se eles ocuparem os sete signos da décima casa [Isso é da 10ª à 12ª casa e do ascendente para a 4ª casa], o yoga é conhecido como Chapa.
Novamente, se todos os planetas ocuparem as sete casas a partir de uma casa Panaphara ou Apoklima, o yoga é conhecido como Ardha-Chandra.

NOTA: Como existem 4 casas Panaphara e 4 Apoklima, as yogas de Ardha-Chandra são de 8 tipos: todos os planetas podem ocupar [1] da 2ª a 8ª casa; [2] da 3ª a 9ª casa; [3] da 5ª à 11ª casa; [4] da 6ª a 12ª casa; [5] da 8ª para a 2ª casa; [6] da 9ª à 3ª casa; [7] da 11ª à 5ª casa; e [8] da 12ª à 6ª casa.

9 – Se os planetas [todos os sete planetas] ocupam os seis signos alternados a partir da segunda casa [Ou seja, a 2ª, 4ª, 6ª, 8ª, 10ª e 12ª casas], o yoga é conhecido como Samudra, e se eles ocupam os seis signos alternados a partir do ascendente [Ou seja, a 1ª, 3ª, 5ª, 7ª, 9ª e 11ª casas], o yoga é conhecido como Chakra. Assim, os yogas Akrita foram descritos brevemente.

10 – Se todos os planetas ocuparem sete signos, o yoga é conhecido como Vallaki; se eles ocupam seis signos, o yoga é conhecido como Damini; se eles ocupam cinco signos, é conhecido como Pasa; se houver quatro signos ocupados, é conhecido como Kedara; se houver três signos, é conhecido como Sula; se houver dois signos, é conhecido como Yuga; e se eles ocupam um único signo, o yoga é conhecido como Gola. Quando qualquer um desses yogas de Sankhya for ao mesmo tempo qualquer outro Nabbasa yoga, eles devem ser tratados como pertencentes à última classe [a].

NOTAS: [a] Por exemplo, os yogas de Gada, Sakata e Vihaga descritos em Shloka 4 devem ser tratados apenas Como tal e não como yogas yuga descritos nesta estrofe; os Stringataka e Hala yogas descritos em Shloka 4 devem ser tratados apenas como tal e não como Sula yogas descritos nesta estrofe. Novamente, os yogas Vajra, Yava, Kamala e Vapi descritos em Shloka 5, bem como os yogas Yupa, Ishu, Sakti e Danda descritos em Shloka 7 não devem ser confundidos com os yogas Kedara descritos nesta estrofe. E assim por diante.

11 – O nativo nascido sob um yoga Rajju terá ciúmes da riqueza dos outros, seguirá para terras estrangeiras e gostará de viajar; O nativo nascido sob uma Musala yoga será respeitável, rica e se envolverá em vários empreendimentos; e O nativo nascido sob um Nala Yoga será de órgãos defeituosos, visões estabelecidas, ricas e habilidosas no trabalho [de acordo com satyacharyar]. Novamente, O nativo nascido sob um Srik yoga viverá em conforto e luxo, e um nascido sob um Sarpa yoga será infeliz de muitas maneiras [de acordo com Garga].

12 – Se os yogas Asraya participarem ao mesmo tempo do caráter de outros yogas, eles devem ser tratados como os últimos; caso contrário, eles produzem os efeitos descritos para eles.

13 – O nativo nascido sob um Gada Yoga realizará ritos de sacrifício, será rica e estará sempre envolvida na aquisição de riqueza; O nativo nascido sob um Sakata yoga viverá por meio de carroças, será afligida por doenças e terá uma esposa mesquinha; O nativo nascido sob um yoga Vihaga viverá levando mensagens, gostará de viajar e causará discussões; O nativo nascidoem um Sringataka yoga será feliz até o fim da vida [a palavra no texto é "Chira Sukhi". Isso é interpretado por alguns como "feliz por muito tempo”] e O nativo nascidoabaixo de um Hala yoga terminará terras.

14 – O nativo nascido sob um Vajrayoga será feliz tanto no começo quanto no final da vida, será uma favorita geral e será ousada na luta. O nativo nascidoem Yava yoga será poderosa e será feliz no meio da vida. O nativo nascido sob um yoga de Padma [Karnala] será de grande renome, será muito feliz e possuirá muitas realizações. O nativo nascido sob um yoga Vapi viverá em pouco conforto por muito tempo, enterrará sua riqueza sob o solo e será um avarento.

15 – O nativo nascido sob um yoga yupa será liberal e executará sacrifício. O nativo nascido sob um Bana [Ishu] yoga se entregará à tortura, será um carcereiro e fará flechas. O nativo nascido sob um yoga Sakti se engajará em ações vergonhosas a sua posição na vida, não será habilitada no trabalho e não terá dinheiro nem conforto. O nativo nascido sob um yoga Danda será separada das pessoas de sua afeição e ganhará seu sustento pelo mais baixo dos meios, ou seja, servidão.

16 – O nativo nascido sob um Nau yoga será de grande fama, feliz apenas de vez em quando e será um avarento. O nativo nascido sob um Kuta yoga se entregará a mentiras e será um carcereiro. O nativo nascido sob um, Chatra Yoga fará seu povo feliz e viverá em conforto no final da vida. O nativo nascido sob um Chapa Yoga se deleitará na luta e viverá em conforto tanto no começo quanto no final da vida.

17 – O nativo nascido sob um yoga Ardha-Chandra será um favorito em geral, pessoa agradável e respeitada por todos. O nativo nascido sob um samudra yoga será tão próspera quanto um rei e viverá em conforto. O nativo nascido sob um chakra yoga terá seus pés iluminados pelo brilho das gemas nas coroas dos reis que se prostram diante dele por meio de respeito e submissão. O nativo nascidoem um yoga Vallaki será inteligente e se deleitará com música e dança.

18 – O nativo nascido sob um yoga Damini será liberal, se deleitará em ajudar os outros e possuirá muitas vacas. O nativo nascidoem um yoga Pasa ganhará riqueza por meio de seus próprios recursos. O nativo nascido sob um Kedara yoga vai até as terras mais distantes, e fazendo boas ações será útil para muitas pessoas. O nativo nascido sob um yoga Sula será ousada na luta, receberá golpes e gostará de dinheiro ["Será apaixonado por tortura" de acordo com outra leitura], mas será pobre.

19 – O nativo nascido sob um yoga yuga será pobre e agirá em contravenção às regras védicas. O nativo nascido sob um yoga de gola será pobre, suja, ignorante, viciada em baixas ações, não qualificada no trabalho e sempre estará perambulando de um lugar para outro. Assim, foram descritos os vários Nabhasa yogas com seus efeitos. Esses efeitos são sentidos ao longo da vida de um homem.

NOTAS: Dala Yogas não coincidirá nem com os yogas de Asraya nem com as yogas de Akriti. Eles podem coincidir com os yogas de Sankhya com os yogas Vallaki, Damini, Pasa ou Kedara, caso em que os yogas devem ser tratados apenas como yogas de Dala e não como yogas de Sankhya. [Vide Shloka 10]. Novamente, de acordo com Shloka 2, se os yogas de Asraya coincidirem com os yogas Akriti, eles deixarão de ser yogas de Asraya; e de acordo com Shloka 10, as yogas Sankhya coincidem com as yogas Akriti, elas deixam de ser yogas Sankhya. Agora suponha que as yogas de Asraya e Sankhya coincidam entre si. Eles devem ser tratados como o primeiro ou como o último? O Comentador diz que, se a coincidência se refere aos yogas Kedara, Sula e Yuga, os yogas devem ser tratados apenas como yogas de Asraya; mas se se referir ao yoga de Gola, deve ser tratado como tal e não como um yoga de Asraya. Caso contrário, não haverá espaço para o yoga de Gola.

13. Yogas da Lua

Capítulo 13, Shloka 1 – A conduta, riqueza, conhecimento, inteligência e habilidade de uma pessoa serão poucas, moderadas ou excelentes de acordo com a ocupação da Lua nas casas Kendra, Panaphara ou Apoklima do Sol [a], e a pessoa será rica e viverá confortavelmente, se a Lua ocupar seu próprio Navamsha ou Atimitra Navamsha, desde que ela seja aspectada por Júpiter se o nascimento ocorrer de dia, e por Vênus se o nascimento ocorrer à noite.

Nota: [a] Em outras palavras, uma pessoa terá muito pouco dessas qualidades, se a Lua ocupar o signo ocupado pelo Sol ou pelo 4º. 7º ou 10º signo dele. Ela terá essas qualidades em um grau moderado se a Lua ocupar o segundo, quinto, oitavo ou décimo primeiro signo do signo ocupado pelo Sol; e ela terá essas qualidades em grande medida, se a Lua ocupar o terceiro, sexto, nono ou décimo segundo signo do signo ocupado pelo Sol.

2 – Se os planetas benéficos ocupam as casas 6, 7 e 8 da Lua, o yoga é conhecido como Adhi yoga [De acordo com Srutakeerti, o yoga é de 7 tipos de acordo com os planetas benéficos que ocupam uma ou mais das três casas. Eles podem ocupar (1) todas as três casas; (2) as casas 6 e 7; (3) o 6º e o 8º; (4) o 7º e o 8º (5) o 6º; (6) o sétimo; (7) a oitava casa da lua]. O nativo nascido neste yoga se tornará um general, um ministro ou um rei e estará terá gozo de grandes prazeres e riquezas com inimigos subjugados e vida longa e livre de doenças e medo.

Notas: No trabalho astrológico conhecido como Saravali, o yoga Adhi é classificado com raja yoga quando os planetas Mercúrio, Júpiter e Vênus não são planetas Astanga [combusto], nem estiverem aspectados por planetas maléficos. Mandavya é da mesma opinião. Segundo Srutakeerti, se os planetas maléficos ocuparem as casas 6, 7 e 8 da Lua, os efeitos serão ruins. Se ambos os planetas benéficos e maléficos ocuparem as referidas casas, os efeitos serão bons e maus.

3 – Com exceção do Sol, se os outros planetas ocupam a 2ª, a 12ª, ou ambas as 2ª e 12ª casas da Lua, os yogas são respectivamente conhecidos como Sunapha, Anapha ou Durudhura; de outra forma [caso nenhum deles se forme], o yoga é conhecido como Kemadruma por numerosos escritores. De acordo com alguns, se a Lua ocupa a casa de Kendra do ascendente ou se a Lua for conjunta por um planeta, a ioga deixa de ser Kemadruma. De acordo com outros, os três yogas, Sunapha, Anapha e Durudhura são referidos às casas de Kendra da Lua [a]; enquanto, novamente, alguns outros referem os três yogas às casas de ambos os lados do signo, o Navamsha, do qual a Lua ocupa [b]. Mas essas visões não são consideradas por todos.

Notas: [a] Isto é, se um dos planetas, exceto o Sol, ocupa a quarta casa da Lua, o yoga é conhecido como Sunapha; se ocupar a 10ª casa da Lua, o yoga é conhecido como Anapha, e se eles ocupam a 4ª e a 10ª casas, da Lua, é conhecido como Durudhura e se as 4ª e 10ª casas da Lua não são ocupadas por planetas, o yoga é conhecido como Kemadruma.
[b] Suponha que a Lua ocupe o Navamsha de Sagitário em signo de Áries. Agora, se os planetas, com exceção do Sol e da Lua, ocupam a 2ª, a 12ª ou a 2ª e a 12ª casas do signo de Sagitário, os yogas são respectivamente conhecidos como Sunapha, Anapha e Durudhura. Mas se estas duas casas não estiverem ocupadas, o yoga é conhecido como Kemadruma.


4 – O sunapha e o anapha yoga são de trinta e um tipos, e os yogas de Durudhura são de cento e oitenta tipos. As variedades pretendidas podem ser encontradas colocando os planetas em ordem regular e largando o primeiro em procede ao último e repetindo este.

5 – O nativo nascidoem um Sunapha yoga será possuidora de propriedade auto adquirida, será um rei ou se ressentirá de um rei, e será um homem de inteligência, riqueza e renome. O nativo nascidoem um Anapha Yoga será de influência e autoridade, estará livre de doenças, terá controle sobre suas paixões, será de grande renome, terá o gozo de todos os tipos de prazeres, usará vestidos puros e estará livre da dor.

6 – O nativo nascidoem um Durudhura yoga terá o gozo de todos os tipos de prazeres, será possuidora de riqueza e transporte, será liberal e terá bons servos.
O nativo nascidoem um Kemadruma yoga, embora possa pertencer à família de um rei, será suja, afligida pela tristeza, fará atos inadequados a sua posição na vida, será pobre, servirá sob outros e será iníqua.

7 – Se o planeta formador do yoga for Marte, a pessoa será ativa, gostará de lutar, será rica e empreenderá ações sem pensar. Se o planeta formador do yoga for Mercúrio, a pessoa será habilitada no trabalho, terá boa fala e será instruída nas artes. Se o planeta formador do yoga for Júpiter, a pessoa será rica e virtuosa, viverá véspera com conforto e será respeitada pelo rei. Se o planeta formador do yoga for Vênus, a pessoa será afligida pela paixão sexual, será muito rica e desfrutará de todos os tipos de prazeres.

8 – Se o planeta formador do yoga for Saturno, a pessoa gozará de riqueza, propriedade e servos dos outros, se engajará em vários atos e será o chefe dos partidos dos homens. Se o nascimento ocorrer de dia, a Lua trará miséria se ocupar o hemisfério visível, trará prosperidade se ocupar o hemisfério invisível; se o nascimento ocorrer de noite, os resultados serão o inverso destes.

9 – Se todos os planetas benéficos ocuparem as casas upachayas do Ascendente na hora do nascimento, a pessoa será muito rica e, se ocuparem as casas upachayas da Lua, será moderadamente rica. Se dois dos planetas ocuparem as casas Upachaya, a pessoa será moderadamente rica e se um apenas um ocupar uma casa Upachaya, ela possuirá pequena riqueza. Mesmo se a pessoa nascer em outros Yogas maléficos, a presente ioga terá efeito.

14. Conjunções Planetárias

Capítulo 14, Shloka 1 – Se, no momento do nascimento, o Sol e a Lua ocuparem juntos um signo do Zodíaco, a pessoa nascida será um fabricante de carros de bombeiros [motores de destruição segundo o comentador] e trabalhará com pedras; se o Sol e Marte ocuparem juntos um signo, a pessoa será viciada em atos pecaminosos; se o Sol e Mercúrio ocuparem um signo juntos, a pessoa será habilidosa no trabalho, será inteligente e famosa e viverá em conforto; se o Sol e Júpiter ocuparem um signo juntos, a pessoa será cruel e trabalhará para outros homens; se o Sol e Vênus ocuparem um signo juntos, a pessoa ganhará dinheiro fazendo esportes públicos e usando armas; e se o Sol e Saturno ocuparem um signo juntos, a pessoa será habilitada em trabalho de metal e em terra.

2 – Se os planetas conjuntos, no momento do nascimento, sejam a Lua e Marte, a pessoa ganhará dinheiro pela venda de obras de arte, de mulheres, de bebidas alcoólicas e de panelas e dará problemas para sua mãe; se forem a Lua e Mercúrio, a pessoa será de fala doce, habilidosa na interpretação literária e se tornará popular e famosa; se forem a Lua e Júpiter, a pessoa derrotará seus inimigos, será uma pessoa importante em sua família, não será de visões firmes e será muito rica; se forem a Lua e Vênus, a pessoa será habilitada em trabalho de pano [na tecelagem, costura tingimento, compra e venda de roupas]; se forem a Lua e Saturno, a pessoa será o filho do segundo casamento de sua mãe [O termo sânscrito para a mulher é Pimarbhu. Dizem que ela é uma mulher que, por paixão sexual, deixa o marido e se casa com uma pessoa de sua própria casta, quer ela tenha ou não ingressado em união sexual].

3 – Se os planetas conjuntos no momento do nascimento forem Marte e Mercúrio, a pessoa lidará com raízes e afins [frutas, flores, casca, suco, etc.], em óleo, em obras de arte e será habilidoso em duelos; se forem Marte e Júpiter, a pessoa será o chefe de uma cidade ou rei, ou um rico brâmane; se forem Marte e Vênus, a pessoa protegerá as vacas, empreenderá duelos, terá habilidade no trabalho, terá união sexual com as esposas de outros homens e será um jogador; se forem Marte e Saturno, a pessoa será afligida pela tristeza, será um mentiroso e será desprezada pelos outros.

4 – Se os planetas conjuntos no momento do nascimento forem Mercúrio e Júpiter, a pessoa será habilidosa em duelos, será aficionada por música e aprenderá em dança; se forem Mercúrio e Vênus, a pessoa terá boa fala e governará os países e os homens; se forem Mercúrio e Saturno, a pessoa será habilitada a enganar os outros e rejeitará o conselho de seu preceptor; se forem Júpiter e Vênus, a pessoa será instruída em algum departamento de conhecimento respeitável, possuirá riqueza, uma esposa e várias virtudes; se forem Júpiter e Saturno, a pessoa será um barbeiro, um potman ou um cozinheiro.

5 – Se os planetas conjuntos no momento do nascimento forem Vênus e Saturno, a pessoa terá visão curta, terá um aumento de riqueza por meio da amizade de uma jovem mulher e terá habilidade para escrever e pintar. No caso de outros yogas planetários [a], os efeitos descritos devem ser determinados e aplicados.

Notas: [a] Isto é, se três ou mais planetas ocuparem juntos um signo do Zodíaco na hora do nascimento, o yoga primeiro será dividido em um número de yogas planetários duplos e os efeitos descritos neste Capítulo serão então aplicados. Por exemplo: suponha que os quatro planetas, o Sol, a Lua, Marte e Mercúrio ocupem junto um único signo. Esta yoga pode ser dividida em seis yogas planetárias duplas como segue: [1], o Sol e a Lua, [2], o Sol e Marte, [3], o Sol e Mercúrio, [4], a Lua e Marte, [5], a Lua e Mercúrio, [6], Marte e Mercúrio. Os efeitos descritos para cada um devem ser determinados e aplicados.

NB: As seguintes iogas referentes aos vários grupos de 2, 3, 4, 5 e 6 planetas que ocupam juntos um único signo do Zodíaco no momento do nascimento são tomadas com seus efeitos de uma obra conhecida como Jataka Parijata.

I - DE DOIS PLANETAS.


[1] O Sol e a Lua, a pessoa estará sujeita à influência de mulheres, terá habilidade no trabalho e terá uma aparência brilhante.
[2] O Sol e Marte, será um homem forte, um mentiroso e pecador.
[3] O Sol e Mercúrio serão eruditos, belos, fortes e de visões fixas.
[4] O Sol e Júpiter, serão sinceros no trabalho, serão os favoritos do rei e serão ricos.
[5] O Sol e Vênus, irão adquirir riqueza através das mulheres, terão parentes e inimigos e serão inteligentes.
[6] O Sol e Saturno, serão de compreensão maçante e sujeitos a seus inimigos.
[7] A Lua e Marte, serão ousados e nascidos de uma família famosa; será virtuoso, rico e possuidor de boas qualidades.
[8] A Lua e Mercúrio, serão caridosos, eruditos nas ciências e dotados de excelentes qualidades.
[9] A Lua e Júpiter, protegerão os homens bons e piedosos e serão muito inteligentes.
[10] A Lua e Vênus, serão um pecador e comerciante.
[11] A Lua e Saturno, possuirão uma esposa má, irão maltratar seu pai e serão pobres.
[12] Marte e Mercúrio, serão de boa fala e eruditos em medicina, artes e ciências.
[13] Marte e Júpiter, serão de forte paixão sexual, possuirão excelentes qualidades e serão matemáticos.
[14] Marte e Vênus, irão gostar de lutar e do mundo, e serão enganosos.
[15] Marte e Saturno, serão litigiosos, aficionados por música e por um entendimento enfadonho.
[16] Mercúrio e Júpiter, serão de boa fala, bonitos e muito ricos.
[17] Mercúrio e Vênus, serão governantes sobre os países e sobre os homens.
[18] Mercúrio e Saturno, serão enganosos e não estarão abertos ao conselho de seu preceptor.
[19] Júpiter e Vênus, serão de aparência brilhante, um favorito do rei, será muito inteligente e habilidoso no trabalho.
[20] Júpiter e Saturno, serão uns escultores e protegerão as vacas.
[21] Vênus e Saturno, serão habilidosos em duelos.

II DE TRÊS PLANETAS.

Novamente, se os planetas de Yoga ocupando um único signo:

[1] O Sol, a Lua e Marte, a pessoa irá destruir a família do seu inimigo, será rico e justo.
[2] O Sol, a Lua e Mercúrio, se assemelharão a um rei e serão eruditos e famosos.
[3] O Sol, a Lua e Júpiter, possuirão muitas boas qualidades e serão eruditos.
[4] O Sol, a Lua e Vênus, cometerão adultério, serão cruéis, estarão sujeitos ao medo de seu inimigo e serão ricos.
[5] O Sol, a Lua e Saturno, será um homem de visões erradas, serão enganosos e viajarão para terras estrangeiras.
[6] O Sol, Marte e Mercúrio, não terão prazer de nenhum tipo e terão filhos, riqueza e esposa.
[7] O Sol, Marte e Júpiter, terão prazer sexual, serão atenciosos, serão comandantes de exércitos ou magistrados.
[8] O Sol, Marte e Vênus, serão afligidos por doenças dos olhos, viverão confortavelmente e nascerão em boa família.
[9] O Sol, Marte e Saturno, serão separados de seus parentes, serão mudos, sofrerão de doenças e serão ricos.
[10] O Sol, Mercúrio e Júpiter, terão uma visão sólida, serão eruditos, ricos e famosos.
[11] O Sol, Mercúrio e Vênus, serão de corpo mole, serão eruditos, famosos e viverão em conforto.
[12] O Sol, Mercúrio e Saturno, não terão parentes e os pobres odiarão a humanidade e serão de hábitos viciosos.
[13] O Sol, Júpiter e Vênus, possuirão uma boa esposa e filhos, serão muito inteligentes, sofrerão de doenças dos olhos e serão ricos.
[14] O Sol, Júpiter e Saturno, serão destemidos, serão apreciados pelo rei e serão de disposição tranquila e excelente.
[15] O Sol, Vênus e Saturno, serão de má reputação e serão arrogantes e insolentes.
[16] A Lua, Marte e Mercúrio, serão glutões, serão viciados em ações perversas e abusarão de outras pessoas.
[17] A Lua, Marte e Júpiter, serão de fala irada, serão de forte paixão sexual e serão belos.
[18] A Lua, Marte e Vênus, serão de má conduta, não terão filhos e gostarão de viajar.
[19] A Lua, Marte e Saturno serão virtuosos e ricos, terão uma esposa má e serão litigiosos.
[20] A Lua, Mercúrio e Júpiter, serão caridosos e instruídos nas ciências, protegerão os homens bons e piedosos e terá boa fala.
[21] A Lua, Mercúrio e Vênus, serão instruída s, serão viciados em baixas ações e terão numerosos servos.
[22] A Lua, Mercúrio e Saturno, serão de dom liberal, serão respeitados pelo rei e possuirão boas qualidades.
[23] A Lua, Júpiter e Vênus, serão inteligentes, terão bons filhos e serão habilidosos em obras de arte.
[24] A Lua, Júpiter e Saturno, serão instruída s nas ciências, serão apreciados por velhas e será tão feliz quanto um rei.
[25] A Lua, Vênus e Saturno, serão instruída s nos Vedas, serão o capelão do rei e serão apreciadas por todas as pessoas.
[26] Marte, Mercúrio e Júpiter, vão gostar de música, de Vedas, de literatura e de drama.
[27] Marte, Mercúrio e Vênus, serão de órgãos defeituosos, nascerão de uma família ruim e terão visões estabelecidas.
[28] Marte, Mercúrio e Saturno, servirão sob outros homens, sofrerão de doenças dos olhos e serão apreciados por viagens.
[29] Marte, Júpiter e Vênus serão apreciados pelo rei, terão bons filhos e viverão em conforto.
[30] Marte, Júpiter e Saturno, serão de corpo magro, sem conforto, respeitáveis e entregues a um curso vicioso da vida.
[31] Marte, Vênus e Saturno, terão filhos maus e serão de mente pura.
[32] Mercúrio, Júpiter e Vênus, conquistarão seus inimigos e serão de grande fama.
[33] Mercúrio, Júpiter e Saturno viverão em grande conforto, serão ricos e serão apegados à sua esposa.
[34] Mercúrio, Vênus e Saturno contarão mentiras.
[35] Júpiter, Vênus e Saturno, serão de claro entendimento e serão felizes e famosos.

III DE QUATRO PLANETAS.


[1] O Sol, a Lua, Marte e Mercúrio, a pessoa será enganadora, habilidosa na arte de escrever e sofrerá de doenças.
[2] O Sol, a Lua, Marte e Júpiter, serão ricos, famosos, inteligentes e apreciados pelo rei e estarão livres de doenças e do luto.
[3] O Sol, a Lua, Marte e Vênus, terão uma esposa e filhos, será erudito, um comedor moderado, feliz, habilidoso no trabalho e misericordioso.
[4] O Sol, a Lua, Marte e Saturno, sofrerão de doenças dos olhos, gostarão de viajar e de prostitutas e serão pobres.
[5] O Sol, a Lua, Mercúrio e Júpiter, terão oito filhos, serão ricos e possuidores de boas qualidades; será famoso, forte e liberal.
[6] O Sol, a Lua, Mercúrio e Vênus, serão de órgãos defeituosos e de bom discurso.
[7] O Sol, a Lua, Mercúrio e Saturno serão pobres e ingratos.
[8] O Sol, a Lua, Júpiter e Vênus, possuirão muitas boas qualidades, cometerão adultério com outras mulheres, serão inteligentes e sofrerão de doenças oculares.
[9] O Sol, a Lua, Júpiter e Saturno, vão gostar de viajar, serão ricos, inteligentes e apegados a prostitutas.
[10] O Sol, a Lua, Vênus e Saturno, serão de membros defeituosos, serão tímidos, seguirão meninas e serão aficionados por riquezas e refeições.
[11] O Sol, Marte, Mercúrio e Júpiter, serão fortes, entrarão em dificuldades, serão casados e ricos, sofrerão de doenças dos olhos e farão viagens.
[12] O Sol, Marte, Mercúrio e Vênus, serão afeiçoados às esposas de outros homens, terão olhos e aparência temerosos, serão viciados em ladrões e serão fracos.
[13] O Sol, Marte, Mercúrio e Saturno, será um comandante de exércitos ou um ministro, serão viciados em baixas ações e terá o gozo de numerosos prazeres.
[14] O Sol, Marte, Júpiter e Vênus, será tão famoso quanto o rei, serão respeitados em toda parte e serão ricos.
[15] O Sol, Marte, Júpiter e Saturno, serão cegos, serão errantes e terão amigos e parentes.
[16] O Sol, Marte, Vênus e Saturno sofrerão desgraça, serão preguiçosos e possuirão boas qualidades.
[17] O Sol, Mercúrio, Júpiter e Vênus, serão muito ricos e famosos.
[18] O Sol, Mercúrio, Júpiter e Saturno, trarão discussões, serão respeitáveis e de hábitos viciosos.
[19] O Sol, Mercúrio, Vênus e Saturno, terão boa fala, serão verdadeiros, serão homens de princípios e serão de boa conduta.
[20] O Sol, Júpiter, Vênus e Saturno, serão eruditos nas artes, serão o chefe das pessoas baixas e serão obstinados.
[21] A Lua, Marte, Mercúrio e Júpiter, serão apreciados pelo rei, serão um ministro ou um eminente poeta.
[22] A Lua, Marte, Mercúrio e Vênus, terão uma boa esposa e filhos, serão inteligentes, serão feios e deformados e viverão em conforto.
[23] A Lua, Marte, Mercúrio e Saturno terão pais duplos, serão ousados e terão várias esposas e filhos.
[24] A Lua, Marte, Júpiter e Vênus farão ações pecaminosas, entrarão no sono e serão afeitos ao dinheiro.
[25] A Lua, Marte, Júpiter e Saturno terão uma visão firme, ousada, feliz e instruída.
[26] A Lua, Marte, Vênus e Saturno, serão de má conduta, não terão filhos, serão eruditos nos Vedas ou serão o sacerdote do rei.
[27] A Lua, Mercúrio, Júpiter e Vênus, serão muito ricos, ligados a seus parentes e virtuosos.
[28] A Lua, Mercúrio, Júpiter e Saturno, serão liberais, serão respeitados pelo rei e viverão em grande consolo, serão ricos e apegados à sua esposa.
[29] A Lua, Mercúrio, Vênus e Saturno, serão odiados pelo povo e serão apreciados pelas esposas de outros homens.
[30] A Lua, Júpiter, Vênus e Saturno, não terão filhos, não serão sinceros no trabalho e não terão misericórdia.
[31] Marte, Mercúrio, Júpiter e Vênus serão ricos e desprezados pelo povo.
32. Marte, Mercúrio, Júpiter e Saturno sofrerão de doenças e serão pobres.
[33] Marte, Mercúrio, Vênus e Saturno, serão de membros defeituosos, servirão sob outros homens, contarão mentiras e terão filhos maus.
[34] Marte, Júpiter, Vênus e Saturno, serão apreciados pelo rei, serão de corpo magro, terão filhos maus e serão de entendimento claro.
[35] Mercúrio, Júpiter, Vênus e Saturno serão muito ricos, instruídos e de boa conduta.

IV. DE CINCO PLANETAS.


[1] O Sol, a Lua, Marte, Mercúrio e Júpiter, a pessoa se envolverá em luta, será enganosa e habilidosa no trabalho.
[2] O Sol, a Lua, Marte, Mercúrio e Vênus, serão desprovidos de caridade, serão sinceros no trabalho, não terão parentes e trabalharão para outros homens.
[3] O Sol, a Lua, Marte, Mercúrio e Saturno, serão de vida curta, serão afeitos a ganhar dinheiro e sem esposa e filhos.
[4] O Sol, a Lua, Marte, Júpiter e Vênus, se deleitarão em outros homens irritantes, serão rejeitados por seus pais e parentes e terão olhos defeituosos.
[5] O Sol, a Lua, Marte, Júpiter e Saturno, serão avarentos e serão afligidos pela tristeza devido à separação de sua esposa.
[6] O Sol, a Lua, Marte, Vênus e Saturno serão ricos, fortes, capazes e sujos e cobiçarão as esposas de outros homens.
[7] O Sol, a Lua, Mercúrio, Júpiter e Vênus, serão ministros, serão ricos, bem sucedidos, famosos e fortes e também serão magistrados.
[8] O Sol, a Lua, Mercúrio, Júpiter e Saturno, dependerão dos outros homens para as refeições, serão tímidos, cometerão pecados e se engajarão em atos de medo.
[9] O Sol, a Lua, Mercúrio, Vênus e Saturno serão pobres, altos, sem filhos e doentes.
[10] O Sol, a Lua, Júpiter, Vênus e Saturno, estarão sem esposa, de boa fala, terão inimigos, serão destemidos e eruditos em malabarismo.
[11] O Sol, Marte, Mercúrio, Júpiter e Vênus ficarão sem dor, um bom amigo e mestre de cavalos e desejarão as esposas de outros homens.
[12] O Sol, Marte, Mercúrio, Júpiter e Saturno, implorarão suas refeições, estarão sujos e vestidos com roupas esfarrapadas.
[13] O Sol, Marte, Mercúrio, Vênus e Saturno serão uma pessoa importante e serão afligidos pela tristeza, medo, doença e fome.
[14] O Sol, Marte, Júpiter, Vênus e Saturno serão respeitados em todos os lugares, serão ricos, serão cegos e terão amigos e parentes.
[15] O Sol, Mercúrio, Júpiter, Vênus e Saturno, possuirão conhecimento do Atma, farão atos aceitáveis para Devas e seus preceptores e serão eruditos nas ciências.
[16] A Lua, Marte, Mercúrio, Júpiter e Vênus serão de uma disposição branda, feliz, rica, poderosa e instruída.
[17] A Lua, Marte, Mercúrio, Júpiter e Saturno, serão habilidosos em Engenharia, serão de físico forte e serão famosos por sua habilidade no trabalho.
[18] A Lua, Marte, Mercúrio, Vênus e Saturno, terão uma boa esposa e filhos, serão inteligentes e viverão em conforto.
[19] A Lua, Marte, Júpiter, Vênus e Saturno, trabalharão para outros homens, serão pobres, de aparência suja, ignorantes e viciados em ladrões.
[20] A Lua, Mercúrio, Júpiter, Vênus e Saturno, serão respeitados em todas as terras, serão de membros defeituosos, será um ministro e se assemelharão a um rei.
[21] Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus e Saturno, serão respeitados em todos os lugares, terão habilidade no trabalho, sofrerão com tortura, prisão e doença.

V. DE SEIS PLANETAS.


Por último, se os planetas de yoga ocupando um único signo do Zodíaco na hora do nascimento, exceto:
[1] Saturno, a pessoa será um escritor de trabalhos científicos, habitará bosques e montanhas e será possuído de uma esposa, filhos e riqueza.
[2] Vênus, será viciado em ladrões, irá cobiçar outras mulheres, será desprezado por seus parentes, será sem filhos, será um tolo e viajará para terras estrangeiras.
[3] Júpiter, será um homem de baixo nascimento, irá 'trabalhar para outros homens, sofrerá de consumo e será desprezado pelo povo.
[4] Mercúrio, será um ministro, será possuido de uma esposa, filhos, riqueza e conforto e terá um controle sobre suas paixões.
[5] Marte, sofrerá de dor de cabeça, ficará louco, viverá em lugares não frequentados pelo homem e viajará para terras estrangeiras.
[6] A Lua será um viajante energético e inteligente.
[7] O Sol, visitará lugares santos e será rico.


15. Yogas para Ascetismo

Capítulo 15, Shloka 1 – O nativo nascido quando quatro ou mais planetas fortes [se nenhum planeta for forte, não haverá Pravrajya yoga] ocupam um único signo do Zodíaco se torna um asceta da classe Sakya, Ajivika, Bhikshuka, Vriddhasravaka, Chakra, Nirgrandha ou Vanyasana, segundo o planeta mais forte do grupo, for Marte, Mercúrio, Júpiter, a Lua, Vênus, Saturno ou o Sol respectivamente. Se tal planeta forte for aquele que sofreu derrota em conjunção na hora do nascimento, o asceta voltará, após algum tempo, à sua condição anterior de vida.

2 – Se o planeta do yoga mais forte for um planeta Astanga [combusto], a pessoa não se tornará um Deekshita [isto é, membro de uma ordem sagrada para os homens], mas andará com tais pessoas. Novamente, se o planeta que sofre derrota em conjunção for aspectado por outros planetas, a pessoa não se tornará um Deekshita, mas possuirá um forte desejo de tornar-se um.

3 – Se o regente do signo ocupado pela Lua aspectar Saturno e não estiver aspectado por nenhum outro planeta, ou se Saturno aspectar o regente do signo ocupado pela Lua quando tal regente não for forte pessoa vai se tornar ascética. Novamente, se a Lua ocupar o Drekana de Saturno ou o Navamsha de Saturno ou Marte e for aspectada por Saturno, uma pessoa se tornará um asceta.

4 – O nativo nascido quando Júpiter, a Lua e o signo ascendente são aspectados por Saturno, quando Júpiter ocupa a 9ª casa do Ascendente e sob um dos Raja Yogas se torna um Autor científico [a]. Novamente, O nativo nascido quando Saturno ocupa a 9ª casa do Ascendente e não é aspectada por outros planetas e sob um Raja Yoga se tornará tanto um imperador quanto um asceta [b].

Notas: [a] Se o Mapa contém um Raja yoga e um yoga ascético, o primeiro não terá efeito, como por exemplo, as vidas de Varaha Mihira, Kanada Buda, Panchasikha, Brahma-Gupta e outros. Se o Mapa contém dois Raja yogas e um yoga ascético, a pessoa se tornará um rei, assim como um autor científico como Janaka, Kasiraja, iSuchidhwaja e outros.
[b] Se o Mapa não contiver Raja yogas, mas apenas os yogas ascéticos descritos no Texto, a pessoa se tornará um asceta.


FIM DE POORYABHAGA [PARTE 1]


16. Os Nakshatras

Capítulo 16, Shloka 1 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Aswini vai gostar de ornamentos, terá boa aparência, será popular, habilidosa no trabalho e inteligente. O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Bharani terá sucesso no trabalho, verdadeira, livre de doenças, capaz e livre de pesar.

2 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Krittika será um glutão, afeiçoado às esposas de outros homens, de aparência brilhante e de ampla fama.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Rohini será verdadeira, não cobiçará a propriedade de outros homens, será de hábitos limpos, de fala doce, de visões firmes e de boa aparência.

3 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Mrigasirsha não terá princípios firmes, será capaz, tímida, de boa fala, de hábitos ativos, rica e se entregará a prazeres sexuais.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Ardra será insincera, de temperamento irascível, ingrata, se entregará a tortura e será viciada em atos perversos.

4 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Punarvasu será devota e de hábitos pacientes, viverá em conforto, será bem-humorada, quieta, com visões erradas, doentias, sedenta e satisfeita com ninharias.

5 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Pushya terá um controle sobre seus desejos, será geralmente apreciada, instruída nos Shastras, rica e será apreciada por atos de caridade.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Aslesha não estará atenta ao trabalho de outros homens, será um comedor promíscuo, será pecadora, ingrata e hábil em enganar outros homens.

6 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Magha terá numerosos servos, será muito rica, viverá em conforto, adorará os Devas e os Pitris e estará envolvida em obras importantes.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de P. Phalguni será de fala doce, será liberal em seus dons, de boa aparência, de hábitos errantes e servirá sob os reis.
7 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de U. Phalguni será geralmente apreciada, ganhará dinheiro com seu aprendizado e viverá em conforto.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Hasta será de hábitos ativos, cheios de recursos, desavergonhados, impiedosos, ladrões e bêbados.

8 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Chittra usará panos e flores de várias cores e terá belos olhos e membros.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Swati será de natureza branda e tranquila, controlará sua paixão, será habilidosa no comércio, será misericordiosa, [incapaz de suportar a sede de acordo com outra leitura] doce e disposta a fazer atos de caridade.

9 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Visakha ficará com ciúmes da prosperidade de outra pessoa, será um avarento, de aparência brilhante, de fala distinta [será habilidoso em ganhar dinheiro de acordo com outra leitura], hábil em ganhar dinheiro e disposta a provocar desavenças entre os homens.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Anuradha será rica, viverá em terras estrangeiras, será incapaz de suportar a fome e estará disposta a vagar de um lugar para outro.

10 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Jyeshta terá poucos amigos, será muito alegre, virtuosa e de temperamento irascível.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Moola será arrogante, rica, feliz, não disposta a ferir outros homens, a ter uma visão firme e a viver no luxo.

11 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de P. Ashadha terá uma esposa agradável, orgulhosa e apegada a amigos.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de U. Ashadha será obediente, será instruída nas regras da virtude, possuirá muitos amigos, será grata, retornará favores recebidos e será geralmente apreciada.

12 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Sravana será próspera e instruída, terá uma esposa liberal, será rica e de fama generalizada.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Dhanishta será liberal, rica, valente, apreciadora de música e será mesquinha.

13 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Satabhishak será dura em seu discurso, será verdadeira, sofrerá pesar, conquistará seus inimigos, entrará sem pensar no trabalho e será independente.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de P. Bhadrapada sofrerá de pesar, colocará sua riqueza à disposição de sua esposa, será de fala distinta [ou será habilidoso em ganhar dinheiro] e será um avarento.

14 – O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de U. Bhadrapada será um orador capaz de ser feliz, possuir filhos e netos, conquistar seus inimigos e será virtuoso.
O nativo nascido quando a Lua passa pelo asterismo de Revati possuirá membros perfeitos, será apreciada por todas as pessoas, valente em luta, nunca cobiçará a propriedade de outros homens e será rica.

NOTA: Os efeitos descritos acima só acontecerão de acordo com a força da Lua.

17. A Lua nos vários signos do zodíaco

Capítulo 17, Shloka 1 – O nativo nascido com a Lua em signo de Áries terá olhos vermelhos redondos, gostará de comida vegetal e comerá refeições quentes, mas em grau moderado; será de uma natureza rápida e sedenta, vai gostar de viagens e de união sexual; será de joelhos fraco; não possuirá riqueza permanente; vai gostar de lutar e de mulheres; será hábil em servir sob outros homens; terá unhas desfiguradas e uma cabeça ferida; será altivo, será o mais velho de seus irmãos; terá linhas na mão da forma da arma conhecida como Sakti; será inconstante e terá medo da água.

2 – O nativo nascido com a Lua em signo de Touro será de boa aparência e de belo porte; possuirá grandes coxas e rosto; possuirá marcas nas costas, face ou lados; será liberal em suas ações; sofrerá infortúnios; possuirá grande influência e autoridade; terá uma grande protuberância no pescoço; terá filhas; sofrerá de afecções fleumáticas; será separado de seus parentes, riquezas e filhos; Será apreciado por todos os homens será de natureza paciente; será um ótimo apreciador de sabores; vai gostar de mulheres; será inseparável de seus amigos e será feliz tanto na meia-idade como na velhice [e, portanto, infeliz quando jovem].

3 – O nativo nascido com a Lua em signo de Gêmeos vai gostar de mulheres, será habilidosa em questões sexuais; possuirá olhos vermelhos; será erudito nos Shastras; vai levar mensagens; possuirá cabelos encaracolados e um intelecto aguçado; será habilidoso em inteligência, em descobrir os pensamentos de outros homens e em jogo; possuirá belos recursos; será de doce fala; vai gostar de música e habilidoso nas regras da dança; vai se unir em união sexual com hermafroditas; e possuirá um nariz elevado.

4 – O nativo nascido com a Lua em signo de Câncer andará rápido com seu corpo curvado; terá um quadril alto; estará sujeito à influência das mulheres; terá um excelente amigo; será erudito em astrologia; terá numerosas casas; terá uma riqueza que aumentará e diminuirá como a lua; será curto; possuirá um pescoço grosso; será capaz de ser conquistado por palavras amáveis; será inseparável de seus amigos e vai gostar de água e florestas.

5 – O nativo nascido com a Lua em signo de Leão terá um temperamento irascível, de grandes bochechas, rosto largo e olhos grandes; terá muito poucos filhos; odeia mulheres; vai gostar de comida de animais, florestas e colinas; continuará zangado com futilidades por muito tempo; será afligido por dores causadas por fome, sede, dor de estômago, dor de dente e também ansiedades puramente mentais; será liberal em suas ações; será corajoso na luta; será de princípios fixos; será altivo e ligado a sua mãe.

6 – O nativo nascido com a Lua em signo de Virgem terá olhos amáveis e marcha lenta pela modéstia; terá seus ombros e braços afundados ou deprimidos; viverá em conforto; terá corpo e fala mole; será sincero, será hábil em dança, pintura, musica e apostas; será erudito nos Shastras; será virtuoso e inteligente, vai gostar de sexo; apreciará a casa e a propriedade de outros homens; viverá em terras estrangeiras; será de doce fala; e terá filhas e muito poucos filhos.

7 – O nativo nascido com a Lua em signo de Libra respeitará os Devas, Brahmins e homens santos; será inteligente [o termo sânscrito usado é Pragna, que é interpretado como uma pessoa de inteligência muito aguda e que possui conhecimento dos eventos atuais e futuros] nunca irá cobiçar a propriedade de outros homens; será erudito nos Vedas; estará sujeito à influência das mulheres; será alto; terá um nariz levantado; será de membros finos e defeituosos e vai gosta de viajar; será rico; será um comerciante; vai levar o nome de um Deva, juntamente com um excelente sobrenome concedido por um corpo de homens instruídos; será doentio; protegerá sua família e será desonrado e rejeitado por seus parentes.

8 – pessoa nascida com a Lua em signo Escorpião terá olhos largos, um peito largo e canelas redondas, coxas e joelhos; será separado de seus pais e preceptores; será afligido com doenças quando jovem; será respeitado pela família do rei; será de cor marrom; não será de natureza direta; terá linhas na mão e pés da forma do peixe, o Vajrayudha ou um pássaro; e se esforçará para esconder seus pecados.

9 – O nativo nascido com a Lua em signo de Sagitário terá rosto e pescoço compridos; herdará a propriedade de seu pai; será liberal em suas ações; será um autor literário; será forte e habilidoso na fala; terá dentes grandes, orelhas, lábios e nariz, se dedicará a numerosas obras; será habilidoso em artes plásticas; terá ombros indistintos, unhas desfiguradas e braços grandes; será de um intelecto profundo e inventivo, será um homem de entendimento correto; odiará seus parentes; nunca cederá à compulsão, mas apenas ao tratamento gentil.

10 – O nativo nascido com a Lua em signo de Capricórnio será sempre apegada à sua esposa e filhos; fará atos de virtude para demonstração externa; terá membros inferiores fracos, olhos bons e cintura fina; compreenderá prontamente o que é falado; será apreciado por todos e lento no trabalho; não suportará frio; será de natureza errante, liberal ou poderosa e um autor literário; será um avarento e será afeiçoado a velhas mulheres de baixa casta; será desavergonhado e impiedoso.

11 – O nativo nascido com a Lua em signo de Aquário terá um pescoço como o do camelo, um corpo coberto de músculos, áspero e coberto de pêlos; será alto; terá grandes pés, coxas, costas, nádegas, face e barriga inferior; será surdo; será apegado às esposas e propriedade de outros homens e praticará atos perversos; vai gostar de flores e perfumes; e será inseparável de seus amigos e vai andar sem se sentir cansado.

12 – O nativo nascido com a Lua em signo de Peixes será um traficante na produção do mar e desfrutará da propriedade de outros homens; vai gostar de sua esposa e roupas terão membros perfeitos, um corpo brilhante, nariz comprido e cabeça grande, vai colocar seus inimigos a desgraça, estará sujeito a influência das mulheres, terá olhos lindos e será justo; vai desfrutar de tesouros escondidos; será rico e erudito.

13 – Se, no momento do nascimento, a Lua, o signo ocupado pela Lua e o regente de tal signo forem fortes, os efeitos descritos neste capítulo ocorrerão plenamente [se dois dos três forem fortes, os efeitos acontecerão de maneira imperfeita; se apenas um dos três for forte, eles passarão ainda mais imperfeitamente e se nenhum dos três for forte, os efeitos falharão]; a mesma observação se aplica a outros planetas além da Lua [isto se refere ao próximo capítulo em que o Autor descreve os efeitos dos vários planetas que ocupam os vários signos do Zodíaco no momento do nascimento].

18. Planetas nos vários signos do zodíaco

Capítulo 18, Shloka 1 – O nativo nascido com o Sol em Aries, mas não em seu grau de exaltação, será de ampla fama, habilidade de hábitos errantes, possuidora de pequena riqueza e portadora de armas.
O nativo nascido com o Sol em signo de Touro lidará com roupas, perfumes e outros artigos, odiará mulheres e será habilidosa em música, vocal e instrumental.

2 – O nativo nascido com o Sol em signos de Gêmeos será instruída em gramática, será um astrólogo e será rico.
O nativo nascido com o Sol em Câncer estará dependente e feroz, pobre, fará o trabalho de outras pessoas e sofrerá o cansaço da fadiga.
O nativo nascido com o Sol em signo que Leão gostará de viver em florestas, montanhas e galpões de vacas, será poderosa e será tola.
O nativo nascido com o Sol em signo de Virgem será hábil em escrever, pintar, em produções literárias, em matemática e em conhecimento mundano, e possuirá um corpo parecido com o de uma mulher.

3 – O nativo nascido com o Sol em signo de Libra vai gostar de bebidas alcoólicas ou irá fabricá-las, será de natureza errante, será um alquimista e fará atos perversos.
O nativo nascido com o Sol em signo de Escorpião será de natureza feroz, se envolverá inutilmente no trabalho, ganhará dinheiro com atos relacionados a venenos [de acordo com outra leitura, seu ganho se tornará inútil para ele] E será amplamente instruída no uso de armas.
O nativo nascido com o Sol em Sagitário será respeitada pelos sábios, será rica e independente e será instruída em medicina e escultura.
O nativo nascido com o Sol em signo de Capricórnio se engajará em ações impróprias para sua posição na vida, será ignorante, lidará com artigos mesquinhos, possuirá pequena riqueza, será avarenta e gozará da propriedade de outros homens.

4 – O nativo nascido com o Sol em signo de Aquário se engajará em ações impróprias para sua posição na vida, será pobre e não terá filhos nem propriedade.
O nativo nascido com o Sol em signo de Peixes se tornará rico ao lidar com a produção de água, será respeitada pelas mulheres. A pessoa também possuirá uma toupeira ou outras marcas na parte do corpo correspondente ao signo ocupado pelo Sol e pela Lua juntos no momento de seu nascimento.

5 – O nativo nascido com Marte em signo Áries ou Escorpião será respeitada pelo rei, será de natureza errante, será comandante de exércitos, comerciante, será rica, terá corpo marcado com feridas, será ladrão e terá o gozo dos prazeres dos sentidos.
O nativo nascido com Marte em signo de Touro ou Libra estará sujeita à influência das mulheres, não estará aberta ao conselho de amigos, será afeiçoada às esposas de outros homens, será instruída nos jogos de magia, será de natureza tímida e terá um corpo áspero.

6 – O nativo nascido com Marte em signo de Gêmeos ou Virgem terá uma aparência brilhante, terá filhos e não amigos, ajudará os outros, terá habilidade musical e de luta, será um avarento e será destemida e de natureza implacável.
O nativo nascido com Marte em signo Câncer será rica, atravessará mares e ganhará riqueza, será inteligente será de membros defeituosos e será perversa.

7 – O nativo nascido com Marte em signo de Leão será pobre, suportará pacientemente aflições, vagará pelas florestas, será destemida e terá poucas esposas e filhos.
O nativo nascido com Marte em signo de Sagitário ou Peixes terá muitos inimigos, será o ministro do rei, será de grande fama, será destemida e terá muito poucos filhos.
O nativo nascido com Marte em signo de Aquário sofrerá dor, será pobre, vagará de um lugar para outro, será um mentiroso, será independente e perversa.
O nativo nascido com Marte em signo de Capricórnio será muito rica, terá muitos filhos e será um rei ou se assemelhará a um rei.

8 – O nativo nascido com Mercúrio em signo de Áries ou Escorpião gostará de apostar, de se endividar e de bebidas alcoólicas; será ateu, argumentará contra o espírito dos Shastras, será um ladrão, será pobre, terá uma esposa má, será enganoso, será um mentiroso e desviará do caminho da retidão.
O nativo nascido com Mercúrio em signo de Touro ou Libra será um pregador, terá muitos filhos e esposas, algumas vezes estará empenhada em ganhar dinheiro, será liberal em dádiva e respeitará seu preceptor [e familiares segundo o comentador].

9 – O nativo nascido com Mercúrio em signo de Gêmeos será arrogante, será instruída nas ciências, na música, na dança e na pintura; terá fala doce e viverá em conforto.
O nativo nascido com Mercúrio em signo de Câncer ganhará dinheiro com trabalhos relacionados com a água [atos de força de acordo com outra leitura]. E será repugnada por seus parentes.
10 – O nativo nascido com Mercúrio em signo de Leão será repugnada por mulheres, será pobre, não terá conforto nem filhos, vagará de um lugar para outro, será ignorante, gostará de mulheres e sofrerá desgraça.
O nativo nascido com Mercúrio em signo de Virgem será liberal em suas ações, será instruída , possuirá muitas virtudes, viverá em conforto, será de natureza paciente, será engenhosa e destemida.

11 – O nativo nascido com Mercúrio em signo de Capricórnio ou Aquário trabalhará para outros homens, será pobre, será um escultor, terá dívidas e não receberá o suficiente.
O nativo nascido com Mercúrio em signo de Sagitário será respeitada pelos reis, será instruída nas ciências e nas leis.
O nativo nascido com Mercúrio em signo de Peixes será habilidosa em fazer amizade com outros homens, descobrirá prontamente as opiniões de outras pessoas e será instruída no artesanato de homens de baixa casta, como fabricação de sapatos e afins.

12 – O nativo nascido com Júpiter em signo de Áries ou Escorpião será um comandante de exércitos, será muito rica, terá muitas esposas e filhos, será liberal em dádivas, terá bons servos, será de natureza paciente, e brilhante aparência, será feliz com sua esposa e será de grande fama.
O nativo nascido com Júpiter em signo de Touro ou Libra estará livre de doenças, viverá em conforto, será rica, terá amigos e filhos, será liberal em suas ações e será apreciada por todos.
O nativo nascido com Júpiter em signos de Gêmeos ou Virgem terá muitas roupas, casas, servos, filhos e amigos, será um ministro e viverá em conforto.

13 – O nativo nascido com Júpiter em signo Câncer será possuidora de gemas, filhos, riqueza, esposa, influência, inteligência e conforto.
O nativo nascido com Júpiter em signo de Leão será tudo o que foi dito no caso do nativo nascido com Júpiter em Câncer e será, além disso, um comandante de exércitos.
O nativo nascido com Júpiter em signo de Sagitário ou Peixes será o governante de uma província ou ministro sob o comando de um rei ou comandante de exércitos ou será muito rica.
O nativo nascido com Júpiter em signo de Aquário será tudo o que foi dito no caso do nativo nascido com a Lua em signo de Câncer.
O nativo nascido com Júpiter em signo de Capricórnio fará atos desonrosos à sua posição na vida, possuirá muito pouca riqueza e será afligida pela dor.

14 – O nativo nascido com Vênus em signo de Áries ou Escorpião gostará das esposas de outros homens, perderá sua propriedade por meio de sua influência e trará desgraça à sua família.
O nativo nascido com Vênus em signo de Touro ou Libra adquirirá riqueza por seus próprios poderes e inteligência, será apreciada pelo rei, será uma pessoa importante entre seus parentes, será um homem de fama e será destemida.

15 – O nativo nascido com Vênus em signo de Gêmeos fará o trabalho de um rei, será rica e aprenderá músicas.
O nativo nascido com Vênus em signo de Virgem se dedicará a um trabalho árduo.
O nativo nascido com Vênus no signo de Capricórnio ou Aquário será apreciada por todos, estará sujeita à influência das mulheres e será apreciador de mulheres más.

16 – O nativo nascido com Vênus em signo Câncer terá duas esposas, será um mendigo, será tímida e muito arrogante e sofrerá muito pesar.
O nativo nascido com Vênus em signo de Leão irá adquirir dinheiro através de mulheres, terá uma excelente esposa e muito poucos filhos.
O nativo nascido com Vênus em signo de Sagitário será possuidora de excelentes qualidades e será rica.
O nativo nascido com Vênus em signo de Peixes será instruída, será rica, será respeitada pelo rei e será apreciada por todos.

17 – O nativo nascido com Saturno em signo de Áries será um tolo, vagará de um lugar para outro e não terá amigos.
O nativo nascido com Saturno em signo de Escorpião sofrerá aprisionamento, receberá golpes, será indiferente ao trabalho e será implacável.
O nativo nascido com Saturno em signo de Gêmeos ou Virgem será desavergonhada, sofrerá pesar, será pobre, não terá filhos, será um mau pintor ou escritor, será um policial e será um chefe oficial.

18 – O nativo nascido com Saturno em signo de Touro gostará de mulheres de baixa casta, possuirá pequena riqueza e terá várias esposas.
O nativo nascido com Saturno em signo de Libra, será um homem de fama conhecida, será o chefe de um partido de homens em uma cidade ou em um exército ou em uma aldeia e será rico.
O nativo nascido com Saturno em signo Câncer será pobre, terá muito poucos dentes, será separada de sua mãe e não terá filhos e será um tolo.
O nativo nascido com Saturno em signo de Leão não será merecedora de respeito, sofrerá pesar, não terá filhos e levará fardos.

19 – O nativo nascido com Saturno em signo de Sagitário ou Peixes terá uma excelente morte, será um oficial fiel no palácio do rei, terá bons filhos e uma boa esposa; possuidor de boa fortuna será o homem chefe em uma cidade, em um exército ou em uma aldeia.
O nativo nascido com Saturno em signo de Capricórnio ou Aquário desejará as esposas e propriedade de outros homens, será a cabeça de uma cidade, uma aldeia ou um exército, terá olhos fracos, será suja, será indiferente ao banho, terá uma riqueza e autoridade permanentes e desfrutará da propriedade adquirida por ele.
20 – Efeitos similares são descritos para os vários signos do Zodíaco quando a Lua os ocupa, e quando ela é aspectada por tais planetas, são mencionados também para o signo ascendente; mais os efeitos são devidos ao signo ascendente e ao 2º, 3º e outros bhavas [casas]; se as casas forem fortes e se seus regentes também forem fortes, os objetos representados por eles serão promovidos e reduzidos, se forem fracos.

NOTAS: Se o signo ascendente e seu regente forem fortes, a pessoa nascida terá um físico forte; se a 2ª casa e seu regente forem fortes, a pessoa será rica. Comentários semelhantes aplicam-se aos outros bhavas.

Os seguintes foram extraídos do trabalho do Satyachariar:

1. O nativo nascido quando Áries é o signo ascendente terá dedos desfigurados, será de temperamento irascível, trará inimizade, agirá inconsistentemente com seus pontos de vista, será de temperamento bilioso e ventoso, será um avarento, sofrerá com angustias, quando jovem, será separado de seus pais e de seu preceptor, terá filhos tolos, ajudará seus irmãos e parentes, será virtuoso, viajará para terras estrangeiras, se ocupará em trabalho inútil, casará com uma mulher de uma casta baixa ou uma mulher enganadora ou uma mulher de membros defeituosos ou que já era casada, obterão como pessoas de relação de natureza amistosa e encontrarão a morte dele por armas ou por veneno ou por problemas biliosos ou pelas pessoas ao redor dele, ou pelo fogo, pela chuva, por ser fechado em uma prisão ou por queda.

2. O nativo nascido quando Touro é o signo ascendente terá lábios grandes, bochecha, nariz e testa, será de temperamento fleumático e ventoso, será liberal em suas ações, será um gastador, terá filhas e muito poucos filhos, irá maltratar seus pais, gosta de trabalhar, realizará atos perversos, ganhará muita riqueza, irá gostar de sua esposa e irá sofrer com armas. Ele encontrará sua morte por meio de armas, cordas ou animais, em terras estrangeiras ou morrerá por excesso de trabalho ou por água, por uma lança ou por falta de exercício ou por quadrúpedes.

3. O nativo nascido quando o signo ascendente é Gêmeos ou será de membros defeituosos ou possuirá membros extras, será de fala doce, empreenderá trabalhos excelentes, será de temperamento misto, será de pouca compreensão e de corpo pequeno, será apreciado por seu preceptor e por sábios, terá muito poucos irmãos mais novos, não será de hábitos muito ativos, porá outros homens à desgraça, possuirá boas qualidades, estará ansioso para participar de um número grande de obras será virtuoso e não mau, ganhará e gastará muito, possuirá várias esposas e estará livre de doenças sérias. Ele vai encontrar sua morte por mordida de cobra, veneno, animais ou pela água.

4. O nativo nascido quando o signo ascendente é Câncer será um homem sem princípios fixos, sofrerá de doenças dos órgãos genitais, será de natureza tímida, será grata, será de temperamento fleumático e ventoso, será de firme entendimento, fará ações pecaminosas, gastará a propriedade de outros homens, será altivo entre seu povo, será colocado em desgraça por seus parentes, perderá seus filhos, se engajará em importantes obras em terras estrangeiras, será de fala imperfeita, será um mestre sobre outros homens, terá uma esposa desigual, sofrerá desgraça de seus inimigos e será respeitado por muitas pessoas. Ele encontrará sua morte por meio de um enfeite no pescoço ou uma corda, por queixas fleumáticas, pela fratura dos ossos, pelo corte da espada ou pela hidropisia.

5. O nativo nascido quando o signo ascendente é Leão será severa, apegada à comida de animais e de temperamento biliar, eliminará a destruição, apoiará sua família se engajando em vários trabalhos, será um avarento, gostará das pessoas, será um homem de renome e de resignação; Irritará seus parentes, será capaz e enérgico, será de natureza pecaminosa, possuirá várias esposas e terá uma cintura, joelhos e dentes doentes. Ele encontrará sua morte por armas, animais nocivos, por veneno, por madeira, por doenças, pelas criaturas da água ou pela fome.

6. O nativo nascido quando o signo ascendente é Virgem, será de fala doce, de aparência brilhante, pernas e braços longos, será de temperamento misto, será de excelente beleza, terá feridas, será rico, será um avarento, será inseparável de seus parentes, terá muitas filhas, estará em maus termos com seus irmãos e irmãs. Será inclinado a ações de virtude, não ganhará muito e será habilidoso no trabalho. Ele vai encontrar sua morte por meio de quadrúpedes, armas, ataques biliosos, luto, fogo ou corda.

7. O nativo nascido quando Libra é o signo ascendente será de um corpo áspero, uma natureza severa e um temperamento fleumático e ventoso, vai começar trabalhos sem pensar, será de pescoço curto, será grato, vai adquirir muita riqueza, vai tornar-se famoso por seus atos de liberalidade, servirá sob seu preceptor, será respeitado por seu pai, irmãos e outros, será afeiçoado por viagens, será virtuoso, se esconderá para escapar de problemas de seus parentes, perderá sua esposa, vai gostar de lutar e vai sofrer com luto. Ele encontrará sua morte por um homem famoso, por seus parentes, por quadrúpedes, por calamidade, pela separação de um objeto de desejo ou pelo cansaço da jornada.

8. O nativo nascido quando o signo ascendente é Escorpião terá um rosto largo e uma barriga longa, será de uma natureza severa e de um temperamento bilioso, terá olhos castanhos, será lento e de passo rápido, será um mestre sobre os outros, protegerá uma grande família, será odiado por seus parentes, gastará muito, terá muitos filhos, não viverá em conforto, não terá inimigos, perderá suas virtudes, protegerá os bois, cairá em mau humor por causa de sua esposa, não cederá nada a seus inimigos, terá seus próprios homens para combater seus inimigos, sofrerá de numerosas doenças e se entregará a seu inimigo por medo. Ele irá encontrar sua morte por aprisionamento, golpes, corte de espadas, doenças graves ou pelo fogo.

9. O nativo nascido quando o signo ascendente é Sagitário terá grandes membros, dentes e nariz, será de temperamento fleumático e ventoso, terá um órgão genital carnudo, coxas e braços também, será de unhas defeituosas, será habilidoso no trabalho, será ousado na luta, servirá sob os homens de casta baixa, será privado de sua propriedade por ladrões, pelo fogo ou pelo rei, será erudito em leis, será respeitado por muitas pessoas, vai dar problema a seus irmãos, vai trabalhar em terras estrangeiras, será apreciado pelo rei, será indiferente aos atos de virtude, vai brigar com suas esposas e terá um rosto doente. Ele vai encontrar sua morte por quadrúpedes, cobras, o rei ou por prisão.

10. O nativo nascido quando o signo ascendente é Capricórnio terá um nariz pequeno, rosto, braços e pernas compridas; será de temperamento ventoso, de natureza tímida, ocupa-se impensadamente no trabalho, sofrerá aprisionamento, terá uma pequena família e uma pequena riqueza, será um avarento, terá filhas, não terá parentes, viverá em abundância, Adquirirá riqueza pelo seu valor através do rei e pela floresta, observará jejuns, terá uma esposa de baixa casta, e será unida a ela, terá um corpo grande, poucos cabelos e joelhos fracos e sofrerá de doenças. Ele encontrará sua morte pelas crianças, pelo vento, pelas armas, pelo rei, pelo veneno, pelo outono, por um elefante, por um aumento de bile ou por dispepsia.

11. O nativo nascido quando o signo ascendente é Aquário, será de hábitos inativos e de natureza severa, será a mais velha da família, será de temperamento bilioso e ventoso, terá um nariz em forma de flor ou planta de gergelim, desperdiçará a sua riqueza, terá muitos servos, será odiado pelos seus parentes, preceptores, inimigos e amigos; Apaixonado por atos de maldade adquirirá muitas propriedades, nunca gastará dinheiro em caridade, assumirá uma demonstração de virtude, adorará os Devas e sofrerá ataques fleumáticos que afetam o peito. Ele vai encontrar sua morte de dores na barriga por vômito e por drogas administradas por mulheres.

12. O nativo nascido quando o signo ascendente é Peixes terá lábios grossos, olho de peixe e nariz grande, será de temperamento fleumático e ventoso, será um sábio, será de pele desfigurada e de hábitos ativos, será notável por seu ganho e perda, terá bons servos e parentes, estará disposto a ações de virtude, terá uma boa esposa, ajudará seu pai, se unirá a uma mulher de baixa qualidade e terá inimigos ruins. Ele encontrará sua morte por doença, corrupção do sangue, mordida de cobra, ataque de um leão, pelos chefes de gangs, por doenças venéreas, por drogas, por jejum ou pelas fadigas da jornada.


19. Aspectos Planetários.

Capítulo 19, Shloka 1 – Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Áries e estiver aspectada por Marte, a pessoa se tornará um rei; se ela for aspectada por Mercúrio, a pessoa será instruída; se por Júpiter, ele se assemelhará a um rei; se por Vênus, ele será um homem de boa conduta; ou um comerciante de acordo com outra leitura; se por Saturno, ele será um ladrão e se pelo Sol, ele será pobre.
Se no momento do nascimento a Lua ocupar o signo de Touro e for aspectada por Marte, a pessoa será pobre; se ela for aspectada por Mercúrio, ele será um ladrão; se por Júpiter ele será respeitado pelo povo; ou será um rei rico de acordo com outra leitura; se por Vênus ele será um rei; se por Saturno, ele irá mentira e se pelo Sol, ele será um servo.
Se no momento do nascimento a Lua ocupar o signo de Gêmeos e for aspectada por Marte, a pessoa venderá armas; se ela for aspectada por Mercúrio, ele se tornará um rei; se por Júpiter, ele será erudito; se por Vênus, ele será destemido; se por Saturno, ele será um tecelão e se pelo Sol, ele será pobre.
Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Câncer e estiver aspectada por Marte, a pessoa será um valente soldado; se ela for aspectada por Mercúrio, ele será um autor literário; se por Júpiter, ele será erudito; se por Vênus, ele será um rei; se por Saturno ele viverá de armas e se pelo Sol sofrerá de doenças dos olhos.

2 – Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Leão e for aspectada por Mercúrio, a pessoa será um astrólogo; se aspectado por Júpiter, ele será rico; se por Vênus, ele será um rei; se por Saturno, ele será um barbeiro; se pelo sol, ele será um rei, e por se Marte, ele também será um rei.
Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Virgem e for aspectada por Mercúrio, a pessoa será um rei, se aspectado por Júpiter, ele será um comandante de exércitos, se por Vênus, ele estará vigilante e se por Saturno, o Sol ou Marte, ele viverá servindo as mulheres.
Se no momento do nascimento a Lua ocupar o signo de Libra e for aspectada por Mercúrio, a pessoa será um rei; se aspectado por Júpiter, ele trabalhará em ouro; se por Vênus, ele será um comerciante; e se por Saturno, o Sol ou Marte, ele será mentiroso.
Se no momento do nascimento a Lua ocupar o signo de Escorpião e for aspectada por Mercúrio, a pessoa terá gêmeos; [ou terá dois pais de acordo com alguns Comentadores]; se aspectado por Júpiter, ele será obediente; se por Vênus, ela será uma lavadeira; se por Saturno, ele será de membros defeituosos; se pelo Sol ele for pobre e se por Marte for rei.

3 – Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Sagitário e for aspectada por Mercúrio, a pessoa protegerá seus parentes; se aspectado por Júpiter, ele será um rei; se por Vênus, ele protegerá muitos homens; e se por Saturno, o Sol ou Marte, ele será colocado em uma demonstração de virtude e não atenderá ao trabalho de outras pessoas.
Se momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Capricórnio e for aspectada por Mercúrio, a pessoa será o rei dos reis; se aspectado por Júpiter, ele será um rei; se por Vênus ele será erudito; se por Saturno ele será rico; se pelo sol ele será pobre; e se por Marte, ele será um rei.
Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Aquário e for aspectada por Mercúrio, a pessoa será um rei; se aspectado por Júpiter, ele se assemelhará a um rei; se por Vênus ou Saturno ou o Sol ou Marte, ele vai gostar das esposas de outros homens.
Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o signo de Peixes e for aspectada por Mercúrio, a pessoa será espirituosa; se aspectado por Júpiter, ele será um rei; se por Vênus, ele será um erudito e se por Saturno, o Sol ou Marte, ele fizer atos perversos.

Nota: Como declarado na última Shloka do último capítulo, tudo o que foi dito sobre a Lua se aplica também ao signo ascendente. A Lua, ao considerar os vários signos do Zodíaco, exceto o signo de Câncer, produz efeitos maléficos quando tais signos são maléficos para o ascendente.

4 – Se no momento do nascimento, a Lua ocupar a hora solar ou lunar de um signo, ela produzirá efeitos benéficos se for aspectada por planetas ocupando respectivamente as horas Solar e Lunar. Se a Lua for aspectada 1º pelo regente do Drekana [D3], ocupado por ela, ou 2º pelos regentes dos planetas que ocupam signos amigos, ela produzirá efeitos benéficos. Os efeitos descritos para a Lua ocupando os vários signos e sendo aspectados pelos planetas regentes destes, aplicam-se a ela quando ela ocupa os vários Dwadasamshas [D12], e é aspectada pelos planetas regentes deles [a mesma observação vale com referência ao Ascendente do Dwadasamsha. Se o Dwadasamsha ascendente não for o de Câncer, e se o signo ascendente [do Rasi] for aspectado pela Lua, os efeitos serão maléficos; se o ascendente Dwadasamsha for o de Câncer, e se o signo ascendente [do Rasi] for aspectado pela Lua, os efeitos serão benéficos], Se a Lua ocupa determinados Navamshas [D9], e é aspectada pelos planetas regentes deles, os efeitos serão aqueles declarados como segue.

5 – Se no momento do nascimento a Lua ocupar o Navamsha de Marte e for aspectada pelo Sol, a pessoa será o protetor de uma cidade; se aspectado por Marte, ele vai gostar de tortura; se aspectado por Mercúrio, ele será habilidoso em duelo de luta; se por Júpiter, ele será um rei; se por Vênus será rico; e se por Saturno, ele trará brigas.
Se, no momento do nascimento, a Lua ocupar o Navamsha de Vênus e for aspectada pelo Sol, a pessoa será um tolo; se aspectado por Marte, ele será apaixonado pelas mulheres de outros homens; se por Mercúrio um bom poeta ou irá desejar as melheres de outros homens de acordo com outra leitura e se por Júpiter ele produzirá boas obras literárias; se por Vênus, ele gostará de confortos; se por Saturno, ele se unirá com as esposas de outros homens.
6 – Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o Navamsha de Mercúrio e ser aspectada pelo Sol, a pessoa será um duelista ou um dançarino; se aspectado por Marte, ele será um ladrão; se por Mercúrio, ele será um grande poeta; se por Júpiter, ele será um ministro; se por Vênus ele for habilidoso em música, e se por Saturno ele for habilidoso em artes mecânicas.
Se no momento do nascimento, a Lua ocupar o Navamsha de Câncer e ser aspectada pelo Sol, a pessoa será de pequeno porte; se aspectada por Marte, ele será um avarento ou possuirá pequena riqueza; se por Mercúrio, ele praticará austeridades; se por Júpiter, ele será um chefe, se por Vênus, ele vai prosperar através das mulheres; e se por Saturno ele gosta de trabalhar.

7 – Se, no momento do nascimento, a Lua ocupar o Navamsha de Leão, e ser aspectada pelo Sol, a pessoa será de temperamento raivoso; se aspectado por Marte, ela será apreciada pelo rei; se por Mercúrio, ela se tornará rica pela descoberta do tesouro escondido; se por Júpiter, ela será de influência e autoridade; se por Vênus, ela não terá filhos e se por Saturno irá fazer atos perversos.
Se na época do nascimento, a Lua ocupar o Navamsha de Júpiter e for aspectada pelo Sol, a pessoa será de poderes bem conhecido; se aspectado por Marte, ele será erudito nas regras da luta; se por Mercúrio, ele será habilidoso no teatro; se por Júpiter, ele será um ministro; se Vênus, ele não terá virilidade; e se por Saturno, ele estará disposto de maneira caritativa.

8 – Se, no momento do nascimento, a Lua ocupar o Navamsha de Saturno e for aspectada pelo Sol, a pessoa terá muito poucos filhos; se aspectado por Marte, ele será infeliz embora rico; se por Mercúrio, ele será altivo; se por Júpiter, ele fará atos adequados à sua posição na vida; se por Vênus, ele vai gostar de mulheres más e se por Saturno, ele será um avarento. Tudo o que foi dito para a Lua ocupando Navamshas em particular e sendo aspectado pelos vários planetas aplica-se também ao Sol com esta exceção que onde o aspecto Solar foi referido, ele será lido como aspecto Lunar.

9 – Se a Lua ocupar uma posição de Vargottama, seu próprio Navamsha, ou outros Navamshas, os efeitos benéficos descritos para a Lua ocupando os vários Navamshas e sendo aspectados por planetas serão respectivamente completos, parciais e pequenos: e os efeitos maléficos descritos serão respectivamente pequenos, parciais e completos [a mesma observação se aplica ao signo ascendente e ao Sol]. Se o regente do Navamsha for forte, somente os efeitos descritos para os aspectos planetários no caso de Navamshas [da lua ou do Ascendente] virão a acontecer e não aqueles descritos para a Lua ocupando os vários signos e sendo aspectados pelos vários planetas [e não aqueles descritos por aspectos planetários para a Lua ocupando as várias Horas, Drekanas e Dwadasamshas].

20. Os planetas nas Casas

Capítulo 20, Shloka 1 – Se no momento do nascimento da natividade, o Sol ocupar o Ascendente, a pessoa vai gostar de lutar, será lenta no trabalho, sem visão e sem misericórdia; mas se Áries for o signo ascendente e o Sol o ocupar, a pessoa ficará rica e aflita com doenças dos olhos; se Leão for o signo ascendente e o Sol o ocupar, ele será cego à noite; se Libra for o signo ascendente e o Sol a ocupar, a pessoa será cega e pobre; se Câncer for o signo ascendente e o Sol o ocupar, ele terá uma lacuna em seus olhos. Se o Sol ocupar a 2ª casa do Ascendente, a pessoa será muito rica, terá sua riqueza levada pelo rei e sofrerá de doenças no rosto.

2 – Se no momento do nascimento, o Sol ocupar a 3ª casa do Ascendente, a pessoa será inteligente e poderosa; se ele ocupar a 4ª casa, a pessoa será afligida pelo sofrimento e pelos sofrimentos mentais; se ele ocupar a 5ª casa, ele não terá filhos e será pobre e se ocupar a 6ª casa, a pessoa será poderosa e será subjugada por seu inimigo.

Nota: de acordo com outra leitura, se o Sol ocupar a 6ª casa do Ascendente, os inimigos da pessoa encontrarão a ruína. De acordo com Satyachariar, tal pessoa estará livre de inimigos, doenças e pesar; mas o Texto tem o apoio de Yavauachariar e Suchidhwaja.

3 – Se, no momento do nascimento da natividade, o Sol ocupar a 7ª casa do Ascendente, a pessoa sofrerá desgraça nas mãos das mulheres; se ele ocupar a oitava casa, a pessoa terá muito poucos filhos e ficará cega; se ele ocupar a 9ª casa, a pessoa terá filhos, riqueza e conforto [a]; se ele ocupar a 10ª casa, a pessoa viverá em conforto e será poderosa; se ele ocupar a 11ª casa, a pessoa será muito rica e se ele ocupar a 12ª casa, ele se tornará um apóstata.

NOTAS: [a] De acordo com outra leitura, O nativo nascido com o Sol na 9ª casa não terá nem filhos nem riqueza. Assim, Satyachariar diz que tal pessoa fará atos perversos, será afligido com doenças e alcançará uma posição humilde na vida.

4 – Se no momento do nascimento da natividade a Lua ocupar o ascendente, tal pessoa se tornará mudo, louco, um idiota, cego ou surdo; ele se tornará escravo; se o signo ascendente ocupado pela Lua for Câncer a pessoa será rica, Áries terá muitos filhos ou Touro será rica. Se a Lua ocupar a 2ª casa do ascendente, a pertencerá a uma grande família. Se ela ocupar a 3ª casa, ele se deleitará em torturar animais. Se ela ocupar a 4ª ou a 5ª casa, ele estará em pleno desfrute do que as casas significam [a]. Se ela ocupar a 6ª casa, a pessoa terá numerosos inimigos, será de corpo mole, terá pouco apetite, terá uma vida sexual pouco ativa, será cruel e será lento no trabalho.

NOTAS: [a] Ou seja, se a Lua ocupa a 4ª casa do ascendente, a pessoa será feliz, terá parentes e casas e será instruída; e se ela ocupar a 5ª casa, a pessoa possuirá inteligência, filhos e coisas semelhantes.

5 – Se no momento do nascimento a Lua ocupar a 7ª casa do ascendente, a pessoa ficará com ciúmes da prosperidade de outros homens e será luxuriosa. Se ela ocupar a 8ª casa, a pessoa será inconstante e será acometida de doenças. Se ela ocupar a 9ª casa, a pessoa será apreciada por todos e terá filhos, amigos, parentes e riqueza. Se ela ocupar a 10ª casa, ele será bem sucedido em todos os lugares, será virtuoso, rico, inteligente e valoroso. Se ela ocupar a casa 11, a pessoa será famosa e ganhará riqueza e afins e se ela ocupar a 12ª casa a partir do ascendente, a pessoa será perversa e com membros defeituosos.

6 – Se no momento do nascimento da natividade Marte ocupar o ascendente, tal pessoa possuirá um corpo ferido; se ele ocupar a 2ª casa, a pessoa comerá refeições inferiores; se ele ocupar a 9ª casa, a pessoa será pecadora; e se ele ocupar as casas restantes [ou seja, as casas 3, 4, 5, 6, 7, 8, 10, 11 e 12] ele produzirá os mesmos efeitos que o Sol naqueles lugares.
Novamente, se no momento do nascimento da natividade Mercúrio ocupar o Ascendente, tal pessoa será instruída , se ele ocupar a 2ª casa, a pessoa será rica. Se ele ocupar a 3ª casa, a pessoa será muito má. Se ele ocupar a 4ª casa, a pessoa será instruída. Se ele ocupar a 5ª casa, ele será um ministro sob um rei; se ele ocupar a 6ª casa, ele não terá inimigos. Se ele ocupar a 7ª casa, ele possuirá "conhecimento da lei". Se ele ocupar a 8ª casa, a pessoa será famosa por suas virtudes. Se ele ocupar a 9ª, 10ª, 11ª e 12ª casas, ele produzirá os mesmos efeitos que o Sol naqueles lugares.

7 – Se no momento do nascimento da natividade Júpiter ocupar os 12 signos do Ascendente, tal pessoa será instruída [casa 1], respectivamente, de boa fala[casa 2], um avarento [casa 3], viverá em conforto [casa 4], será inteligente [casa 5], não terá inimigos [casa 6], possuirá virtudes superiores as de seu pai [casa 7], fará atos inadequados ao seu posto na vida [casa 8], será um devoto [casa 9], terá muita riqueza [casa 10], será cheio de lucro [casa 11, e será injusto [casa 12].

8 – Se no momento do nascimento da pessoa Vênus ocupar o ascendente, tal pessoa será habilidosa em questões amorosas e viverá em grande conforto; se Vênus ocupar a 7ª casa, a pessoa vai gostar de brigas e de sexo; se Vênus ocupar a 5ª casa, a pessoa viverá em conforto e se ocupar as casas restantes [isto é a 2ª, 3ª, 4ª, 6ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª e 12ª casas] os efeitos serão os mesmos que os de Júpiter nesses lugares; mas se Vênus ocupar o signo de Peixes no momento do nascimento, a pessoa ficará rica.

9 – Se no momento do nascimento da natividade Saturno ocupar o Ascendente, tal pessoa será pobre, será afligida com doenças e paixão sexual, será suja, sofrerá muito de doenças enquanto jovem, e será de fala indistinta. Mas se o Ascendente ocupado por Saturno for Libra, Sagitário, Capricórnio, Aquário ou Peixes, a pessoa será tão feliz quanto um rei, governará uma aldeia ou uma cidade, será instruída e possuirá membros finos. Mas se Saturno ocupar qualquer uma das outras casas [do 2º ao 12º], os efeitos serão os mesmos que os do Sol nos mesmos lugares.

10 – Ao determinar os efeitos dos planetas nas várias casas do Ascendente, deve-se levar em consideração a natureza de tais casas, isto é, se as casas ocupadas pelos vários planetas são seus signos amigos ou signos hostis ou neutros ou suas próprias casas ou seus signos de exaltação e similares [a]. Novamente, de acordo com satyachariar, os planetas benéficos promovem os Bhavas enquanto os maléficos os reduzem; mas nos casos das 6ª, 8ª e 12ª casas, o inverso é o caso [b].

Notas: [a] De acordo com Garga, planetas em sua exaltação, Moolatrikona, Swakshetra ou signos amigos promovem os Bhavas ocupados por eles; planetas em seus signos inimigos ou de debilitação reduzem os Bhavas ocupados por eles; e os planetas nos signos neutros nem promovem nem reduzem os Bhavas ocupados por eles.
[b] Isto é, se um planeta benéfico ocupa a 6ª casa, os inimigos encontrarão a ruína e se um planeta maléfico a ocupar, os inimigos aumentarão. Novamente, se um planeta benéfico ocupar a 8ª casa, uma pessoa será libertada de perigos , e se um planeta maléfico a ocupar, o perigo para a vida aumentará. Por último, se um planeta benéfico ocupar a 12ª casa, não haverá perda para a pessoa e se um planeta maléfico a ocupar, haverá um aumento de perda. Essa visão é de acordo com Swalpa Jataka.


11 – Se os planetas aos quais foram atribuídos os efeitos ocuparem seus signos de exaltação, tais efeitos ocorrerão completamente. Se eles ocuparem seus signos de Moolatrikona, apenas três quartos desses efeitos ocorrerão; se eles ocuparem suas próprias casas, metade desses efeitos ocorrerá; se eles ocuparem seus signos amigos, um quarto desses efeitos ocorrerá; se eles ocuparem seus signos inimigos, menos de um quarto de tais efeitos ocorrerá e se os planetas ocuparem seus signos de debilitação ou se acontecer de eles serem planetas de Astangata [Combusto], os bons efeitos descritos falharão completamente.

21. Os planetas nos vários Vargas

Capítulo 21, Shloka 1 – Se um único planeta ocupar sua própria casa no momento do nascimento da natividade, essa pessoa possuirá a dignidade média dos membros de sua família; se dois planetas ocuparem suas próprias casas, a pessoa será um membro importante de sua família; se três planetas ocuparem suas próprias casas, a pessoa será respeitada por seus parentes; se quatro planetas ocuparem suas próprias casas, a pessoa será rica; se cinco planetas o fizerem, ele viverá com conforto; se seis, ele viverá em facilidade luxuosa e tão feliz como um rei; e se sete planetas ocuparem suas próprias casas, a pessoa se tornará um rei.
Novamente, se um dos planetas ocupar um signo amigo, a pessoa levará uma vida dependente; se dois planetas o fizerem, ele será protegido por seus amigos; se três, pelos seus parentes; se quatro, por seus irmãos e primos; se cinco, a pessoa será um mestre sobre muitas pessoas; se seis, ele se tornará comandante de um exército; e se sete, ele se tornará rei.

2 – Se, no momento do nascimento da natividade, um único planeta ocupar seu signo de exaltação e for aspectado por um planeta amigo, essa pessoa se tornará um rei; se, no momento do nascimento, um dos planetas ocupar seu signo de exaltação e for conjunto a um planeta amigo, a pessoa se tornará muito rica e será universalmente respeitada; se, no momento do nascimento, um dos planetas ocupar um signo inimigo ou de debilitação, a pessoa ficará pobre; se dois planetas ocuparem seus signos inimigos ou de debilitação, a pessoa ficará aflita com a dor. Se três planetas ocuparem seus signos inimigos ou de debilitação, a pessoa se tornará um tolo. Se quatro planetas o fizerem, a pessoa sofrerá doenças. Se cinco planetas o fizerem, a pessoa sofrerá aprisionamento; Se houver seis planetas, a pessoa será vítima de muito sofrimento e, se sete planetas o fizerem, ele estará sujeito a torturar pessoas que não devem ser torturadas.

NOTAS: Mercúrio e o Sol não podem, ao mesmo tempo, ocupar seus signos de debilitação, Peixes e Libra, respectivamente. Sete planetas não podem, portanto, ocupar seus signos de depressão ao mesmo tempo. Neste, como em alguns outros casos já mencionados, o autor simplesmente citou as opiniões de escritores anteriores.

3 – De acordo com Satyacharya, O nativo nascido quando Aquário é o signo ascendente não será feliz; mas de acordo com os Yavanas, O nativo nascido quando Aquário é o nascente Dwadasamsha não será feliz. Esta última visão é contestada por Vishnugtipta com base em que cada signo do Zodíaco contém o Dwadasamsha de Aquário e que os efeitos benéficos foram atribuídos a vários signos.

4 – O nativo nascido quando os planetas maléficos ocupam as horas solares de signos impares será de fama difundida, fará ações importantes, será poderosa, rica e de aparência brilhante. O nativo nascido quando os planetas benéficos ocupam os horas (D2), lunares de signos pares será de comportamento gentil e de aparência brilhante; viverá em conforto, será apreciado por todos; será inteligente e será de fala doce.

5 – Se as Horas ocupadas pelos planetas maléfico e benéfico forem às mesmas que as mencionadas acima, enquanto os signos são diferentes, [a] a pessoa será tudo o que foi dito acima para os dois yogas em um grau moderado; mas se às duas horas e os signos forem diferentes [b], os efeitos falharão.

NOTAS: [a] Isto é, se os planetas maléficos ocupam as horas solares em signos pares ou os planetas benéficos ocupam as horas lunares em sinais impares.
[b] Isto é, se os planetas maléficos ocupam as horas lunares dos signos pares ou os planetas benéficos ocupam as horas solares de signos impares.

NB: Tanto o Autor como o Comentador não perceberam o caso do nativo nascido quando os planetas maléficos ocupam as horas lunares de signos impares ou os planetas benéficos ocupam as horas solares dos mesmos signos. Evidentemente, O nativo nascido sob esses yogas será tudo o que foi declarado na quarta estrofe em grau moderado.


6 – O nativo nascido quando a Lua ocupa seu próprio Drekana ou um Drekana amigo será de beleza muito fina e de virtudes conhecidas, mas se a Lua ocupar outros Drekanas a pessoa será o que foi dito acima, de acordo com a o caráter do regente de tal Drekana [a].
Se no momento do nascimento a Lua ocupar uma Vyala [serpente], Drekana [b] a pessoa será perversa; se ela ocupar um Ayudha [arma] Drekana [c] a pessoa fará atos de tortura; se ela ocupar um Chatushpad [quadrúpede] Drekana [d] a pessoa coabitará com a esposa do seu preceptor, e se ela ocupar um Pakshi [pássaro] Drekana [e] a pessoa será de hábitos errantes.

NOTAS: [a] Isto é, se tal regente for neutro [na hora do nascimento] para a Lua, a pessoa será o que foi declarado em um grau moderado; mas se ele for inimigo da Lua, os efeitos falharão.
[b] Vyala Drekanas: Estes são o 2º Drekana de Câncer, o 1º de Vrischika e o 3º de Peixes.
[c] Ayudha Drekanas: Estes são os 1º e 3º Drekanas de Áries, o 2º de Gêmeos, o 1º de Leão, o 2º de Libra e o 1º de Aquário.
[d] Chatushpad Drekanas: Estas são as 2ª Drekana de Áries, a 2ª e 3ª de Touro, a 1ª de Câncer, a 3ª de Libra, a 3ª de Escorpião e a 1ª de Sagitário.
[e] Pakshi Drekanas: Estes são o 2º Drekana de Áries, o 2º de Gêmeos, o 1º de Leão e o 2º de Libra.
Se os Drekanas ocupados pela Lua forem de mais de um personagem, a pessoa será tudo o que foi declarado para cada personagem.


7 – O nativo nascido quando o Ascendente Navamsha é o de Áries, será um ladrão; quando é o de Touro, ele desfrutará de seus ganhos; quando é de Gêmeos, a pessoa será instruída ; quando é de Câncer, ele será rico; quando é o de Leão, ele será um rei; quando é de Virgem, ele será hermafrodita; quando é o de Libra, ele será ousado na luta; quando é o de Escorpião, ele ganha seu sustento transportando cargas; quando é de Sagitário, ele se tornará escravo; quando é de Capricórnio, ele será um pecador; quando é Aquário, ele será iníquo, e quando é o de Peixes, ele será destemido.
Mas se o Ascendente Navamsha for ao mesmo tempo um Vargottama Navamsha a pessoa nascida será o chefe das respectivas classes de pessoas mencionadas. Os Ascendentes Dwadasamshas produzem os mesmos efeitos como se fossem os signos ascendentes.

8 – O nativo nascido quando Marte ocupa seu próprio Trimsamsha [d30] será um homem casado, será forte, usará ornamentos, será generoso, terá uma aparência brilhante e se dedicará inutilmente ao trabalho.
O nativo nascido quando Saturno ocupa seu próprio Trimsamsha será afligida por doenças; sua esposa morrerá antes dele, ele será iníquo, cobiçará as esposas de outros homens, será afligido pela tristeza, terá uma casa, roupas, atendentes e coisas semelhantes e será sujo.

9 – O nativo nascido quando Júpiter ocupa sua própria Trimsamsha será rica, famosa, feliz, inteligente, de aparência brilhante, universalmente respeitada, livre de doenças, de hábitos ativos e viverá no luxo.
O nativo nascido quando Mercúrio ocupa sua própria Trimsamsha será inteligente e instruída nas artes plásticas; será um fop, um autor literário, de fala distinta, será habilidoso em carpintaria e afins, seguirá as regras da vida estabelecidas pelos sábios, dará início a projetos ousados e será muito respeitado.

10 – 10. O nativo nascido quando Vênus ocupa sua própria Trimsamsha terá muitos filhos, viverá em grande conforto, estará livre de doenças, será apreciada por todos será rica, bela, má, de corpo justo e desfrutará do sexo oposto.
O nativo nascido quando o Trimsamsha de Marte é ocupado pelo Sol, será ousada na luta e quando estiver ocupada pela Lua, ele será lento no trabalho.
O nativo nascido quando o Trimsamsha de Saturno é ocupado pelo Sol será iníqua e, quando ocupada pela Lua, ele se entregará a atos de tortura.
O nativo nascido quando a Trimsamsha de Júpiter é ocupada pelo Sol será de boa disposição e quando ocupada pela Lua, à pessoa se tornará rica.
O nativo nascido quando a Trimsamsha de Mercúrio é ocupada pelo Sol viverá em conforto e quando estiver ocupada pela Lua, a pessoa será instruída.
O nativo nascido quando a Trimsamsha de Vênus é ocupada pelo Sol, possuirá um corpo fino e quando estiver ocupado pela Lua, ele será apreciado pelo povo.

22. Yogas Diversos

Capítulo 22, Shloka 1 – Planetas ocupando seus próprios signos ou sua exaltação ou signos Moolatrikona seriam planetas Karaka um do outro, se, ao mesmo tempo, ocuparem os Kendras do Ascendente. No caso acima, um planeta que ocupa a 10ª casa de outro planeta é considerado o Karaka especial daquele planeta.

NOTAS: Nesta e nas próximas duas estrofes, o termo "planetas Karaka [ajudando]" é definido.

2 – Consequentemente, se o signo ascendente for Câncer e a Lua o ocupar e se Marte, Saturno, o Sol e Júpiter ocuparem seus signos de exaltação, esses quatro planetas são conhecidos como planetas Karaka um para o outro [a] Novamente, para um planeta que ocupa o Ascendente todos os planetas [b] ocupando a 10ª ou 4ª casa são os planetas Karaka [c].

NOTAS: [a] Em outras palavras, Júpiter ocupa o signo de Câncer que é ao mesmo tempo o signo ascendente, Saturno ocupa a quarta casa [Libra], Marte a sétima casa [Capricórnio] e o Sol a décima casa [Áries]. O Comentador infere desta estrofe que os planetas que ocupam os seus signos de Swakshetra, Ucha e Mulatrikona são também planetas mutuamente Karaka, se eles ocuparem os signos de Kendra uns dos outros, embora não os signos de Kendra do Ascendente.
[b] Todos os planetas se eles ocupam seus próprios signos, seus signos de exaltação ou seus signos de Mulatrikona ou não, de acordo com o Comentador.
[c] Ou seja, o reverso não se sustenta. Em outras palavras, o planeta que ocupa o Ascendente não é um planeta Karaka daqueles que ocupam a 4ª ou a 10ª casa.


3 – Um planeta que ocupa seu signo Mulatrikona ou exaltação [mas não ocupando as casas de Kendra do Ascendente] também é considerado um planeta Karaka para aquele que ocupa a 10ª casa [a] de tal signo, e para o último, seu planeta Atimitra também é considerado um planeta Karaka.

NOTAS: [a] Este último planeta deve estar em sua Swakshetra, Mulatrikona ou signo de exaltação. Os efeitos dos planetas Karaka são descritos no trabalho de Varaha Mihira sobre Yoga Yatra, no qual é afirmado que quando um príncipe perde seu reino, ele o recupera no período de AntarDasha de um planeta Karaka; novamente, é dito que um homem desfruta de conforto, riqueza e sucesso quando a Lua passa pela casa de um planeta Karaka, ou pela 2ª casa daquela ocupada pelo Sol. Além disso, para que a jornada seja bem-sucedida, ela deve ser iniciada quando a Lua ocupar um dos dois lugares mencionados acima; caso contrário, o viajante receberá golpes no caminho.

4 O nativo nascido quando o Navamsha ascendente é Vargottama ou quando a Lua ocupa uma posição de Vargottama será feliz e próspera. A mesma observação se aplica a uma pessoa que no momento de seu nascimento, a 2ª casa do Sol for ocupada por planetas benéficos, ou se as casas Kendras não forem ocupadas por nenhum planeta. Além disso, se houver planetas Karaka será feliz e próspera.

5 – Se, no momento do nascimento da natividade, Júpiter, ou o regente do signo ocupado pela Lua, ou o regente do Ascendente ocupar uma casa Kendra, essa pessoa ficará feliz quando em sua maternidade. Novamente, se no começo de um Dasha o regente de tal período ocupar um signo Prishtodaya, ele produzirá seus efeitos no final do período. Se tal regente ocupar um signo de Sirodaya, ele produzirá seus efeitos no início do período e, se ele ocupar um signo de Sira-Prishtodaya, os efeitos serão sentidos no meio do período.

NOTAS: O Dasha deve ser dividido em três partes iguais; e os signos de Sirodaya, Prishtodaya e Siraprishtodaya são definidos no Capítulo I.

6 – O Sol e Marte produzem seus efeitos imediatamente após a entrada em um signo; Júpiter e Vênus ao passar pelo meio de um signo; Saturno e a Lua antes de deixar o signo e Mercúrio ao longo de seu curso.

NOTAS: [a] Tanto benéfico quanto maléfico. O signo deve ser dividido em três partes iguais de 10 graus cada.

23. Yogas Maléficos

Capítulo 23, Shloka 1 – Se, no momento do nascimento da natividade, as casas 5 e 7 do Ascendente ou da Lua forem ocupadas ou aspectadas por planetas benéficos ou por seus regentes, tais pessoas terão, respectivamente, filhos e uma esposa, de outro modo [isto é, se as casas 5 e 7 do Ascendente ou da Lua não forem ocupadas ou aspectadas por planetas benéficos ou pelos regentes das casas], ele não terá nem um nem outro. Se Virgem for o signo ascendente e se o Sol o ocupar, a pessoa perderá sua esposa se Saturno ocupe o signo de Peixes ao mesmo tempo perderá seus filhos se Marte ocupar Capricórnio ao mesmo tempo.

Notas: Se a Lua e Saturno ocuparem a 7ª casa, a esposa de uma pessoa irá abandoná-lo e casar com outra.
Se a 7ª casa for aspectada pela Lua e por Saturno, o número de esposas de uma pessoa será o número representado pelo Navamsha ocupado pelo regente da 7ª casa contando a partir do Navamsha de Áries.
Se Júpiter, Lua e Vênus ocuparem a 7ª casa e o Navamsha do Sol ou Marte, a pessoa terá uma única esposa; mas se a 7ª casa for aspectada pela Lua e por Vênus, a pessoa terá várias esposas.


2 – Se, no momento do nascimento da natividade, três planetas maléficos ocupam a 4ª e 8ª casa de Vênus ou se dois planetas maléficos estiverem em ambos os lados de Vênus, um de cada lado [2ª e 12ª de Vênus], ou se Vênus não for conjunta ou aspectada por planetas benéficos, a esposa da pessoa morrerá por fogo, por queda ou por cordas, respectivamente [a].

Notas: [a] Durante a vida do marido dela. Desde que, no primeiro Yoga, Vênus ao mesmo tempo ocupe um Agni [fogo] Drekana, no segundo um Nipata [caindo] Drekana e no terceiro um Pasa [corda] Drekana Vide Capítulo XXVII [Sobre os Drekanas].

3 – Se, no momento do nascimento da natividade, uma das duas casas, a décima segunda e a sexta, do Ascendente forem ocupadas pelo Sol e a outra pela Lua, a pessoa e sua esposa terão, cada uma, um único olho. Novamente, se Vênus e o Sol ocuparem uma das três casas, a 7ª, a 9ª e a 5ª, do Ascendente, a esposa da pessoa será de membros defeituosos.

4 – Se, no momento do nascimento da natividade, Saturno ocupar o signo ascendente [a] e se Vênus ocupar o Chakrasandhi Navamshas e a 7ª casa, a esposa da pessoa será estéril [b] desde que a 5ª casa não seja ocupada por planetas benéficos. Mais uma vez, se os planetas maléficos ocuparem as casas 12 e 7 e o Ascendente [c] e a Lua minguante ocupar a 5ª casa, a pessoa não terá esposa nem filhos.

NOTAS: [a] É claro que o signo ascendente deve ser Touro ou Virgem ou Capricórnio, caso em que a sétima casa será, respectivamente, Escorpião, Peixes e Câncer e os últimos Navamshas dessas três casas são conhecidos como Chakrasandhis ou Rikshasandhis.
[b] Se a pessoa se casar novamente, ele poderá ter filhos de acordo com alguns.
[c] Todas as três casas ou quaisquer duas casas ou qualquer casa de acordo com o Comentador.


5 – Se, no momento do nascimento da natividade, Vênus ocupar a 7ª casa do Ascendente e estiver no varga [divisão] de Saturno ou Marte e for aspectada por Saturno ou Marte, a pessoa cometerá adultério. Novamente, se Vênus ocupa o varga de Saturno ou Marte e é aspectado por Saturno ou Marte, a Lua, Saturno e Marte ocupam a 7ª casa do Ascendente, tanto o homem quanto sua esposa cometerão adultério. Novamente, se Vênus ocupa o varga de Saturno ou Marte e é aspectado por Saturno ou quando Marte ocupa a sétima casa do Ascendente, tanto o homem quanto sua esposa cometerá adultério. Novamente, se quando Vênus e a Lua ocupam um signo, Saturno e Marte ocupam a 7ª casa do Ascendente, a pessoa não terá esposa nem filhos. Novamente, se quando os planetas macho e fêmea ocupam um signo, Saturno, Marte ocupa a 7ª casa do Ascendente e é aspectado por planetas benéficos, a esposa da pessoa terá idade avançada e o homem se casará tarde na vida.

6 – Se, no momento do nascimento da natividade, a Lua ocupar a 10ª casa, Vênus a 7ª casa e os planetas maléficos a 4ª casa, tal pessoa destruirá sua família [a família será extinta com ele. O Comentador instaura o caso do príncipe Kuru, Duryodhana]. Se, no momento do nascimento, Saturno ocupar uma casa de Kendra e aspectar um signo, o Drekana de cujo regente pode ser ocupado por Mercúrio, a pessoa se tornará um pintor. Se, no momento do nascimento, Vênus ocupar a 1ª casa do Ascendente e o Navamsha de Saturno, a pessoa será o filho de uma serva; e se no momento do nascimento, o Sol e a Lua, ocuparem a 7ª casa e forem aspectados por Saturno, a pessoa fará ações impróprias para sua posição na vida.

7 – Se, no momento do nascimento da natividade, Vênus e Marte ocuparem a 7ª casa do Ascendente e forem aspectados por planetas maléficos, essa pessoa será afligida com a doença do inchaço. Se, no momento do nascimento da natividade, a Lua ocupar o Navamsha de Câncer ou Escorpião e for conjunta por planetas maléficos, a pessoa sofrerá doenças do órgão genital. Se, no momento do nascimento, a Lua ocupar o Ascendente, Saturno e Marte ocuparem a 12ª e a 2ª casas e o Sol a 7ª casa, a pessoa será afligida pela lepra branca. Se no momento do nascimento da natividade, a Lua ocupar a 10ª casa do Ascendente, Marte a 7ª casa e Saturno a 2ª casa do Sol, essa pessoa será de membros defeituosos.

8 – Se, no momento do nascimento da natividade, a Lua ocupar um lugar entre Saturno e Marte e o Sol ocupar o signo de Capricórnio, tal pessoa será afligida com asma, as doenças do baço ou abscesso interno; e se no momento do nascimento, o Sol e a Lua ocuparem cada um o signo ou o Navamsha do outro, a pessoa será afligida com a destruição pulmonar, e se o Sol e a Lua ocuparem juntos Câncer ou Leão, a pessoa será reduzida a um esqueleto.

9 – Se, no momento do nascimento da natividade, a Lua ocupar o 5º Navamsha de Sagitário [que é o Navamsha de Leão no signo de Sagitário] ou o Navamsha de Peixes, Câncer, Capricórnio ou Áries [estes podem ser Navamshas de qualquer signo] e for conjunto ou aspectado por Saturno ou Marte, tal pessoa será afligida com lepra [a]. Novamente, se a 5ª ou 9ª casa do Ascendente for signo de Escorpião, Câncer Touro ou Capricórnio e estiver ocupada ou aspectada por Saturno e Marte, a pessoa também será afligida pela lepra [b].

Notas: [a] De acordo com Yavanacharya, se a Lua for aspectada por planetas benéficos também ao mesmo tempo, a pessoa será de corpo desfigurado resultante de arranhões.
[b] Em outras palavras, o signo ascendente deve ser um dos signos triangulares [1] Vrishabha, Kanya, Makara ou [2] Kataka Vrischika, Meena.


10 – Se, no momento do nascimento da natividade, o Sol, a Lua, Marte e Saturno ocuparem a 8ª, 6ª, 2ª e 12ª casas de qualquer forma, tal pessoa ficará cega por causas relativas ao mais forte dos quatro planetas.

NOTAS: Sendo o planeta forte a Lua, a cegueira será causada por afecções fleumáticas. Se esse planeta for Marte, será causado por afecções biliosas; se for o Sol, então pelo calor ou madeira; e se for Saturno, será causado por afecções ventosas, pedras e afins.

11 – Se, no momento do nascimento da natividade, os planetas maléficos ocuparem a 9ª, 11ª, 3ª e 5ª casas e não forem aspectados por planetas benéficos, essa pessoa ficará surda por causas pertencentes ao planeta mais forte; se tais planetas maléficos ocuparem a 7ª casa do Ascendente, a pessoa terá dentes deformados.

12 – Se, no momento do nascimento da natividade, a Lua eclipsada, ocupar o signo ascendente, e se Saturno e Marte ocuparem as 5ª e 9ª casas do Ascendente, tal pessoa estará sujeita à influência de fantasmas. Novamente, se, no momento do nascimento, o Sol eclipsado ocupar o signo ascendente e se Saturno e Marte ocuparem as 5ª e 9ª casas do Ascendente, a pessoa perderá os olhos.

13 – Se, no momento do nascimento da natividade, Saturno ocupar a 7ª casa e Júpiter, o Ascendente, tal pessoa será afligida por queixas de vento. Se, no momento do nascimento, [1] Marte ocupa a 7ª casa e Júpiter, o Ascendente, ou [2], Saturno ocupa o Ascendente e Marte ocupa a 5ª, 7ª ou 9ª casa, ou [3], a Lua minguante e Saturno ocupa a 12ª casa, a pessoa se tornará louca ou idiota.

14 – Se, no momento do nascimento da natividade, um dos quatro planetas, o regente do Navamsha ocupado pela Lua, o Sol, a Lua e Júpiter, ocupar o Navamsha do regente de seu signo de debilitação ou um Navamsha inimigo, tal pessoa servirá sob outros homens para seu sustento; se dois dos quatro planetas ocuparem o Navamsha, ele se tornará escravo; e se três dos planetas ou todos os quatro ocuparem o Navamsha, a pessoa será o filho de um escravo.

15 – Se, no momento do nascimento da natividade, o signo ascendente for Touro, Áries ou Sagitário e, se os planetas maléficos o aspectarem, essa pessoa terá dentes feios; se, no momento do nascimento, um dos signos maléficos [regidos por planetas maléficos], ou Sagitário ou signo de Touro for o signo ascendente e se for aspectado por planetas maléficos, a pessoa ficará careca; se o Sol ocupar a 9ª ou 5ª casa do Ascendente e se ele for aspectado por planetas maléficos, a pessoa será de visão fraca; se, no momento do nascimento, Saturno ocupar a quinta ou a nona casa e for aspectado por planetas maléficos, a pessoa será afligida por várias doenças; e se no momento do nascimento, Marte ocupar a quinta ou a nona casa e for aspectada por planetas maléficos, a pessoa será de membros defeituosos.

16 – Se, no momento do nascimento da natividade, os planetas maléficos ocuparem de qualquer forma a 12ª, a 2ª e a 9ª casa, essa pessoa sofrerá aprisionamento e restrição da natureza do signo ascendente [a]. Novamente, se, no momento do nascimento, o Drekana em ascendência for um Sarpa [b] Drekana ou um Pasa [c] Drekana e se o signo [d] representado por seu regente for forte e aspectado por um planeta maléfico a pessoa também sofrerá aprisionamento da natureza de tal signo.

NOTAS: [a] Se o signo ascendente for Áries, Touro ou Sagitário, a pessoa será atada por cordas. Se o signo ascendente for Gêmeos, Virgem, Libra ou Aquário, ele será carregado com grilhões. Se o signo ascendente for Câncer, Capricórnio ou Peixes, a pessoa será calada em uma fortaleza, mas será cuidada. Se o signo ascendente for Escorpião, a pessoa será mantida em um porão subterrâneo.
[b] Bhujaga Drekanas: Estes são os primeiros Drekana de Câncer, o 1º e 2º de Escorpião, e o 3º de Peixes.
[c] Nigala Drekana: Este é o primeiro Drekana de Capricórnio.
[d] Isto é, se o nascente Drekana for o primeiro Drekana de Câncer, por exemplo, o regente de tal Drekana é a Lua cujo signo, novamente, é Câncer. Se a ascendente Drekana for a 2ª Drekana de Câncer, seu regente é Marte, cujo signo é Escorpião e se for a 3ª Drekana de Câncer, o regente de tal Drekana é Júpiter cujo signo é Peixes.


17 – Se, no momento do nascimento da natividade, a Lua for conjunta a Saturno, aspectada por Marte e cercada por um halo, tal pessoa será um homem de fala severa, será afligido com epilepsia e com destruição [a] .
Se, no momento do nascimento, o Sol, Saturno e Marte ocupam a 10ª casa do Ascendente e se eles não forem aspectados por planetas benéficos, a pessoa será um servo de diferentes graus [b].

NOTAS: [a] Se a Lua estiver sujeita ao primeiro dos três Yogas maléficos, a pessoa será um homem de fala severa; se ela estiver sujeita ao 2º Yoga, a pessoa sofrerá epilepsia; e se para o 3º Yoga, a pessoa será afligida pela destruição.
[b] Se um dos três planetas ocupar a 10ª casa, a pessoa será um criado digno. Se dois planetas ocuparem a 10ª casa, ele será um servente de nível intermediário e, se três ocuparem a 10ª casa, ele será um servente de baixa patente.


24. O Mapa Natal das mulheres

Capítulo 24, Shloka 1 – As mesmas observações se aplicam ao Mapa Natal das mulheres quanto ao Mapa dos homens; mas os efeitos que são mais adequados afetarão as mulheres e o resto afetará seus maridos. Segundo alguns todos os efeitos [a] afetarão o marido. A morte do marido será determinada a partir da oitava casa [do ascendente] no Mapa Natal de uma mulher. Questões relacionadas com o físico de uma mulher serão determinadas a partir do signo ascendente e o signo ocupado pela Lua e os assuntos relacionados com a sua fortuna e o seu marido serão determinados a partir da 7ª casa.

NOTAS: [a] Efeitos que podem ser desfrutados por ambos afetarão ambos. Tais efeitos como altos compromissos no estado afetarão o marido e os assuntos relacionados com o corpo afetarão somente a mulher. Daí a conveniência de um homem casar-se com uma menina nascida sob excelentes iogas planetárias.

2 – Se o signo ascendente e o signo ocupado pela Lua forem mesmo signo a mulher terá um verdadeiro caráter feminino e se tais signos forem aspectados por planetas benéficos ela será virtuosa e modesta e usará ornamentos, [a] Mas se tais signos forem impares, a mulher possuirá uma forma masculina e será de caráter masculino; e se forem ocupadas ou aspectadas por planetas maléficos, ela será perversa e possuirá poucas virtudes [b].

NOTAS: [a] De acordo com alguns, as virtudes serão seus ornamentos.
[b] Se o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua for impar ou par, enquanto o outro signo é par ou ímpar, a mulher compartilhará do caráter de um macho e uma fêmea. Uma observação semelhante aplica-se quando um dos signos é ocupado ou aspectado por um planeta maléfico ou benéfico e o outro por um planeta benéfico ou maléfico.


3 – Quando o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento de uma mulher for Áries ou Escorpião, se o ascendente do Trimsamsha [D30], ou Trimsamsha ocupada pela Lua for a de Marte, ela se tornará impura antes do casamento; se for de Saturno, ela levará uma vida de servidão. Se for de Júpiter, ela será casta; se for o de Mercúrio, ela será enganosa; e se for de Vênus, ela será de mau caráter.

4 – Quando o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento de uma mulher for Touro ou Libra, se o Ascendente do Trimsamsha ou o Trimsamsha ocupado pela Lua for o de Marte, ela será de má conduta; se for de Saturno, ela se casará uma segunda vez; se for de Júpiter, ela possuirá boas qualidades; se for o de Mercúrio, ela será habilidosa em música e dança; e se for de Vênus, ela possuirá todas as boas qualidades e será de grande fama.
Novamente, quando o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento de uma mulher for Gêmeos ou Virgem, se o Ascendente do Trimsamsha ou o Trimsamsha ocupado pela Lua for o de Marte, ela será enganosa; se for de Saturno, ela terá a natureza de um hermafrodita; se for de Júpiter, ela será casta; se for o de Mercúrio, ela possuirá muitas boas qualidades; e se for de Vênus, ela irá cometer adultério.

5 – Quando o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento de uma mulher é Câncer, se o Ascendente do Trimsamsha ou o Trimsamsha ocupado pela Lua for a de Marte, ela será de natureza independente; se for de Saturno, ela irá assassinar seu marido; se for de Júpiter, ela possuirá muitas boas qualidades; se for o de Mercúrio, ela será habilidosa em obras de arte; e se for de Vênus, ela será de mau caráter.
Quando o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento de uma mulher é Leão, se o Ascendente do Trimsamsha ou o Trimsamsha ocupado pela Lua for o de Marte, ela será de natureza masculina. Se for de Saturno, ela cometerá adultério; se for o de Júpiter, ela será a esposa de um rei; se for o de Mercúrio, ela será de natureza masculina; e se for de Vênus, ela cometerá adultério com uma pessoa de baixa casta.
Quando o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento de uma mulher for Sagitário ou Peixes, se o Ascendente do Trimsamsha ou o Trimsamsha ocupado pela Lua for o de Marte, ela possuirá muitas boas qualidades; se for de Saturno, ela não se entregará muito à união sexual; se for de Júpiter, ela possuirá muitas boas qualidades; se for o de Mercúrio, ela será uma mulher de conhecimento; e se for de Vênus, ela não terá casta.
Quando o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento de uma mulher é Capricórnio ou Aquário, se o Ascendente do Trimsamsha ou o Trimsamsha ocupado pela Lua for o de Marte, ela terá uma vida de servidão; se for de Saturno, ela se juntará a uma pessoa de baixa casta; se for de Júpiter, ela será apegada ao marido; se for o de Mercúrio, ela será má; e se for de Vênus, ela será estéril.

6 – Os efeitos descritos para o Ascendente Trimsamsha ou aqueles descritos para os Trimsamsha ocupados pela Lua virão a acontecer conforme o signo ascendente ou o signo ocupado pela Lua for mais forte que o outro.

7 – Se, no momento do nascimento de uma mulher, Saturno e Vênus ocuparem o Navamsha um do outro e se o signo ascendente for Touro ou Libra e o Ascendente Navamsha for Aquário, a mulher extinguirá o fogo venenoso de seus fortes desejos luxurioso por meio de outras mulheres assumindo um caráter masculino.

8 – Se, no momento do nascimento de uma mulher, a 7ª casa do signo ascendente ou do signo ocupado pela Lua não for ocupada por planetas, e se essa casa for fraca e não aspectada [ou ocupada] por planetas benéficos, o marido da mulher será perverso; se tal sétima casa for ocupada por Mercúrio ou Saturno, o marido será impotente; se tal 7ª casa estiver em um signos móvel, o marido estará sempre viajando em terras estrangeiras; se essa sétima casa for ocupada pelo Sol, a mulher será rejeitada pelo marido; se for ocupada por Marte e aspectada por planetas maléficos, ela se tornará viúva quando jovem; e se for ocupada por Saturno e aspectada por planetas maléficos, permanecerá solteira até uma idade avançada.

9 – Se a sétima casa, do signo ascendente ou do signo ocupado pela Lua no nascimento de uma mulher, estiver ocupada por vários planetas maléficos, a mulher se tornará viúva; se a 7ª casa for ocupada por vários planetas benéficos e maléficos, ela deixará o marido e se casará com outra pessoa; e se a 7ª casa for ocupada por um planeta maléfico, se fraca e se aspectada por um planeta benéfico, a mulher será rejeitada pelo marido.
Se Vênus e Marte ocuparem um o Navamsha do outro, a mulher cometerá adultério; e se a sétima casa do signo ascendente for ocupada pela Lua, Vênus e Marte, ela cometerá adultério com a permissão do marido.

10 – Se no momento do nascimento de uma mulher o signo ascendente for o de Saturno ou Marte e se for ocupado pela Lua e Vênus e aspectado por planetas maléficos, a mulher e sua mãe cometerão adultério Se o sétimo Navamsha da Ascendente cair na casa de Marte, aspectada por Saturno, o órgão sexual da mulher ficará doente. Se o 7º Navamsha cair em uma casa benéfica, a mulher será linda e amada pelo marido.

11 – Se, no momento do nascimento de uma mulher, o 7º signo do Ascendente ou do Navamsha for o de Saturno, o marido da mulher será um homem velho e um tolo; se tal signo ou Navamsha forem de Marte, o marido terá um temperamento irascível, mas será ligado à sua esposa. Se tal signo ou Navamsha forem de Vênus, o marido será belo e amante de sua esposa; se tal signo ou Navamsha forem de Mercúrio, o marido será instruído e inteligente.

12 – Se o 7ª signo a partir do Ascendente ou o 7º signo a partir do Ascendente Navamsha no momento do nascimento de uma mulher for o da Lua, o marido será cheio de desejos lascivos e de natureza quieta. Se tal signo ou Navamsha forem de Júpiter, o marido possuirá coragem e outras virtudes e terá controle sobre suas paixões e desejos; se tal signol ou Navamsha for o do Sol, o marido será de natureza muito suave e se engajará em muitas obras [a].

NOTAS: [a] De acordo com alguns, a leitura desta parte do texto é Raiikwrina em vez de Atilcarma, em cujo caso o significado é que o marido se entregará muito em união sexual.

13 – Se, no momento do nascimento de uma mulher, o signo ascendente for ocupado pela Lua e por Vênus, a mulher terá inveja da prosperidade de outras pessoas e será consciente de seus confortos; se o signo ascendente for ocupado pela Lua e por Mercúrio, a mulher será instruída nas belas artes, desfrutará do conforto e possuirá muitas boas qualidades; se o signo ascendente estiver ocupado em Vênus e Mercúrio, a mulher será linda, muito apreciada pelo marido e instruída em música, vocal e instrumental; se o signo ascendente for ocupado pela Lua, Mercúrio e Vênus, a mulher irá desfrutar de imensa riqueza e conforto e possuirá muitas boas qualidades. Se o signo ascendente for ocupado por Mercúrio, Júpiter e Vênus, as mesmas observações serão aplicadas.

14 – Se, no momento do nascimento de uma mulher, a oitava casa do Ascendente for ocupada por um planeta maléfico, a mulher se tornará viúva, a viuvez ocorrerá no Antardasha do planeta regente do Navamsha que o regente da 8ª casa ocupar. Se a 8ª casa for ocupada por um planeta maléfico e se a 2ª casa for ocupada por um planeta benéfico, a mulher morrerá diante do marido e se a Lua ocupar o signo de Virgem, Escorpião, Touro ou Leão, ela terá poucos filhos.

15 – Se, no momento do nascimento de uma mulher, Saturno não for forte nem fraco, a Lua, Vênus e Mercúrio forem fracos, e o Sol, Marte e Júpiter forem fortes e, se o signo ascendente for impar, a mulher será masculina [segundo alguns, a mulher vai gostar de muitos homens].
Se, no momento do nascimento de uma mulher, Júpiter, Marte, Vênus e Mercúrio forem fortes e se o signo ascendente for o mesmo, a mulher será amplamente difundida, será instruída e conhecedora também na Ciência da Divindade.

16 – Se, no momento do nascimento de uma mulher, a 7ª casa do signo ascendente for ocupada por um planeta maléfico enquanto a 9ª casa é ocupada por algum planeta, a mulher será, sem dúvida, uma ascética da classe pertencente ao planeta ocupando essa 9ª casa [a].
Tudo o que foi dito neste capítulo aplica-se as posições dos planetas no momento da promessa de presente de menina em matrimônio, de tal presente de matrimônio [b], também no momento da consulta.

NOTAS: [a] E os outros efeitos já descritos para os planetas que ocupam o 7º falharão.
[b] Desde que tais efeitos não colidam com os efeitos descritos nos capítulos sobre casamento 100 e 103 do Brihat Samhita.


25. Morte

Capítulo 25, Shloka 1 – Se, no momento do nascimento da natividade, a oitava casa do signo ascendente não estiver ocupada e for aspectada por um planeta forte, a pessoa morrerá de excesso do humor pertencente ao planeta [a]. A parte do corpo atacada será a parte que essa oitava casa representa no corpo do Kalapurusha [b]. Se vários planetas aspectam a 8ª casa, a parte do corpo estará sujeita a vários ataques resultantes de um excesso de vários humores pertencentes aos planetas fortes e a morte acontecerá. Mas se a 8ª casa for ocupada pelo Sol, à morte da pessoa será causada pelo fogo se for ocupada pela Lua, à morte será causada pela água; se por Marte, a morte será causada por armas; se por Mercúrio, será causado por febre; se, por Júpiter, será causada por alguma doença desconhecida; se, por Vênus, será causado pela sede; e se for ocupada por Saturno, à morte será causada pela fome [c]. Novamente, se a 8ª casa for um signo móvel, a pessoa morrerá em terras estrangeiras; se for um signo fixo, ela morrerá em seu próprio país; e se for um signo comum, ela morrerá em seu caminho.

Notas: [a] Planetas:
O Sol - Humores Biliares; A lua - vento e fleuma; Marte – Bile; Mercúrio - Todos os três humores; Júpiter – Fleuma; Vênus - Vento e Fleuma; Saturno – Vento.
[b] Vide Shloka 4, capítulo 1.
[c] Se o planeta for forte, haverá morte enquanto a pessoa estiver envolvida em um bom trabalho; se o planeta estiver fraco, a morte ocorrerá enquanto a pessoa estiver envolvida em um trabalho ruim e se o planeta não for forte nem fraco, a pessoa morrerá enquanto estiver envolvida em uma obra de caráter indiferente.


2 – Se, no momento do nascimento da natividade, o Sol e Marte ocuparem a quarta ou a décima casa do signo ascendente, a pessoa morrerá sendo atingida por pedras. Se as quarta, sétima e décima casas forem ocupadas respectivamente por Saturno, a Lua e Marte, a pessoa morrerá ao cair em um poço. Se o Sol e a Lua ocuparem o signo de Virgem e se eles aspectarem um planeta maléfico, haverá morte causada pelos parentes da pessoa. Se o signo ascendente for um signo comum e se for ocupado pelo Sol e pela Lua, haverá morte por afogamento.

3 – Se, no momento do nascimento da natividade, Saturno ocupar o signo de Câncer e a Lua signo de Capricórnio, a pessoa morrerá de um ataque de hidropisia. Se a Lua ocupar signo de Áries ou Escorpião e estiver entre planetas maléficos, a morte será causada por armas ou fogo. Se a Lua ocupar o signo de Virgem e estiver entre planetas maléficos, a morte será causada por uma corrupção do sangue ou pela falta de sangue. Se a Lua ocupar signo de Capricórnio ou Aquário e estiver entre planetas maléficos, haverá morte por enforcamento, fogo ou queda.

4 – Se, no momento do nascimento da natividade, a 5ª ou a 9ª casa forem ocupadas por dois planetas maléficos e se tais planetas não forem aspectados por planetas benéficos, a pessoa encontrará sua morte sendo trancada em uma prisão ou por outra restrição. Se a 8ª casa do signo ascendente contiver Sarpa, Pasa ou Nigala Drekana, a morte também resultará de prisão ou outra restrição. Se Virgem for a sétima casa do Ascendente e se for ocupada pela Lua conjunta por um planeta benéfico, se Vênus ocupar o signo de Áries e o Sol o signo Ascendente, a pessoa morrerá em sua própria casa e essa morte será causada por uma mulher.

5 – Se, no momento do nascimento da natividade, [1] a 4ª casa do Ascendente seja ocupada por Marte ou pelo Sol e se a 10ª casa for ocupada por Saturno ou, [2] se o Sol, Marte, Saturno e a Lua minguante ocupa o Ascendente, a 5ª casa e a 9ª casa ou, [3] se o Sol ocupa a 4ª casa e se Marte, que ocupa a 10ª casa, e for aspectado pela Lua minguante, a pessoa morrerá, em cada caso, sendo esfaqueado com uma lança Novamente, se o Sol ocupar a 4ª casa e se Marte ocupa a 10ª casa e ela for aspectada por Saturno, a pessoa morrerá sendo atingida por um pedaço de madeira.

6 – Se, no momento do nascimento da natividade, a 8ª, 10ª 1ª e 4ª casas forem ocupadas, respectivamente, pela Lua, Marte, Saturno e Sol, a pessoa morrerá sendo atingida por um taco ou bastão. Se as casas 10, 9, 1 e 5 forem ocupadas, respectivamente, pela lua minguante, Marte, Saturno e Sol, a morte da pessoa será causada por fumaça, fogo, prisão ou golpes.

7 – Se, no momento do nascimento da natividade, a quarta, a sétima e a décima casa forem ocupadas respectivamente por Marte, Sol e Saturno, a pessoa morrerá por armas, por fogo ou pelo rei. Se a 2ª, 4ª e 10ª casas forem ocupadas respectivamente por Saturno, a Lua e Marte, a pessoa morrerá de feridas e vermes.

8 – Se, no momento do nascimento da natividade, o Sol ocupar a 10ª casa e Marte ocupar a 4ª casa, a pessoa morrerá em consequência de uma queda de um veículo ou transporte. Se Marte ocupar a 7ª casa e o Sol, a Lua e Saturno ocuparem o signo ascendente, a pessoa morrerá sendo em uma máquina. Se [1] Libra for ocupada por Marte, Áries por Saturno e Capricórnio ou Aquário pela Lua, ou [2] se as casas 10, 7 e 4 forem respectivamente ocupadas pela Lua minguante, pelo Sol e por Marte, a pessoa vai morrer no meio dos excrementos.

9 – Se a Lua minguante for aspectada por Marte forte e se Saturno ocupar a 8ª casa, a pessoa morrerá de doenças que afetam as partes intimas, a parte afetada será comida por vermes ou cortada com a lanceta ou queimada ou empolada.

10 – Se, no momento do nascimento da natividade, o Sol e Marte ocupam a 7ª casa, Saturno ocupa a 8ª casa e a Lua minguante ocupa a 4ª casa, a morte da pessoa será causada por pássaros. Se a 1ª, 5ª, 8ª e 9ª casas forem ocupadas, respectivamente, pelo Sol, Marte, Saturno e Lua, a morte da pessoa será causada por uma queda do topo da montanha, por um ataque de um raio ou pela queda de um muro.

11 – A causa da morte de uma pessoa cujo Mapa Natal não contém nenhum dos Yogas enumerados acima será determinada a partir do 22º Drekana contado a partir do Ascendente Drekana no momento do nascimento da pessoa; e a morte será causada pelo regente de tal [22] Drekana ou pelo regente do signo do qual a Drekana é uma divisão, o que for mais forte, pela água, fogo ou outros meios pertencentes a esse regente.

12 – O local da morte de uma pessoa será o do signo ocupado pelo regente do Ascendente Navamsha; ou será o lugar do signo do planeta que ocupa o mesmo signo que é ocupado pelo regente do Navamsha em ascensão; ou será o lugar do signo do planeta aspectado pelo regente do Navamsha em ascensão; ou será o local do signo do regente do Navamsha ocupado pelo regente dos Navamsha em ascensão. O local real da morte será determinado por um exame cuidadoso dos vários pontos. O período durante o qual uma pessoa permanecerá insensível antes da morte será o tempo de ascensão oblíqua da parte do signo ascendente abaixo do horizonte. Se o signo ascendente for aspectado por seu regente, esse período será duas vezes maior e, receber aspectos dos planetas benéficos, será três vezes o tempo dessa ascensão oblíqua.

13 – Se, no momento do nascimento da natividade, o 22º Drekana do Drekana em ascensão for um krura Drekana [Krura Drekana é o Drekana de um planeta maléfico], o corpo da pessoa após a morte será queimado e reduzido a cinzas. Se o 22º Drekana for um Saumya Drekana [um Saumya Drekana é o Drekana de um planeta benéfico], o corpo será jogado na água, se esse Drekana for um Misra Drekana [um Misra Drekana é o Drekana de um planeta benéfico ocupado por um planeta maléfico, bem como o Drekana de um planeta maléfico ocupado por um planeta benéfico], o corpo não será queimado nem jogado na água, mas poderá secar. Se a 8ª casa contiver um Sarpa Drekana, o corpo será devorado por cães, chacais, corvos e similares. Assim foi descrita a mudança do corpo após a morte. Para um conhecimento da vida passada e futura de uma pessoa e da natureza dessa vida, o leitor deverá buscar trabalhos superiores no Mapa Natal.

14 – Se o regente dos Drekana ocupado pelo Sol ou pela Lua, o que for forte, for Júpiter, a pessoa veio de Devaloka; se esse regente é a Lua ou Vênus, a pessoa veio de Pitriloka; se esse regente é o Sol ou Marte, a pessoa veio do mundo dos animais inferiores; e se esse regente for Saturno ou Mercúrio, a pessoa veio da região do inferno.
Se o regente dos Drekana ocupado pelo Sol ou pela Lua, o que for forte estiver em seu signo de exaltação, essa última vida da pessoa terá um caráter exaltado; se esse regente ocupar um lugar entre os signos de exaltação e debilitação, a última vida será de média importância; e se esse regente ocupar seu signo de debilitação, a última vida da pessoa será de caráter inferior.

15 – Se a 6ª e a 8ª casa estiverem desocupadas, após a morte, a pessoa irá para o mundo [Loka] do planeta mais forte entre os regentes dos Drekanas da 6ª e 8ª casa; ou a pessoa irá para o mundo do planeta ocupando a 6ª, 7ª ou 8ª casa. Novamente, se Júpiter ocupar a 6ª casa ou uma das casas Kendra [1, 4, 7, 10] ou a 8ª casa e estiver ao mesmo tempo em seu signo de exaltação, ou se o signo ascendente for Peixes e Júpiter o ocupar e estiver no Navamsha de um planeta benéfico enquanto os outros planetas são fracos, a pessoa obterá a salvação [mosksha], após a morte.

26. Mapas Natais Desconhecidos

Capítulo 26, Shloka 1 - Quando uma pessoa desconhece os dados de sua concepção ou nascimento, a hora do nascimento, quando devidamente questionada, será determinada a partir do Prasna Iagna [o signo ascendente no momento da consulta]. Se a 1ª metade do signo ascendente for cortada no horizonte, o mês de nascimento será em Uttarayana [os 6 meses entre Capricórnio e Gêmeos] e se a segunda metade for cortada no horizonte, o mês será Dakshinayana [os 6 meses de Câncer a Sagitário].

2 – Se no momento da consulta o primeiro Drekana do signo começar a Ascender, o signo ocupado por Júpiter no momento do nascimento será o próprio Prasna Ascendente. Se o 2º Drekana de um signo começar a Ascender no momento da consulta, o signo ocupado por Júpiter no momento do nascimento será o 5º signo do Prasna Ascendente; se o terceiro Drekana de um signo começar a Ascender no momento da consulta, o signo ocupado por Júpiter no momento do nascimento será o nono signo do Prasna Ascendente [a]. O ano de nascimento será então determinado a partir da aparência da pessoa [b]. Se o Sol ocupar o Prasana Ascendente ou se o Drekana do Sol Ascender no momento da consulta, o Ritu [um período de 2 meses] de nascimento será Greeshma [quando o Sol passar por Gêmeos e Câncer]; e no caso de outros planetas, seu Ritus foi mencionado em outra parte [c]. Se o Ritu assim determinado não for o Ritu do Ayana já determinado, o Ritu correto será determinado conforme explicado na próxima estrofe [d].

NOTAS: [a] Em outras palavras, se o Dwadasamsha em ascensão no momento da consulta for o primeiro, o signo ocupado por Juptier no momento do nascimento será o próprio Prashna Ascendente; se o Dwadasamsha em ascensão for o 2º, o signo ocupado por Júpiter no momento do nascimento será o 2º signo do Prasna Ascendente e assim por diante.
[b] Como Júpiter leva 12 anos para percorrer os céus, se o número de circuitos passados por Júpiter desde o nascimento for conhecido, a idade da pessoa poderá ser determinada ao mesmo tempo. Por exemplo, suponha que Júpiter ocupe o signo de Escorpião no momento da consulta e aspectar Touro no momento do nascimento, e suponha que ele esteja em seu quarto circuito. A idade da pessoa será 3x12 + 6 ou 42 anos. O ciclo de Júpiter pode ser determinado pela aparência da pessoa a partir de uma estimativa aproximada de sua idade. No exemplo citado acima, a idade da pessoa deve ser 6, ou 12 + 6 - 18, ou 24 + 6 - 30 ou 36+ 6 = 42, e assim por diante. Se, no entanto, o ciclo de Júpiter não puder ser facilmente determinado, pela aparência da pessoa, o número do ciclo será determinado a partir da parte do corpo tocada pela pessoa no momento. Na estrofe 24 do capítulo 70 do Brihat Samhita, o corpo humano é dividido em dez partes, cada parte correspondendo a um período de Dasha de 12 anos.
[1] pés e tornozelos; [2] canelas e joelhos; [3] As coxas e órgão genital; [4] Os lombos e o umbigo; [5] a barriga; [6] O peito e o peito; [7] os ombros; [8] pescoço e lábios; [9] Os olhos e sobrancelhas; [10] A testa e a cabeça.
De modo que, se a barriga for tocada, pode ser determinado que, no momento da consulta, Júpiter esteja em sua 5ª rodada. Para que a idade da pessoa seja de 4 x 12 ou 48 anos, mais o número de anos que Júpiter levou para passar do signo ocupado por ele no momento do nascimento para o signo ocupado por ele no momento da consulta.
[c] De modo que, se o Sol ocupar o Prasna L,agna ou se o Drekana do Sol Ascender no momento da consulta, o Ritu será Greeshma.
Se Vênus ocupa o Prasna Ascendente ou se o Drekana de Vênus se eleva no momento da consulta, o Ritu é Vasanta [quando o Sol passa por Áries e Touro]. No caso de Marte e seu Drekana, o Ritu é Greeshma [Gêmeos e Câncer]. No caso da Lua e seu Drekana, o Ritu é Varsha [Leão e Virgem]. No caso de Mercúrio e seu Drekana, o Ritu é Sarat [Libra e Escorpião]. No caso de Júpiter e seu Drekana, o Ritu é Hemanta [Sagitário e Capricórnio]. No caso de Saturno e, seu Drekana, o Ritu é Sisira [Aquário e Peixes] Se dois ou mais planetas ocuparem o Prasna Ascendente, o Ritu do planeta mais forte será o Ritu de nascimento.
[d] Suponha que o Ayana determinado a partir de Shloka 1 seja o Uttarayana, de modo que o mês de nascimento seja entre Capricórnio e Gêmeos. Suponha que o Prasna Ascendente seja ocupado pela Lua, cujo Ritu é Varsha [Leão e Virgem]. Nesse caso, o Ritu de Vênus, o planeta alternativo da Lua, o Vasanta [Áries e Touro], deve ser determinado como o Ritu de nascimento, conforme explicado na 3ª estrofe.

3 – Se o Ritu não concordar com o Ayaina, então, o Ritu do planeta alternativo será determinado como o Ritu de nascimento de uma pessoa. A Lua e Vênus são planetas alternativos. Mercúrio e Marte e Júpiter e Saturno também. Se a primeira metade do Ascendente do Drekana subir no momento da consulta, no mês de; o nascimento será os primeiros dos dois meses do Ritu; e, se a segunda metade subir, o segundo mês do Ritu será o mês de nascimento. A data de nascimento será determinada a partir da parte do meio do Drekana que subiu acima do horizonte.

4 – Os brâmanes instruídos na ciência da Astrologia dizem que o número de graus ultrapassados pelo Sol em qualquer signo representa o dia lunar do nascimento [a]. Se o Prasna Ascendente for um signo do dia, o nascimento terá ocorrido à noite e, se for um signo da noite, o nascimento terá ocorrido durante o dia; a ghalika de nascimento será determinada a partir da parte do signo ascendente que se elevou acima do horizonte [b].

NOTAS: [a] A partir do primeiro dia lunar no aumento da Lua, suponha que o Sol ocupe o 24º grau de Sagitário no momento do nascimento. O dia lunar ou Tithi no momento do nascimento é o 24º dia contado desde o primeiro dia no aumento da Lua ou 24 15 ou 9º dia em sua diminuição.
[b] A duração do dia ou da noite em que o nascimento é descoberto é representada pelo signo ascendente e o Ascendente Sphuta nos dará a proporção exata do Signo que subiu acima do horizonte. Pela Regra dos Três, podemos chegar à hora exata do nascimento desde o nascer do sol ou o pôr do sol. Quando isso é conhecido, o Mapa Natal pode ser lançado com a ajuda das Tabelas Astronômicas ou do Almanaque. As quatro primeiras estrofes, portanto, nos dão um processo completo para a descoberta do tempo de nascimento de uma pessoa do Prasna Ascendente.


5 – Segundo alguns, o mês lunar de nascimento será determinado a partir do Navamsha ocupado pela Lua no momento da consulta. Novamente, o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento será o Prasna Ascendente ou a 5ª casa ou 9ª casa, o que for mais forte. Se for difícil determinar qual dos três signos é mais forte, o signo ocupado pela Lua será o signo representado pela parte do corpo do Kalapurusha que for tocada pela pessoa no momento da consulta ou no signo pode ser determinado a partir das indicações semelhantes ocorridas no momento da consulta.

6 – O signo ocupado pela Lua no momento do nascimento da natividade será igual ao número de signos percorridos do signo ocupado pela Lua no momento da consulta, assim como a Lua percorre do signo ascendente no momento da consulta [a]. Mas se o signo ascendente for Peixes, então Peixes será o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento. [Em caso de dúvida], o signo deve ser determinado por quaisquer alimentos que possam ser trazidos, por quaisquer figuras que possam aparecer ou por quaisquer sons que possam ser ouvidos no momento [b].

Notas: [a] Por exemplo, suponha que Escorpião é o signo ascendente e Peixes o signo ocupado pela Lua no momento da consulta. De Escorpião a Peixes são 5 signos; o quinto signo de Peixes é Câncer. Câncer será, portanto, o signo ocupado pela Lua no momento do nascimento da natividade.
[b] De artigos com a forma de, ou de alguma forma relacionados com as criaturas que representam os signos do Zodíaco e com os sons de criaturas similares, o signo ocupado pela Lua pode ser determinado. Em todos esses casos, supõe-se que um Ser Inteligente que tudo permeia ajude um astrólogo por vários sinais e sugestões.

7 – O signo ascendente no momento do nascimento será o sinal do regente do Ascendente Navamsha no momento da consulta [a]. Ou então, o signo ascendente no momento do nascimento será o mesmo número de signos pelo Prasna Lagua quando o Drekana ocupado pelo Sol for afastado do Ascendente do Drekana no momento da consulta [b].

NOTAS: [a] Supondo que o Ascendente Navamsha, no momento da consulta, seja o de Sagitário, o signo ascendente no momento do nascimento é Sagitário.
[b] Suponha que a ascendente Drekana, no momento da consulta, seja a 2ª Drekana do signo de Gêmeos e a Drekana ocupada pelo Sol ao mesmo tempo, for o 3ª Drekana de Sagitário. O número de Drekanas de um para o outro é 20. Portanto, o signo ascendente no momento do nascimento é o vigésimo signo de Gêmeos; subtraindo 12 de 20 é o oitavo signo de Gêmeos, ou seja, Capricórnio.


8 – Ou então, multiplique a Sphuta [longitude] do planeta ou do planeta mais forte que ocupa o signo ascendente pelo número de polegadas no comprimento da sombra de um Sanku de doze polegadas [haste reta] colocado verticalmente em uma superfície horizontal e no sol ; divida o produto por 12. O restante dará o signo ascendente no momento do nascimento [a]. Segundo outros, se o consultante estiver sentado no momento da consulta, a 7ª casa do sinal ascendente na época será o Ascendente no momento do nascimento; se o consultante estiver deitado no momento, a quarta casa do signo ascendente será o Ascendente no momento do nascimento; se o consultante estiver de pé no momento, a décima casa será a Ascendente; e se ele estiver se levantando de seu assento, o próprio sinal de ascensão será o Ascendente no momento do nascimento [b].

NOTAS: [a] Suponha que a longitude do planeta, de [onde existem vários planetas] do planeta mais forte que ocupa o signo ascendente seja 4 signos 10 graus e 20 minutos e suponha que o comprimento da sombra seja 4 polegadas ; o produto dos dois números é de 19 signos, 16 graus e 30 minutos. Este, dividido por 12, dá como restante 7 signos, 16 graus e 30 minutos. O Ascendente no momento do nascimento é, portanto, o oitavo signo de Áries, ou seja, signo de Escorpião.
[b] De acordo com Subliodhini, as 7ª, 4ª, 10ª e 1ª casas não se referem ao Prasna Ascendente, como explicado por Bhatta-Utpala, mas com referência ao Ascendente obtido dos processos dados na primeira metade do texto, que, ou seja, do signo Escorpião na instância citada na nota [a].


9 – Se o signo ascendente no momento da consulta for Touro ou Leão, multiplique o Ascendente Sphuta [a Longitude do Ascendente] por 10; se for Gêmeos ou Escorpião, multiplique o Sphuta por 8; se Áries ou Libra, então por 7; se Virgem ou Capricórnio, então por 5; e se for algum dos signos restantes, então pelo número de tal signo a partir de Áries [a]. Novamente, se o planeta que ocupa o signo ascendente for Júpiter, multiplique o Ascendente Sphuta por 10; se for Marte, por 8; se Vênus, por 7; Se algum dos planetas restantes por 5. Se vários planetas ocuparem o signo ascendente, multiplique o Ascendente Sphuta pelo fator para cada um desses planetas. Adicione os vários produtos e encontre a soma.

NOTAS: Nessa e na próxima estrofe, o Autor declara um processo para descobrir o Nakshatra [asterismo ocupado pela Lua] do consulente, sua esposa, irmão, filho e inimigo. As figuras dadas no Texto são conhecidas como as de Rasi Gunakara e Graha Gnnakara, fatores zodiacais e planetários, referidas no capítulo sobre Ashtakavargas.
[a] Por exemplo, se Câncer for o signo, sendo o 4º signo de Áries, o fator para Câncer é 4. O fator para Sagitário é 9; Aquário é 11 e o de Peixes é 12.


10 – Multiplique essa soma por 7, adicione 9 ao produto, o signo ascendente será um signo móvel; ou subtraia 9 do produto, se o signo ascendente for dual; ou deixe o produto, como está, se o sinal ascendente for fixo [a]. Divida a soma, a diferença ou o produto, conforme o caso, por 27. O restante representará o Nakshatra do consultante no momento do nascimento. Por um processo semelhante aplicado aos Sphuta das 3ª, 5ª, 6ª e 7ª casas [b], obteremos os Nakshatras do irmão, filho, inimigo e esposa do consultor.

NOTAS: [a] De acordo com Bhatta-Utpala, se o Drekana em ascensão for o primeiro Drekana do signo, 9 será adicionado; se for o segundo, 9 não precisará ser adicionado nem subtraído do produto; e se for o terceiro, 9 deve ser subtraído do produto.
[b] Se você adicionar 2 signos à Lagua Sphuta, receberá a sphuta da 3ª casa, que representa o irmão de uma pessoa; se você adicionar quatro sinais ao Ascendente Sphuta, obtém o Sphuta da quinta casa que representa o filho de uma pessoa; se você adicionar 5 sinais à Ascendente Sphuta, obterá a Sphuta da 6ª casa, que representa o inimigo de uma pessoa; e se você adicionar 6 sinais ao Ascendente Sphuta, você obtém Sphuta da 7ª casa, que representa a esposa de uma pessoa. Multiplique os vários Sphutas pelos fatores zodiacais das várias casas e pelos fatores do planeta que ocupam essas casas, adicione os produtos, multiplique a soma por 7, adicione ou subtraia 9, se necessário, divida a soma ou o restante por 27, o restante lhe dará o Nakshatra das várias pessoas.


11 – Multiplique a mesma soma por 10, 8, 7, 5; adicione ou subtraia 9, se necessário, como indicado acima; divida o resultado pelos números apropriados; você obterá o Ano, Ritu, Mês, Dia Lunar, dia ou noite, Nakshatra, Ghatika, o Signo ascendente e o Navamsha ascendente no momento do nascimento.

12 – Do produto da soma até 10, será determinado o ano [idade], Ritu e mês de nascimento [a]; e do produto da soma até 8 serão determinados Vaksha [quinzena] e Tithi [dia lunar] [b].

NOTAS: [a] Este produto é o primeiro dos quatro produtos mencionados na última estrofe, com 9 adicionados ou subtraídos, se necessário. Divida a quantidade por 120, o restante dará a idade da pessoa. Divida a mesma quantidade por 6, o restante dará o Ritu de nascimento de Sisira. Divida a mesma quantidade por 2, o restante dará a primeira ou a segunda boca do Ritu.
[b] Este produto é o segundo dos quatro produtos mencionados na última estrofe, com 9 adicionados ou subtraídos, se necessário. Divida essa quantidade por 2, o restante dará a quinzena do nascimento. Divida a mesma quantidade por 15, o restante fornecerá o dia lunar.


13 – Do produto [a] a soma por 7 deve ser determinada se o nascimento ocorreu de dia ou de noite e também o Nakshatra.

NOTAS: [a] Este produto é o 3º dos quatro produtos mencionados na 11ª estrofe com 9 adicionados ou subtraídos, se necessário. Divida a quantidade por 2, o nascimento terá ocorrido de dia ou de noite, de acordo com o restante, um ou mais de um. Divida a mesma quantidade por 27, o restante dará o Nakshatra de Aswini.

14 – A partir do produto [a] da soma por 5, deve ser determinado o Ghatika, o Signo ascendente, a Hora e o Navamsha nascente no momento do nascimento.

NOTAS: [a] Este produto é o último dos quatro produtos mencionados na Shloka 11, com 9 adicionados ou subtraídos, se necessário. Divida a quantidade pelo número de ghatikas no dia ou noite de nascimento, conforme o caso; o restante dará o Ghatika do nascer do sol ou do pôr-do-sol no momento do nascimento. Divida a mesma quantidade por 12, o restante dará o signo ascendente a partir de Áries. Divida a quantidade por dois, a Hora do nascimento será a 1ª ou a 2ª conforme o restante seja 1 ou mais que 1. Divida a quantidade por 9, o restante dará o número do Navamsha crescente do primeiro Navamsha da ascensão. Da mesma forma, divida a quantidade por 12, o restante dará o número do Ascendente Dwadasamsha; dividir a quantidade por 8, o restante dará o Ascendente Drekana.

N.B: Em todos os casos acima, é evidente que o restante será na forma de signos, graus e minutos. O número que representa os signos é o número que representa o Nakshatra, Ano, Mês, Paksha, Tithi, Ghatika, etc., No momento do nascimento, os graus e minutos apenas aumentam o número por unidade.

15 – Multiplique por dois o número de Matras em nome de uma pessoa; adicione o comprimento da sombra a ele; dividir a soma por 27 e o restante dará o Nakshatra, no momento do nascimento, contado a partir de Dhanishta.

NOTAS: O nome é o nome dado a uma pessoa na cerimônia Namakarana. Um som de vogal curta é contado como um. Matra e um som de vogal longa são contados como dois, e uma consoante é contada como metade de um Matra. O comprimento da sombra de um Sanku de doze polegadas deve ser adicionado em polegadas.

16 – Os números do Dik são: Leste - 2; S. Leste - 3; Sul - 14; S.West - 10; Oeste - 15; N. West - 21; Norte - 9; N. Leste - 8; Multiplique por 15 o número do Dik ou a direção que o consultante enfrenta; adicione ao produto o número de pessoas enfrentando o mesmo Dik, divida a soma por 27. O restante dará o Nakshatra da pessoa a partir de Dhanishta.

17 - Assim, foram declarados por mim vários processos para a construção de um Mapa Natal perdido. Os alunos inteligentes devem estudá-los cuidadosamente e usá-los.

27. Os Drekanas

Capítulo 27, Shloka 1 – O 1º Drekana do signo de Áries é um homem com um pano branco amarrado ao redor das costas, preto, encarando uma pessoa como se fosse capaz de protegê-la, de aparência medrosa e olhos vermelhos e segurando um machado na mão.

2 – Segundo Yavanachariar, o 2º Drekana do signo de Áries é uma mulher que gosta de ornamentos e doces, com uma barriga em forma de pote, da face de um cavalo, sedenta e de uma perna.

3 – O terceiro Drekana de Áries é um homem de natureza perversa, erudito nas artes, de cor marrom e apaixonado por trabalho, falhando em suas tentativas de realizar uma obra, segurando um graveto na mão, vestido com uma roupa vermelha e Bravo.

4 – O 1º Drekana do Signo Touro é uma mulher com cabelos cortados e crespos em cachos, com uma barriga em forma de panela, vestida com uma roupa queimada, sedenta e que gosta de comida e ornamentos.

5 – O 2º Drekana do signo de Touro é um homem habilidoso em obras ligadas à agricultura, grãos, casas, vacas, música, dança, pintura, escritas e afins, habilidoso no arado e em obras relacionadas a transporte, com um pescoço dobrado como aquele do boi, com sede, com um rosto como o da chuva e vestido com roupas sujas.

6 – O terceiro Drekana do signo de Touro é um homem com um corpo que se assemelha ao de um elefante, com dentes grandes, com pés semelhantes aos do camelo, de cor marrom, presos ao carneiro e aos animais da floresta.

7 – O 1º Drekana do signo de Gêmeos é uma mulher apaixonada por trabalhos com agulhas, bonita, apaixonada por decoração, sem filhos, com as mãos levantadas, tendo atingido a puberdade e cheia de pensamentos lascivos.

8 – O segundo Drekana do signo de Gêmeos é um homem que reside em um jardim de flores, vestindo uma cota de malha, segurando um arco na mão, apaixonado por brigas, carregando flechas, seu rosto sendo como o de um Garuda [pipa Brahmani], seus pensamentos dirigidos para brincadeiras, crianças, ornamentos e riqueza.

9 – O terceiro Drekana do signo de Gêmeos é um homem vestindo ornamentos, possuindo muitas pedras preciosas, vestindo uma cota de malha e alvo, carregando um arco na mão, erudito em todas as artes e em um escritor literário.

10 – O 1º Drekana de Câncer é um homem com brincos de folhas, raízes e frutos, tem um corpo semelhante ao do elefante; mora em uma floresta perto de árvores de sandália, tem pés tão grandes quanto os do camelo, tem rosto como o do porco e pescoço como o de um cavalo. 11 – O segundo Drekana do signo de Câncer é uma mulher que usa na cabeça flores de lótus, carregando uma cobra de coração duro, jovem, chorando em uma floresta e segurando um galho da árvore Palasa na mão.

12 – O terceiro Drekana de signo Câncer é um homem cercado por uma cobra, navegando em um barco no mar por conta da aquisição de ornamentos para sua esposa, usando ornamentos feitos de ouro e com uma face plana.

13 – O 1º Drekana do signo de Leão é um homem com a forma de um abutre e um chacal, sentado no topo de uma árvore Salmal, semelhante a um cachorro na aparência e também com a forma de um homem vestido com roupas sujas e separado dos pais e chorando alto.

14 – O segundo Drekana do signo L, e o, é um homem com a forma de um cavalo, vestindo uma guirlanda de flores ligeiramente branca na cabeça e coberta com pele de veado e flanela, inacessível como o leão, segurando um arco na mão e com um nariz dobrado.

15 – O terceiro Drekana de Leão é um homem com cara de urso, faz brincadeiras de macaco, com uma clava na mão carregando frutas e carnes, com barba longa e bigodes e com cabelos encaracolados.

16 – O 1º Drekana do signo de Virgem é uma garota virgem carregando uma panela cheia de flores, vestida com roupas sujas e apreciando roupas e riquezas e indo para a casa de seu preceptor.

17 – O segundo Drekana do signo de Virgem é um homem segurando uma caneta na mão, preto, com um pano amarrado à cabeça, examinando itens de receitas e despesas, com um grande laço na mão e coberto de pelos por todo o corpo.

18 – O terceiro Drekana do signo de Virgem é uma mulher de cor amarela, vestida de seda branca com um pote e uma concha nas mãos, pura e seguindo para um templo.

19 – O 1º Drekana do signo de Libra é um homem segurando uma balança em uma mão, hábil em pesar e medir, com artigos na mão para serem pesados ou medidos e com seus pensamentos direcionados para a determinação do preço de tais artigos.

20 – O 2º Drekana do signo de Libra é um homem com cara de abutre, com um pote na mão que deseja cair, sofrendo de fome e sede e com seus pensamentos direcionados à esposa e filhos.

21 – O terceiro Drekana do signo de Libra é um homem com o rosto de um cavalo adornado com pedras preciosas, assustando animais na floresta carregando uma aljava de ouro e vestindo uma cota de malha, carregando frutas e carne, com aparência de macaco e segurando um arco em sua mão.

22 – O 1º Drekana do signo de Escorpião é uma mulher bonita, nua e sem ornamentos, saindo do lugar, aterrissando após uma longa viagem marítima e com uma cobra enrolada nas pernas.

23 – O 2ª Drekana de Escorpião é uma mulher com um corpo como o de uma tartaruga ou pote, desejando o conforto de seu lugar por causa do marido e com uma serpente enrolada em volta do corpo.

24 – O terceiro Drekana do signo de Escorpião é um leão com uma cara larga e plana como a de uma tartaruga, assustando cães, veados, chacais e porcos na floresta e dominando um país cheio de árvores de sândalo.

25 – O 1º Drekana do signo de Sagitário é um homem com o corpo de um cavalo, com um arco longo na mão, parando em seu eremitério e vigiando os vários artigos necessários para os rituais de sacrifício.

26 – O 2ª Drekana do signo de Sagitário é uma mulher linda, brilhante como o ouro e a flor de Champaka, sentada em um trono de tamanho médio, e colhendo as gemas do Mar.

27 – O 3º Drekana de Sagitário, é um homem de barba longa e bigodes, da cor do ouro e da flor Champaka, sentado em um trono com uma clava na mão e vestido com seda branca e pele de veado.

28 – O primeiro Drekana do signo de Capricórnio é um homem coberto de pelos, forte como o monstro do mar, com um corpo semelhante ao de um porco, usando uma corda no nariz e grilhões e com um rosto deformado.

29 – O 2º Drekana do signo Capricórnio é uma mulher habilidosa nas artes, com olhos como as pétalas do lótus, negras, ansiando por várias coisas e usando ornamentos feitos de ferro.

30 – O terceiro Drekana do signo de Capricórnio tem a forma de um Kinnara [um ser celestial] coberto de flanela, com uma aljava, um arco e uma cota de malha e carregando nos ombros um pote com pedras preciosas.

31 – O 1º Drekana do signo de Aquário é um homem com cara de abutre, com seus pensamentos voltados para o ganho de óleo, licor, água e refeições e vestido com flanela, seda e pele de veado.

32 – O segundo Drekana do signo de Aquário é uma mulher em um carro queimado com a madeira de Salmali e coletando ferro, vivendo em uma floresta e vestido com roupas sujas.

33 – O terceiro Drekana do signo de Aquário é um homem negro, com cabelos no ouvido, usando uma coroa e carregando casca, folhas, o óleo de bdélio, ferro e panelas, de um lugar para outro.

34 – O primeiro Drekana do signo de Peixes é um homem com os vasos de ritos de sacrifício, potes, pérolas, gemas e conchas nas mãos, carregando ornamentos e navegando em um barco no mar com o propósito de decorar sua esposa.

35 – O segundo Drekana do signo de Peixes é uma mulher com uma longa bandeira, navegando em um barco para a outra margem do mar, acompanhado por seus amigos e com um rosto brilhante como a flor de Champaka.

36 – O terceiro Drekana do signo de Peixes é um homem com uma serpente enrolada em volta dele, nu à beira de uma cova em uma floresta, sofrendo por ladrões, por fogo e por fome e choro.

Notas: O autor declarou o uso dessas descrições dos Drekanas em seu Yatra. Se os Drekana tiverem uma aparência agradável, carregando frutas, flores, pedras preciosas e vasos e regidos por planetas benéficos, haverá sucesso. Se eles tiverem uma aparência hedionda, armados e regidos por planetas maléficos, haverá desgraça e fracasso; se eles carregam serpentes ou grilhões, haverá delírio e prisão. A descrição de Drekana também é útil para localizar ladrões de acordo com Prithuyasas, filho de Varaha-Mihira, em seu Shatpanchasika, um trabalho sobre Astrologia Horária.

28. Conclusão

Neste trabalho sobre Jataka [Astrologia Natal], tratei do seguinte em 27 capítulos.

1. Definições e princípios elementares [zodiacal].
2. Definições e princípios elementares [Planetário].
3. Princípios sobre Animais e Vegetais.
4. Nisheka kala ou Tempo da concepção.
5. Assuntos relacionados ao tempo de nascimento.
6. Balarishta ou morte prematura.
7. Ayurdaya ou na determinação da duração da vida.
8. Sobre divisões planetárias e subdivisões da vida conhecidas como Dashas e Antardashas.
9. Ashtakavargas.
10. Avocação.
1 1. Sobre Raja Yoga ou o nascimento dos reis.
12. Nabhasa Yogas.
13. Chandra Yogas ou Yogas da Lua.
14. Yogas planetárias duplas.
15. Yogas ascéticas.
16. Os Nakshatras ou a Lua nos Asterismos.
17. A lua nos vários signos do zodíaco.
18. O Sol, Marte e outros planetas nos vários signos do zodíaco.
19. Aspectos planetários.
20. Os planetas nos Bhavas.
21. Os planetas em seus vários Vargas.
22. Yogas diversas.
23. Yogas Maléficas.
24. Mapas Natais das mulheres.
25. Morte.
26. A descoberta de um Mapa Natal perdido.
27. Os Drekanas.
Vou agora fazer um resumo dos assuntos tratados no meu trabalho em Yarta.
Esses são:

1. Prasna Prabheda.
2. Tithibala.
3. Nakshatrabhidhana.
4. Varaphala.
5. Muhurta Nirdesa.
6. Chandra Bala.
7. Ascendente Nishaya.
8. Ascendente Bheda.
9. Grahasuhi.
10. Apavada.
11. Misraka.
12. Tanuvepana.
13. Guhyakapuja.
14. Swapna [sonhos]
15. Snanavidhi [banho].
16. Graliayajna.
17. Prayana [Viagens].
18. Sakunaruta.

Também tratei de Vivahakala e Grahakarana [Planetas].

O último dos assuntos acima foi tratado separadamente por mim em um trabalho astronômico conhecido como Panchasiddhanta. Assim, os três ramos do Jyotisha Shastra, Astronomia, Astrologia Natal e Samhita, foram tratados por mim em benefício de estudantes inteligentes.
Esses breves trabalhos foram escritos por mim em um estudo e exame completo dos trabalhos elaborados dos escritores antigos. Se quaisquer pontos importantes forem omitidos, anseio pela tolerância dos críticos instruídos.
Se qualquer parte do Texto for omitida pelo escritor que copiou ou pelo o professor que ensinou, os instruídos fornecerão a omissão, deixando de lado todos os sentimentos de ciúmes. Novamente, se houver algum erro, imperfeição ou omissão no Texto, o erudito fará as correções necessárias e fornecerá o que se deseja.
Varaha Mihira, filho do brâmane Adityadasa, de quem recebeu sua educação, obteve o benefício do sol na vila de Kapittha, passou seus dias na corte de Ujjaini, na província de Avanti, e escreveu este trabalho sobre Astrologia Natal após um exame cuidadoso dos trabalhos dos antigos sábios sobre o assunto.
Fui capacitado a escrever o presente trabalho pela graça do Sol, de Vasishtha e de Adityadasa, adorada por mim. Saudação aos escritores antigos da Astrologia.

Fim de Uttarabhaga [Parte II]